#JOGAJUNTO

Mais basquete / NBB CAIXA

a hora éagora

06-12-2018 | 07:41
Por Liga Nacional de Basquete

Em casa, Franca inicia série final da Liga Sul-Americana contra Instituto de Córdoba (ARG), nesta sexta-feira; campeão será definido na próxima semana, na Argentina

O momento mais esperado pelo Sesi Franca Basquete e seus torcedores chegou. Nesta sexta-feira, o time francano enfrentará o Instituto de Córdoba (ARG) na primeira partida da série final da Liga Sul-Americana 2018, no Ginásio Pedrocão, em Franca (SP), às 20h15.

O time comandado pelo técnico Helinho Garcia vive uma grande temporada até aqui, com título do Campeonato Paulista e liderança do NBB CAIXA 2018/2019, mas eles querem mais. A conquista da competição sul-americana servirá para coroar ainda mais o belo trabalho desenvolvido pela equipe. E a expectativa para isso é alta.

“A expectativa é enorme, a maior possível. Sabemos da importância e da dificuldade que foi chegar até aqui, na grande final da Liga Sul-Americana, mas queremos mais, queremos o título. Para isso, a primeira partida, em casa, é de extrema importância para que a gente possa ir para a Argentina bem focados, mais motivados ainda, em busca da segunda vitória e, consequentemente, do título. Então o foco é total, a confiança é enorme e esperamos fazer um grande jogo com o apoio do Pedrocão lotado”, disse o treinador francano, Helinho Garcia.

Helinho Garcia, técnico de Franca, espera uma grande partida de sua equipe no Pedrocão lotado (Newton Nogueira/Franca)

Até chegar a final, o Franca jogou a primeira fase da competição em casa e se garantiu na fase semifinal em primeiro do grupo, com três triunfos – um deles sobre o adversário da final, o Instituto de Córdoba. por 82 a 80.

Na fase semifinal, a classificação foi um pouco mais sofrida. Com sede em Assunção, capital do Paraguai, o time francano venceu as duas primeiras partidas, sobre o Quimsa (ARG) e Olímpia (PAR), mas acabou derrotado no duelo com o Libertad Sunchales (ARG).

A classificação dos brasileiros para a final ficou nas mãos dos donos da casa, o Olímpia, que precisaria vencer o Quimsa para garantir o Franca na decisão. E não foi que deu certo?! O time paraguaio venceu por 93 a 77 e colocou a equipe francana na grande decisão da Liga Sul-Americana 2018.

Instituto, da Argentina, venceu Flamengo, Minas e Bauru na fase semifinal da Liga Sul-Americana (FIBA/Divulgação)

Já o Instituto de Córdoba (ARG), que jogou a primeira fase em Franca, ficou em segundo na fase de grupos e avançou para a fase seguinte. Na semifinal, também no Brasil, no Rio de Janeiro, o time argentino foi o carrasco dos times brasileiros. Ao lado de Flamengo, Bauru e Minas, os “hermanos” venceram as três partidas e avançaram sem muitos sustos para a decisão.

“Vamos jogar contra uma grande equipe, que é o Instituto Córdoba, mas a expectativa é de vitória. Eles vem crescendo na reta final da Sul-Americana, assim como nós, que estamos em grande fase desde a final do Paulista, até agora. Estamos trabalhando dia-a-dia focada na final, temos a primeira partida em casa para começar com o pé direito, o que é muito importante. Vamos jogar em casa, com o apoio da torcida, que é nosso sexto jogador. Com certeza o Pedrocão estará lotado e será uma festa linda”, afirmou Rafael Hettsheimer, pivô de Franca.

Jogos da final da Liga Sul-Americana 2018

07/12 (sexta-feira)

20h15 – Sesi Franca Basquete x Instituto de Córdoba (ARG)

13/12 (quinta-feira)

22h15 – Instituto de Córdoba (ARG) x Sesi Franca Basquete

14/12 (sexta-feira) *

Instituto de Córdoba (ARG) x Sesi Franca Basquete

*Se necessário