#JOGAJUNTO

NBB CAIXA

Base mantida

05-06-2014 | 06:01
Por Liga Nacional de Basquete

Depois de anunciar renovações de Dawkins e Holloway, Paulistano acerta permanências de Renato, César e mais três jogadores para a próxima temporada

O Paulistano/Unimed trabalhou rápido para manter boa parte da base do elenco que conquistou o histórico vice-campeonato do NBB 2013/2014. Depois de acertar a extensão dos contratos dos norte-americanos Kenny Dawkins e Desmond Holloway por mais um ano, o clube da capital paulista anunciou, nesta quinta-feira, mais cinco renovações para a próxima temporada.

Renato foi peça-chave no esquema do técnico De Conti (Newton Nogueira/Divulgação)

Renato foi peça-chave no esquema do técnico De Conti (Newton Nogueira/Divulgação)

Sem perder tempo, o time comandado pelo técnico Gustavo De Conti manteve os alas/pivôs Renato e César em seu elenco e também assegurou as permanências dos garotos Arthur Pecos, Gemerson e Arthurzão, que além de integrarem a equipe adulta também possuem idade para defender o clube da capital paulista na LDB 2014 (competição Sub-22).

“É bom que a base dos jogadores esteja sendo mantida, já nos conhecemos e sabemos o que cada um vai fazer só de olhar para eles. Os resultados da temporada foram ótimos, já sabemos o caminho para as decisões”, exaltou Renato.

Titular durante todo o NBB 2013/2014, Renato irá para sua quarta temporada com a camisa do Paulistano. Na última edição do maior campeonato de basquete do país, o jogador, de 2,05m de altura e 27 anos, registrou médias de 7,1 pontos e 4,1 rebotes por partida.

Companheiro de posição de Renato, César chegou ao time alvirrubro antes do início do último NBB e agora irá para sua segunda temporada com a equipe de São Paulo. Depois de passagens por Pinheiros, Liga Sorocabana e Tijuca, o atleta teve bom desempenho pelo Paulistano, especialmente na fase de playoffs, em que subiu sua média de 9,0 pontos (fase de classificação) para 12,3 pontos por partida.

“Estou feliz de ficar mais um ano no Paulistano, foi jogando aqui que pude me destacar mais. Fomos um time homogêneo e onde todos confiavam em todos, mantendo uma base unida, teremos ainda mais confiança e entrosamento”, disse César, que durante todos os jogos do mata-mata errou apenas um lance livre – 34 acertos em 35 tentativas.

César cresceu de produção e teve grande participação na reta decisiva do NBB (Luiz Pires/LNB)

César cresceu de produção e teve grande participação na reta decisiva do NBB (Luiz Pires/LNB)

Junto da dupla de alas/pivôs, o trio de garotos também teve a permanência assegurada. Apesar da pouca idade – Pecos tem 19, Gemerson tem 21 e Arthurzão tem 22 anos -,  todos tiveram boas oportunidades durante a temporada e seguirão no elenco dirigido por Gustavo De Conti, além de estarem elegíveis para representar a equipe na LDB 2014.

“Estou feliz por ter aproveitado as oportunidades que tive ao longo do ano, porque eu, às vezes, posso não jogar muito tempo, mas estou num time de alto nível e estou aprendendo, pois com apenas 19 anos tenho muito a escutar e a aprender”, disse o “caçula” do plantel do Paulistano, Pecos, que teve médias de 11,1 minutos e 4,1 pontos por jogo no NBB 2013/2014.