#JOGAJUNTO

LINHA DO TEMPO

2015
Voltar para o topo
2014
Voltar para o topo
    10.Maio
  • Feito inédito

    Fora de casa, Mogi vence quinto jogo contra Limeira nas quartas de final e se torna o primeiro 12º colocado da fase de classificação a chegar às semifinais do NBB

    29.Março
  • Monstro!

    Pivô Paulão Prestes entra para a história do NBB ao anotar 21 rebotes na derrota do Franca para o Flamengo, recorde numa partida da fase de classificação. A marca, no entanto, é idêntica a de Shilton, nos playoffs do NBB1.

  • O quarto da carreira

    Em grande noite, Larry Taylor anota o 4º triplo-duplo de sua carreira no NBB e Bauru vence Goiânia. O armador marcou 18 pontos, dez rebotes e 11 assistências.

    25.Março
  • Via web

    O confronto entre São José x Palmeiras marca a primeira transmissão ao vivo de um jogo do NBB online. O site oficial da LNB transmitiu três partidas na temporada 2013/2014.

    13.Fevereiro
  • Triplo-duplo

    Apesar da derrota para o Pinheiros, o armador Valtinho, do Uberlândia, anotou 13 pontos, 11 rebotes e 10 assistências e registrou seu primeiro triplo-duplo no NBB. Ele foi o terceiro atleta a conseguir esse feito na competição.

    18.Janeiro
  • Rei dos rebotes

    Ele ganhou o prêmio de Jogador Mais Eficiente da LDB 2013 e, depois, gravou seu nome na história do NBB. O jovem pivô Ronald, de 22 anos, apanhou incríveis 20 rebotes na vitória do Brasília sobre o Limeira e bateu o recorde das fases de classificação.

2013
Voltar para o topo
    30.Dezembro
  • Bicampeão!

    Jogando em casa, o Flamengo superou todos os oito adversários que avançaram para a fase final da LDB para sagrar-se bicampeão da competição. Liderado pelo armador Gegê, o rubro-negro venceu o Minas na decisão.

    28.Novembro
  • Sai que é minha também

    O ala/pivô do Mogi das Cruzes, Daniel Alemão, também igualou o recorde de rebotes num único jogo (19) na derrota do seu time para o Pinheiros.

    21.Novembro
  • Sai que é minha

    O pivô norte-americano do São José, Ed Nelson, igualou o recorde de rebotes numa única partida na fase de classificação (19) na vitória do seu time sobre o Minas Tênis Clube. Além dele, Guilherme Giovannoni e Murilo Becker já atingiram o feito.

    14.Maio
  • Nota 1000

    O armador Fúlvio é o primeiro atleta da história do NBB a completar 1000 assistências na vitória do São José sobre o Flamengo, no primeiro jogo das semifinais.

    07.Março
  • Incansáveis

    Após quatro prorrogações, Palmeiras consegue a vitória sobre o Uberlândia, por 112 a 104, na partida mais longa da história do NBB.

    02.Março
  • Brasil 2 x 1 Mundo

    Liderados pelo ala Alex Garcia, NBB Brasil vence NBB Mundo, por 146 a 144, na prorrogação. Com 26 pontos, capitão do Brasília ainda conquista o trofeu de MVP do jogo.

    01.Março
  • Batman voou de novo

    Pelo segundo ano consecutivo, Gui Deodato conquista o título do Torneio de Enterradas no Jogo das Estrelas 2013. O jovem do Bauru deu um show no Ginásio Nilson Nelson apesar da forte concorrência do ala Danilo Fuzaro, do Minas

  • Inacreditável

    Após dois empates com Matheus, do Basquete Cearense, Matheus Dalla, do Limeira, é campeão do Torneio de 3 pontos do Jogo das Estrelas em disputa histórica no Nilson Nelson.

  • O mais habilidoso

    Fernando Penna, do Pinheiros

    Desde a criação do Desafio de Habilidades, apenas um jogador conseguiu vencer o título: o armador Fernando Penna. Em Brasília, ele se superou e conseguiu o tricampeonato dessa disputa.

    23.Fevereiro
  • 126 pontos

    Paulistano supera Vila Velha, fora de casa, por 126 a 120, após três prorrogações e bate o recorde de pontos marcados numa única partida. A marca era do próprio time paulista, que havia marcado 120 na temporada anterior.

2012
Voltar para o topo
    13.Dezembro
  • Jogo 1000

    Numa data histórica para o basquete brasileiro, dia em que o NBB comemorou seu 1000º jogo, o Flamengo venceu seu maior rival, o Brasília, por 102 a 88. LNB homenageou alguns personagens dessa história.

    09.Novembro
  • Lançamento do NBB 5

    No belíssimo Memorial JK, em Brasília (DF), foi lançada a quinta temporada do NBB. A competição conta com uma participação recorde de 18 equipes e, ainda, a estreia de um time do nordeste do país, o Basquete Cearense.

    03.Julho
  • NBB no Nordeste

    O Conselho de Administração da LNB aprovou o pedido da equipe Basquete Cearense para atuar na temporada 2012/2013 do NBB. Pela primeira vez na história, o nordeste do país teria seu representante na elite do basquete nacional.

     

    20.Maio
  • Muito bem-vindos

    Antes de entrar em quadra para a disputa da final da segunda edição da Super Copa Brasil, Mogi e Palmeiras já comemoravam o acesso ao NBB. No entanto, os mogianos, jogando em casa, ainda levantaram o troféu de campeão do torneio.

    9~10.Março
  • Jogo das Estrelas 2012

    Ginásio Pedrocão

    A cidade de Franca (SP) recebeu novamente os grandes nomes do basquete brasileiro para o Jogo das Estrelas do NBB 2012.  O público da “capital do basquete” deu um show à parte nos dois dias de evento no Ginásio Pedrocão.

    10.Março
  • Vitória brasileira

    Murilo, MVP do Jogo das Estrelas 2012

    Buscando a revanche diante dos estrangeiros, o NBB Brasil superou a equipe do NBB Mundo na partida principal do Jogo das Estrelas 2012, que teve transmissão ao vivo na TV Globo. O pivô Murilo levou o troféu de MVP.

    09.Março
  • Bicampeão

    Fernando Penna bicampeão no Desafio de Habilidades

    O armador Fernando Penna entrou em quadra para defender o título do Desafio de Habilidades do NBB e não decepcionou a apaixonada torcida francana. O jogador superou grandes armadores do basquete brasileiro e ficou com o bicampeonato.

  • No aro de casa fica fácil

    Helinho Campeão do Torneio de 3 pontos.

    Após a conquista de Fernando Penna, o torcedor francano foi novamente ao delírio quando o armador Helinho venceu o Torneio de 3 Pontos do Jogo das Estrelas 2012.

  • O Batman voou

    Gui campeão do Torneio de Enterradas.

    Todos aguardavam ansiosamente pelo Torneio de Enterradas do Jogo das Estrelas 2012 e o ala Gui puxou toda atenção para ele. Após uma enterrada com a capa do Batman, entregue pelo mascote Jay-Jay, o jovem atleta faturou o troféu de campeão.

    01.Março
  • O “garçom” do NBB

    Depois de empatar com Nezinho no recorde de assistências em uma partida do NBB, o armador Fúlvio ampliou sua marca para 21 passes perfeitos na vitória do São José sobre Uberlândia, por 102 a 86.

  • Triplo-duplo 3 vezes

    Um pouco mais de três meses após conseguir o segundo triplo-duplo, o armador do Bauru, Larry Taylor, pôs dois dígitos em três fundamentos novamente. Dessa vez, uma atuação incrível de 24 pontos, 10 rebotes e 10 assistências e a vitória sobre Limeira por 99 a 79.

    28.Janeiro
  • De 1 em 1

    Na derrota do São José para o Minas, por 85 a 82, em Belo Horizonte (MG), uma estatística chamou bastante atenção. O pivô Murilo foi o cestinha da partida, com 33 pontos, sendo que 19 foram marcados em lances livres, o novo recorde da competição.

2011
Voltar para o topo
    17.Dezembro
  • 120 pontos

    O Paulistano superou o bicampeão Brasília, em casa, por 120 a 93, e, com esse resultado, atingiu a maior pontuação de uma equipe numa partida do NBB.

  • Vitória e recorde

    Hélio, do Flamengo, e Jefferson, do Vila Velha

    Jogando na Gávea, o Flamengo entrou com tudo diante do Vila Velha e conseguiu a maior diferença da história do NBB, na vitória por 103 a 41, o equivalente a 62 pontos de vantagem.

    08.Outubro
  • Liga de Desenvolvimento

    Em parceria com o Ministério do Esporte, a Liga Nacional de Basquete lançou a primeira edição da Liga de Desenvolvimento de Basquete (LDB), competição sub-21 que contou com a presença de 16 clubes.

    18.Agosto
  • Leandrinho no NBB

    O Flamengo acertou a contratação do ala/armador da NBA, Leandrinho Barbosa. O clube aproveitou a greve na liga norte-americana, decretada em julho, para fechar com o jogador até dezembro.

     

    13.Maio
  • Direto ao NBB

    Tijuca e Liga Sorocabana disputaram a final da primeira edição da Super Copa Brasil sem se preocupar muito com o título. Afinal, a competição premiou os dois finalistas com o acesso ao NBB. De toda maneira, os cariocas levantaram o troféu de campeão.

    11.Março
  • 100 mil pontos

    Na partida entre Araraquara e Vila Velha, o pivô Ralfi Ansaloni fez uma bandeja, faltando 4:21 para o fim do terceiro quarto, e entrou para a história do NBB como o autor da marca dos 100 mil pontos da competição.

    29.Janeiro
  • NBB Brasil x NBB Mundo

    Robert Day, do NBB Mundo

    Na terceira edição do Jogo das Estrelas, a LNB colocou frente a frente as equipes do NBB Brasil, com os astros brasileiros, e do NBB Mundo, com os craques estrangeiros. O primeiro confronto, televisionado ao vivo pela TV Globo, teve vitória estrangeira e 50 pontos de Robert Day.

    28~29.Janeiro
  • Jogo das Estrelas 2011

    Ginásio Pedrocão

    A cidade de Franca (SP) recebeu a terceira edição do Jogo das Estrelas do NBB. A “capital do basquete” brasileira lotou o Ginásio Pedrocão nos dois dias de evento.

    28.Janeiro
  • Pedrocão foi abaixo

    Fernando Penna, do Franca

    Logo no primeiro evento do Jogo das Estrelas 2011, o armador Fernando Penna levou o torcedor francano ao delírio ao vencer a primeira edição do Desafio de Habilidades.

  • Bicampeonato de Fischer

    Fischer, do Bauru

    Sem sucesso na edição de 2010, o ala do Bauru, Fernando Fischer, acertou a mão novamente e conquistou o bicampeonato do Torneio de 3 Pontos no Jogo das Estrelas 2011.

  • Para delírio das francanas

    Jordan Burger, do Paulistano

    O jovem ala Jordan Burger roubou a cena no Torneio de Enterradas do Jogo das Estrelas 2011. Com uma cravada sem camisa e outra em que entregou uma rosa à torcedora, o jogador foi o grande campeão.

    07.Janeiro
  • Adriano, o paredão!

    Na partida contra Limeira, em casa, o pivô Adriano bateu o recorde de tocos do NBB. Foram 8 bloqueios. Apesar da performance do atleta, seu time, o Assis Basket, saiu de quadra com a derrota: 81 a 78.

2010
Voltar para o topo
    14.Dezembro
  • Reeleito

    Kouros Monadjemi, presidente da LNB

    Kouros Monadjemi é reeleito presidente da Liga Nacional de Basquete, de forma unânime.

    05.Dezembro
  • Triplo-duplo de Larry

    Larry Taylor, do Bauru, e Wagner, do Flamengo

    Depois de Fernando Penna, foi a vez do armador Larry Taylor atingir o segundo triplo-duplo do NBB, com 23 pontos, 12 rebotes e 10 assistências. Apesar do desempenho do norte-americano, o Bauru perdeu o jogo para o Flamengo, por 81 a 80.

  • Jogo 500

    O Joinville recebeu o Pinheiros, em casa, no confronto que comemorou os 500 jogos da história do NBB. Após uma partida emocionante, decidida na prorrogação, os paulistas superaram os catarinenses, por 94 a 93.

    28.Outubro
  • Lançamento NBB 3

    Em evento realizado no Esporte Clube Pinheiros, em São Paulo (SP), a LNB lançou a terceira temporada do NBB. A competição teve a participação de 15 clubes.

  • Nova marca

    Com o intuito de padronizar e modernizar a comunicação visual, a Liga Nacional de Basquete lançou sua nova marca, constituída pela união de três conceitos: a bola, as cores da bandeira nacional e o aro.

    09~11.Junho
  • I Congresso Técnico LNB para Treinadores de Alto Nível

    A cidade de Campinas recebe o I Congresso Técnico LNB para Treinadores de Alto Nível.

    06.Junho
  • Brasília campeão

    O Brasília venceu o Flamengo, por 76 a 74, em Anápolis (GO) e tornou-se campeão da segunda edição do NBB. O capitão Alex levantou a taça dourada, gesto que será visto mais algumas vezes no NBB…

    22.Maio
  • Brasília x Flamengo (2)

    Brasília e Flamengo reeditaram a decisão do NBB na temporada 2009/2010. Dessa vez, quem levou a vantagem de poder definir a série melhor de cinco jogos eram os brasilienses.

    07.Abril
  • Inicio dos playoffs do NBB 2

    Bristott, do Joinville, e Cicero, do Vila Velha

    Começam os playoffs da segunda edição do NBB, que nesta temporada incluiu as oitavas de final, na disputa de 5º ao 12º colocado:

     

    (5º) Joinville x (12º) Vila Velha
    (6º) Pinheiros x (11º) Paulistano
    (7º) São José x (10º) Araraquara
    (8º) Bauru x (9º) Assis Basket

    28.Março
  • Primeiro triplo-duplo

    Fernando Penna, então no Paulistano, anotou o primeiro triplo-duplo da história do NBB. Foram 23 pontos, 10 rebotes e 11 assistências, na vitória de seu time, fora de casa, diante do Araraquara.

    14.Março
  • Tudo igual nas assistências

    O armador do São José, Fúlvio, empatou com Nezinho, do Brasília, no recorde de 18 assistências em uma partida, na vitória contra o Pinheiros, fora de casa, por 71 a 70.

    12.Março
  • Torneio Interligas

    Os dirigentes da Liga Nacional de Basquete e da Asociación de Clubes de Basquetbol oficializaram a criação do Torneio Interligas, competição que une os quatro primeiros colocados dos campeonatos brasileiros e argentinos.

    07.Março
  • Que é isso!!!

    O ala do Flamengo, Marcelinho, marcou 63 pontos na vitória contra o São José, por 101 a 89, no Rio de Janeiro. Essa é a maior pontuação de um jogador em uma única partida do NBB e também o maior número de arremessos de 3 pontos certos, 16.

    21.Fevereiro
  • Marcelinho MVP

    MVP - Marcelinho, do Flamengo, e Kouros Monadjemi

    O ala Marcelinho foi o primeiro atleta eleito o MVP do Jogo das Estrelas do NBB. Com 38 pontos, o atleta ajudou a equipe Kanela a vencer o time Pedroca, por 127 a 114, no evento em Uberlândia.

    20~21.Fevereiro
  • Jogo das Estrelas 2010

    A cidade de Uberlândia (MG) recebeu o Jogo das Estrelas da segunda temporada do NBB. Pela primeira vez, a LNB organizou o evento em dois dias, com os Torneios de 3 Pontos e Enterradas sendo realizados no sábado (20) e a partida com os principais jogadores no domingo (21).

     

    07.Fevereiro
  • Recorde de assistências

    Nezinho, armador do Brasília, bateu o recorde de assistências em uma partida do NBB. Foram 18 na vitória, em casa, contra o Paulistano, 109 a 80.

2009
Voltar para o topo
    31.Outubro
  • Lançamento do NBB 2

    Em evento realizado no Esporte Clube Pinheiros, em São Paulo (SP), a LNB lançou a segunda temporada do Novo Basquete Brasil (NBB). O campeonato contou com a participação de 14 equipes.

    28.Junho
  • O primeiro campeão

    O Flamengo venceu o Brasília, por 76 a 68, na quinta e última partida da série final, e tornou-se o primeiro campeão do NBB. 16 mil pessoas lotaram a HSBC Arena para acompanhar a decisão da primeira edição da competição.

    11.Junho
  • Flamengo x Brasília

    Todos aguardavam ansiosos pelo início da primeira decisão do NBB. Flamengo e Brasília entraram em quadra nessa data para iniciar a série melhor de cinco jogos da final.

    03~05.Junho
  • Clínica Internacional de Treinadores de Basquetebol

    A cidade de Barueri (SP) recebeu a Clínica Internacional de Treinadores de Basquetebol, evento organizado pela LNB, All Sport e CBB.

    19.Maio
  • Recorde de rebotes

    O pivô Shilton pegou simplesmente 21 rebotes na vitória de seu time, o Joinville, diante do Limeira, por 77 a 63, na terceira partida da série melhor de cinco das quartas de final do NBB.

    16.Maio
  • Início dos playoffs

    Os playoffs da primeira temporada do NBB começam. Confira quais foram os confrontos das quartas de final:

     

    (1º) Flamengo x (8º) Pinheiros
    (2º) Brasília x (7º) Franca
    (3º) Minas x (6º) Bauru
    (4º) Joinville x (5º) Limeira

    06.Maio
  • Melhor defesa

    Todo mundo sabe que defesa é fundamental no basquete, mas o pessoal do Vila Velha levou isso muito a sério ao permitir que o Assis Basket marcasse apenas 34 pontos nessa rodada (76 a 34).

    22.Março
  • Primeira edição do Jogo das Estrelas

    O Rio de Janeiro (RJ) recebeu a primeira edição do Jogo das Estrelas do NBB. No Ginásio do Maracanãzinho, os principais ídolos do basquete brasileiro participaram do evento, que teve os Torneios de 3 Pontos e Enterradas e o confronto entre as estrelas.

  • Os primeiros vencedores

    Fischer ergue o troféu da primeira edição do Torneio de 3 Pontos, ao lado do campeão das Enterradas, Júlio Toledo

    O ala Fischer, do Bauru, mostrou ter boa pontaria e foi o campeão do primeiro Torneio de 3 Pontos do Jogo das Estrelas. Já o ala Júlio Toledo, do Araraquara, conquistou os jurados e foi o vencedor do Torneio de Enterradas. Ambos receberam um troféu e um prêmio de R$ 3 mil.

    30.Janeiro
  • Homenagem aos campeões mundiais de 59

    Celebrando a história do basquete brasileiro, a LNB prestou uma homenagem aos atletas que conquistaram o título mundial 1959, na partida entre Brasília e Bauru, em Brasília (DF).

    28.Janeiro
  • Primeira partida

    A partida entre Vila Velha x Araraquara, em Vila Velha (ES), dá início à 1ª edição do NBB. Em São Paulo, o futuro campeão Flamengo fez sua estreia no NBB vencendo o Pinheiros, por 90 a 89.

  • Primeiros duplos-duplos

    Olivinha (Pinheiros), Fernando Penna (Paulistano), Nezinho (Limeira) e Paulão (São José) anotaram os primeiros duplos-duplos do NBB. Todos jogando em casa, respectivamente contra Flamengo, Minas, Joinville e Lajeado.

2008
Voltar para o topo
    15.Dezembro
  • Evento de lançamento do NBB

    A LNB, em parceria com a Rede Globo e chancela da Confederação Brasileira de Basketball (CBB), lançou nesse dia o Novo Basquete Brasil (NBB), em evento realizado no Esporte Clube Pinheiros.

    01.Agosto
  • Criação da LNB

    Reunindo as principais lideranças e os mais representativos clubes do basquete brasileiro, a Liga Nacional de Basquete (LNB) foi fundada.