#JOGAJUNTO

Mais basquete / NBB CAIXA

Com amão direita

11-10-2017 | 09:22
Por Liga Nacional de Basquete

Com grande segundo tempo, Pinheiros supera Quilmes (ARG) e estreia com vitória no Grupo B da Liga Sul-Americana

O EC Pinheiros estreou com importante vitória na Liga Sul-Americana 2017. Na noite desta quarta-feira (11/10), o time da capital paulista fez grande segundo tempo e venceu o Quilmes de Mar del Plata (ARG), por 83 a 76, na partida que abriu o Grupo B da competição continental, em Montevidéu, no Uruguai.

Deixa com ele: Vencendo por seis pontos (79 a 73), o Pinheiros sofreu bola de 3 pontos do ala/armador Eric Flor, do Quilmes, a 53 segundos do fim, colocando a diferença em uma posse de bola (79 a 76). Na ação ofensiva seguinte, o jovem ala/armador Felipe Ruivo gastou tempo, e próximo ao estouro do cronômetro, busco espaço, bateu para dentro e converteu dois pontos, colocando novamente duas posses de bola de diferença e matando qualquer chance de reação da equipe argentina.

E agora? Com a vitória desta quarta, o Pinheiros deu um passo muito importante rumo à classificação. Agora, a equipe da capital paulista, ainda sem poder contar com Holloway, tem mais duas partidas por este Grupo B. Nesta quinta (12), novamente às 18h45 (de Brasília), os comandados de César Guidetti enfrentam o Osorno Basquetbol, do Chile, em mais uma transmissão ao vivo do SporTV 3.

O cara: Incansável, Corderro Bennett liderou o Pinheiros para a vitória na estreia da competição continental. Em 35 minutos de atuação, o camisa 3 comandou o ataque pinheirense o tempo todo, deixando a quadra como cestinha do time, com 18 pontos, principal passador do jogo, com oito assistências, além de oito rebotes.

Bola nele: Quem também esteve muito ativo no ataque do time paulista foi Ansaloni. Saindo do banco de reservas, o pivô jogou por pouco mais de 27 minutos, contribuindo com 17 pontos, além de sete rebotes.

Ajuda coletiva: Além de seus dois principais pontuadores nesta noite, o Pinheiros contou com boa ajuda de sua rotação. Ruivo, que esteve por 36 minutos em quadra, deixou o jogo com cinco pontos e dez assistências; Marcus Toledo contribuiu com sete pontos e seis rebotes; Arthur Bernardi somou sete tentos; o pivô norte-americano Chris Ware iniciou a partida com titular e somou 11 pontos e oito sobras; enquanto Gemerson veio do banco de reservas e marcou 11 tentos.

Deram trabalho: Quarto colocado na última Liga Argentina, o Quilmes deu muito trabalho para o Pinheiros. As principais boas ações da equipe argentina saíram das mãos de Emiliano Basabe, cestinha da partida com 20 pontos, além de cinco rebotes, e do ala/armador Eric Flor, presente em mais de 36 minutos dentro da quadra e dono de 19 pontos, além de quatro assistências.