#JOGAJUNTO

NBB CAIXA

Agora sim!

São José SJO 88
x
82 Rio Claro RCB
19
1ºQ
X
26
16
2ºQ
X
17
24
3ºQ
X
10
15
4ºQ
X
21
14
5ºQ
X
8

Gin. Linneu de Moura

17 de novembro de 2015

Em sua 2ª prorrogação seguida, São José se impõe no tempo extra, supera Rio Claro de maneira emocionante e vence sua 1ª partida em casa no NBB 2015/2016

DOCUMENTOS:
Súmula Borderô
88
+1 POSIÇÕES
8º Colocado (*)
X
82
-1 POSIÇÕES
15º Colocado (*)
88
PTS
82
8
A3C
6
17
A2C
19
30
LLC
26
43
RT
31
15
ASS
15

Pts: Pontos RT: Rebotes ASS: Assistências A3C: Arremessos de três certos A2C: Arremessos de dois certos LLC: Lances livres certos
(*) Colocação refere-se a rodada em que esta partida foi realizada

O São José Basketball parece estar familiarizado com prorrogações. Depois de perder para o Banrisul/Caxias do Sul Basquete no tempo extra na rodada passada, a Águia do Vale foi aos cinco minutos adicionais novamente, mas desta vez, o desfecho foi diferente: vitória emocionante diante do Rio Claro Basquete, nesta terça-feira, pelo placar de 88 a 82, a primeira no Ginásio Lineu de Moura na atual temporada do nacional.

Com eles é diferente: Em seu reencontro com a vitória, o atual campeão paulista contou com os retornos de duas peças fundamentais do elenco: o ala/armador Pedro e do técnico Chris Ahmed, que foram desqualificados no duelo contra o Pinheiros e ficaram de fora do confronto contra o Caxias na rodada passada por cumprirem uma partida de suspensão automática.

Os caras: Principais franco-atiradores do São José, Pedro e Jamaal foram “os caras” da equipe vencedora na partida. Em seu retorno ao time após cumprir um jogo de suspensão, Pedro registrou 20 pontos, sendo oito deles no terceiro quarto. Já o armador norte-americano anotou sete decisivos pontos no tempo extra e deixou a quadra com 16 tentos na conta.

Conhece bem: Em seu primeiro reencontro com o São José, clube no qual defendeu nas quatro últimas temporadas, o ala Dedé, do Rio Claro, mostrou que ainda conhece bem os atalhos da quadra do Ginásio Lineu de Moura e registrou 16 pontos diante de sua ex-equipe, sendo o segundo maior pontuador da equipe visitante, atrás apenas de Gui Deodato, que deixou a quadra com 20 pontos na conta.

Momento chave: Para ir ao tempo extra, o São José se recuperou nos momentos finais ao reverter uma desvantagem de três pontos (72 a 69) para dois positivos (74 a 72), restando pouco menos de dois minutos para acabar. Com dois lances livres perfeitos de Tatu a seis segundos do fim do quarto período, o Rio Claro empatou a parada e levou o duelo para a prorrogação (74 a 74). Os cinco minutos adicionais começaram com algumas alternâncias de placar, até que Jamaal começou a pontuar e ajudou o time da casa a abrir vantagem e confirmar sua primeira vitória em casa no NBB 2015/2016.

Números comprovam: O domínio no garrafão fez total diferença para o triunfo do São Jose. Ao todo, a equipe do técnico Chris Ahmed pegou 41 rebotes, sendo 16 deles no garrafão de ataque, contra apenas 31, dez ofensivos, do lado rio-clarense. Nos lances livres, os donos da casa mostraram bom aproveitamento e acertaram 30 dos 37 arremessados (81,1% de aproveitamento), enquanto que os visitantes converteram 26 de 37 chutados (70,3% de aproveitamento). Nas bola de 3 pontos, os joseenses foram mais cautelosos e obtiveram sucesso em oito das 20 tentativas (40% de aproveitamento). Já os rio-clarenses arremessaram 25 tiros longos, sendo 17 deles vindos de seus alas Dedé e Gui Deodato, e converteram apenas seis (24% de aproveitamento).

200: Com as duas enterradas diante do São José, o ala/pivô Teichmann, do Rio Claro, completou a marca de 200 no NBB e se juntou aos pivôs Cipolini, do Brasília, e Morro, do Pinheiros, donos de 274 e 209 cravadas na seleta lista de atletas que atingiram este feito.

Põe na conta: Com o resultado, o São José quebrou uma sequência de duas derrotas seguidas em casa no NBB e somou seu terceiro resultado positivo em cinco jogos na atual temporada (60% de aproveitamento). Por sua vez, o Rio Claro sofreu seu quarto revés consecutivo e agora tem campanha de um triunfo em cinco partidas (20% de aproveitamento).

E agora: Depois de três jogos diante de seu torcedor, o time joseense partirá para uma turnê de quatro partidas fora de casa, contra UniCEUB/BRB/Brasília, Decisão Engenharia/Minas, Franca Basquete e Paschoalotto/Bauru. O primeiro deles será diante dos brasilienses, no dia 02 de dezembro (quarta-feira), no Ginásio da ASCEB, na capital federal, às 20 horas. Já o Rio Claro irá ao Alto Tietê enfrentar o Mogi das Cruzes/Helbor, no dia 27 de novembro (sexta-feira), no Ginásio Hugo Ramos, às 20 horas.

Nr. Jogador JO Min Pts RD+RO RT AS 3P% 2P% LL% BR TO FC FR ER EN +/- EF
#12 Pedro 1 31.8 20/35 (57) 1+1 2 6 4/5 (80) 2/7 (29) 4/6 (67) 0 0 4.00 3.00 2 0 7 18
#5 Jamaal 1 32.9 16/28 (57) 4+0 4 1 1/4 (25) 2/3 (67) 9/10 (90) 0 0 4.00 12.00 4 0 -8 12
#15 Renato 1 19.4 14/22 (64) 2+3 5 1 1/1 (100) 4/8 (50) 3/3 (100) 1 1 5.00 1.00 2 0 0 16
#36 Arthur 1 14.6 8/14 (57) 1+0 1 3 1/2 (50) 2/3 (67) 1/2 (50) 1 0 3.00 2.00 3 0 0 7
#21 Gustavo 1 20.6 7/19 (37) 1+3 4 0 0/1 (0) 2/6 (33) 3/4 (75) 0 0 1.00 2.00 1 0 10 4
#12 Bruno 1 25.0 7/22 (32) 4+5 9 0 1/2 (50) 1/7 (14) 2/2 (100) 1 0 5.00 3.00 0 0 6 10
#6 Matheus Dalla 1 34.1 6/13 (46) 5+0 5 3 0/1 (0) 1/3 (33) 4/4 (100) 0 0 3.00 2.00 4 0 5 7
#20 Aguirre 1 12.6 5/10 (50) 1+2 3 0 0/0 (0) 1/3 (33) 3/4 (75) 0 0 3.00 2.00 1 0 -2 4
#55 César 1 33.1 5/18 (28) 3+2 5 1 0/4 (0) 2/2 (100) 1/2 (50) 2 0 3.00 4.00 4 0 8 4
#
Fatal error: Uncaught Error: Call to a member function getNumber() on boolean in /var/www/html/lnb/wp-content/themes/lnb-2016/single-noticias.php:625 Stack trace: #0 /var/www/html/lnb/wp-includes/template-loader.php(74): include() #1 /var/www/html/lnb/wp-blog-header.php(19): require_once('/var/www/html/l...') #2 /var/www/html/lnb/index.php(17): require('/var/www/html/l...') #3 {main} thrown in /var/www/html/lnb/wp-content/themes/lnb-2016/single-noticias.php on line 625