#JOGAJUNTO

NBB CAIXA

Cada vez mais forte

09-07-2015 | 12:31
Por Liga Nacional de Basquete

Ainda reforçando seu elenco, Rio Claro anuncia o ala/pivô Teichmann, ex-Limeira, como 7º reforço para temporada 2015/2016

Teichmann, do Limeira

Após 2 temporadas no Limeira, Teichmann acertou sua transferência para o Rio Claro (Ricardo Bufolin/ECP)

O Rio Claro Basquete não para de se reforçar e, nesta quarta-feira, anunciou mais uma contratação para a temporada 2015/2016. Trata-se do ala/pivô Guilherme Teichmann, que atuou pela Winner/Limeira nas duas últimas temporadas e agora é a sétima cara nova da equipe do interior paulista.

Agora, o reforço se junta ao armador Fernando Penna (ex-Paulistano/Unimed), o ala Dedé Stefanelli (ex-São José), os pivôs Atílio (ex-Macaé Basquete) e Daniel Alemão (ex-Mogi das Cruzes/Helbor), além dos jovens Tom (ex-Franca Basquete) e Nicolas (ex-Winner/Limeira) na lista de novidades do esquadrão rio-clarense para a esta temporada.

Natural de Concórdia (SC), o experiente jogador, de 31 anos, iniciou sua carreira no Santa Cruz do Sul (RS). Depois, teve passagens por Monte Líbano (SP) e Vasco da Gama (RJ) antes de embarcar para o basquete norte-americano, para atuar pelo Tulsa (EUA). Após quatro anos na Terra do Tio Sam, o atleta voltou ao Brasil para defender o Limeira (SP), pelo qual foi campeão estadual em 2008 e disputou a primeira edição do NBB.

+Confira as transações oficiais do mercado do basquete brasileiro no “Vai e Vem” do NBB

Depois de obter destaque na equipe paulista, Teichmann se transferiu para o Flamengo, clube no qual atuou nas três temporadas seguintes e conquistou o vice-campeonato do NBB 2009/2010 e o título da Liga Sul-Americana 2009. Ao final de seu ciclo no rubro-negro carioca, o catarinense de 2,04m de altura foi para o Franca Basquete na disputa do NBB 2012/2013.

Em seguida, retornou à Limeira (SP) e por lá ficou até a sétima edição do nacional, em que acumulou média de 4,6 pontos e 3,1 rebotes em pouco mais de 4 minutos em média. O ala/pivô, que já teve passagens pela Seleção Brasileira, fez parte da histórica campanha da agremiação limeirense no NBB, que chegou às semifinais e terminou a competição na terceira posição e, consequentemente, com a vaga na Liga das Américas.

Teichmann, do Limeira

Teichmann chegou às semifinais do NBB 2014/2015 e ajudou Limeira a encerrar a competição no 3º lugar (João Pires/LNB)