#JOGAJUNTO

NBB CAIXA

#10Fatos – 07/12

06-12-2017 | 05:43
Por Liga Nacional de Basquete

Grande fase de Larry, Mogi invicto e mau momento do Vasco; confira os 10 principais fatos desta rodada dupla de quinta com transmissão ao vivo do SporTV 3

A bola laranja vai ser atração em dobro na tela do SporTV 3, nesta quinta-feira (07/12). Enquanto Banrisul/Caxias do Sul e Mogi das Cruzes/Helbor vão à quadra às 19 horas (de Brasília), Universo/Vitória e Vasco da Gama fazem duelo entre dois dos clubes mais tradicionais do Brasil, às 21 horas (de Brasília). Com dois grandes jogos como estes, selecionamos os #10Fatos que marcarão a rodada desta quinta pelo NBB CAIXA 17/18.

O NBB CAIXA é uma competição organizada pela Liga Nacional de Basquete (LNB), em parceria com a NBA, e conta com o patrocínio master da CAIXA, os patrocínios da SKY, INFRAERO, Avianca, Nike e Penalty e o apoio do Ministério do Esporte.

Fazendo um grande início de temporada, Larry pode atingir os 4500 pontos dentro do NBB CAIXA nesta quinta (Antonio Penedo/Mogi-Helbor)

Em forma

Presente em todas as edições do NBB CAIXA, Larry Taylor, aos 37 anos, faz um grande início de temporada. Nas cinco primeiras partidas desta edição, o armador do Mogi tem médias de 14,4 pontos, 3,8 rebotes e 5,2 assistências, seus melhores números individuais desde o NBB CAIXA 12/13, quando ainda defendia o Sendi/Bauru Basket.

Quase lá

Com este grande início de temporada, Larry poderá alcançar uma marca marcante na partida desta quinta. Com 4489 pontos anotados na história do NBB CAIXA, o armador poderá se tornar o sétimo atleta dentro da competição a atingir 4500 pontos. Para isso, o camisa 4 mogiano precisa de apenas 11 pontos no duelo contra o Caxias, número alcançado por ele em quatro das cinco partidas realizadas nesta edição.

Domínio absoluto

Até hoje, Caxias e Mogi se enfrentaram quatro vezes pelo NBB CAIXA, e o time paulista levou a melhor em todos os duelos. A maior diferença de pontos ocorreu logo no primeiro confronto entre as equipes, com vitória mogiana por 83 a 52 (31 pontos). Temporada passada, vitória do Mogi por 87 a 80 em Caxias do Sul (RS), e por 73 a 64 dentro de casa.

Com 24 pontos e nove rebotes diante da LSB, Paranhos atingiu seu novo recorde de pontos em uma partida do NBB CAIXA (Emanuel Wolff/Caxias Basquete)

Bagunçou

Em uma temporada de altos e baixos, o Caxias conquistou triunfo importante em sua última partida, contando com grande atuação de Alexandre Paranhos. Contratação do time gaúcho para esta edição da competição, o ala/pivô anotou 24 pontos e pegou nove rebotes na vitória de sua equipe sobre a LSB/Uniso, por 82 a 66, registrando seu novo recorde de pontos em uma partida do NBB CAIXA.

Segue o líder

Junto ao grande início de temporada de Larry, o Mogi faz seu melhor começo de NBB CAIXA na história da equipe. Invicto até então, com cinco vitórias e nenhuma derrota, a equipe paulista é líder isolada da competição até o momento. Os únicos times a iniciarem uma temporada com cinco resultados positivos antes da primeira derrota foram o Brasília (09/10), o Flamengo (12/13 e 16/17), o Limeira (13/14 e 14/15) e o Paulistano/Corpore (15/16).

Domínio absoluto 2

Clubes de enorme tradição no esporte brasileiro, Vitória e Vasco são equipes recentes no NBB CAIXA. Indo para sua terceira temporada, o rubro-negro enfrentou o alvinegro, que vai sua segunda edição, apenas duas vezes na competição e venceu ambas. No primeiro turno, triunfo por 70 a 60 em pleno São Januário. Já na segunda metade da fase de classificação, em Salvador (BA), 73 a 64 para a equipe baiana, absoluta no confronto direto contra o cruzmaltino.

Após duas derrotas iniciais, Vitória conquistou seu primeiro resultado positivo nesta edição diante do Botafogo, em seu último jogo (Divulgação/Universo-Vitória)

Desencantou

Terceiro colocado no último NBB CAIXA, o Vitória iniciou esta edição com duas derrotas, contra Mogi e Liga Sorocabana, ambas por 80 a 75, e só foi desencantar em sua terceira partida na competição. Em sua primeira atuação ao lado de sua torcida nesta temporada, o rubro-negro baiano teve grande atuação coletiva e bateu o Botafogo, por 86 a 76.

Um de cada lado

No confronto entre Vitória e Vasco, velhos conhecidos de cada equipe estarão do outro lado da quadra. Na temporada passada, enquanto o atual rubro-negro Murilo vestia o uniforme cruzmaltino, o hoje vascaíno Chris Hayes defendia a equipe baiana.

Marcas históricas

Se Larry pode atingir 4500 pontos dentro do NBB CAIXA, seu companheiro Shamell, na última partida do Mogi, realizou outro feito importante, se tornando o sexto atleta a atingir 1000 assistências dentro da competição, sendo segundo ‘não armador’ a realizar o feito. O outro é Alex Garcia, com 1242 assistências registradas. Já Kenny Dawkins, do Vitória, tem 796 assistências, e com mais quatro, chegará o 14º jogador a atingir 800, com apenas 212 atuações até o momento.

Um dos favoritos ao título, Vasco vive mal momento, com uma vitória e quatro derrotas na competição (Stephen Eilert/Solar Cearense)

Começo complicado

Apontado como um dos principais favoritos para o título antes do início da temporada, o começo de NBB CAIXA 17/18 não tem sido fácil para o Vasco. Com um elenco recheado de grandes nomes, o cruzmaltino fez cinco partidas até o momento nesta edição, com um resultado positivo, Liga Sorocabana (76 a 68), e quatro negativos, Minas Tênis Clube (82 a 81), EC Pinheiros (82 a 71), Mogi (82 a 75) e Solar Cearense (85 a 76), e hoje é apenas o 14º colocado.