#JOGAJUNTO

NBB CAIXA

10 anosde história

14-06-2018 | 01:37
Por Liga Nacional de Basquete

Na premiação do NBB CAIXA, líderes estatísticos destes 10 anos de história da competição são homenageados

Na festa que encerrou o maior campeonato do basquete brasileiro, os recordistas históricos destas dez edições do NBB CAIXA, técnicos e jogadores, foram homenageados no palco, que recebeu a premiação da competição, na noite desta quarta-feira (13/06), em São Paulo (SP).

Além de celebrar os melhores jogadores individualmente do NBB CAIXA 17/18, a festa de premiação, especial pela décima edição da competição, também premiou os líderes históricos de todo anos de campeonato.

+Quinteto Ideal: veja quem foram os integrantes do “Time dos Sonhos” do NBB CAIXA

Os homenageados foram muitos. Entre os técnicos, Guerrinha, líder absoluto em número de jogos e vitórias, Régis Marreli e Alberto Bial, segundo e terceiro com maior número de partidas disputadas, respectivamente, José Neto e Gustavo De Conti, segundo e terceiro no número de resultados positivos, respectivamente.

O NBB CAIXA é uma competição organizada pela Liga Nacional de Basquete (LNB), em parceria com a NBA, e conta com o patrocínio master da CAIXA, os patrocínios da SKY, INFRAERO, Avianca, Nike, Penalty e Wewi e os apoios do Açúcar Guarani e do Ministério do Esporte.

Técnicos com mais partidas:

1 – Guerrinha: 327 jogos
2 – Régis: 322 jogos
3 – Alberto Bial: 308 jogos

Técnicos com mais vitórias:

1 – Guerrinha: 205 vitórias
2 – José Neto: 204 vitórias
3 – Gustavo De Conti: 172 vitórias

Os outros nove homenageados foram jogadores que construíram grande parte daquilo que o NBB CAIXA é hoje. São eles: Lucas Cipolini (líder em enterradas), Fúlvio (líder em assistências), Larry Taylor (maior ladrão de bolas), Marcelinho Machado (líder em bolas de 3 pontos convertidas)), Marquinhos (líder em lances livres convertidos), Murilo Becker (líder em bolas de 2 pontos convertidas), Olivinha (reboteiro, maior número de jogos e vitórias), Shamell (cestinha) e Teichmann (líder em tocos).

Líderes de estatísticas:

Shamell – 6.635 pontos
Olivinha – 2.854 rebotes
Fúlvio – 1.811 assistências
Larry Taylor – 632 roubos de bola
Teichmann – 287 tocos
Cipolini – 334 enterradas
Murilo – 1.499 bolas de 2 pontos convertidas
Marcelinho – 974 bolas de 3 pontos convertidas
Marquinhos – 1.456 lances livres convertidos
Olivinha – 361 jogos
Olivinha – 261 vitórias