#JOGAJUNTO

NBB CAIXA

a corridapelo mvp

21-02-2019 | 03:30
Por Liga Nacional de Basquete

Listamos alguns dos principais candidatos e algumas possíveis "surpresas" ao prêmio de MVP do NBB CAIXA 2018/2019; confira

Muita coisa já aconteceu nos mais de 140 jogos disputados no NBB CAIXA 2018/2019. Com a reta final da fase de classificação se aproximando, a briga pelo prêmio de MVP (Jogador Mais Valioso) da temporada começa a ficar mais acirrada. Com isso, listamos alguns dos destaques da temporada até aqui que são fortes candidatos ao prêmio.

Vale lembrar que as escolhas são feitas pelos editores do portal da LNB e não necessariamente refletem a opinião da entidade. Dá uma olhada na lista. E pra você, quem merece ser o MVP da temporada?

O NBB CAIXA é uma competição organizada pela Liga Nacional de Basquete (LNB), em parceria com a NBA, e conta com o patrocínio máster da CAIXA, os patrocínios da Budweiser, INFRAERO, Avianca, Nike e Penalty e os apoios de UNISAL, Açúcar Guarani, Ministério do Esporte e Governo Federal.

JP Batista (Mogi das Cruzes/Helbor)

Se tem um nome absoluto na atual temporada, esse é o de JP Batista, do Mogi das Cruzes/Helbor. Desde que chegou ao time paulista, o experiente pivô tem sido extremamente dominante dentro do garrafão e aparece como forte candidato ao prêmio de MVP do campeonato.

Em sua quarta temporada no NBB CAIXA, as médias de 17,4 pontos, 9,1 rebotes e 21,2 de eficiência são as melhores de sua carreira na competição nacional e fazem dele o líder em rebotes e eficiência da temporada.

+Estatísticas completas de JP Batista no NBB CAIXA

Reboteiro e líder de eficiência da temporada, JP Batista é forte candidato ao prêmio de MVP (Antonio Penedo/Mogi)

A melhor atuação de JP na competição foi contra o Joinville/AABJ, fora de casa, em que anotou incríveis 35 pontos (16/20 em arremessos de 2 pontos) – melhor marca da carreira e segunda maior da temporada. Já contra o Minas, veio o recorde de rebotes da temporada: 22 – segunda maior marca da história do NBB CAIXA.

A quarta colocação do Mogi na competição se deve (e muito) ao belíssimo desempenho apresentado por JP Batista. O prêmio de MVP serviria para coroar o grande campeonato do pivô de 37 anos, que já apareceu cinco vezes na Seleção da Semana. Não tem como duvidar disso…

Lucas Dias (Sesi Franca Basquete)

Campeão do NBB CAIXA 2017/2018 com o Paulistano/Corpore, o ala/pivô Lucas Dias se transferiu para o Sesi Franca Basquete no início da temporada para iniciar um novo desafio em sua carreira e vem demonstrando estar bem à vontade na nova casa.

O jogador de 23 anos possui suas melhores médias de pontos (16,3 por jogo) e eficiência (16,8 por jogo) na atual temporada do NBB CAIXA, além de 4,2 rebotes por partida. No entanto, sua importância na boa campanha da equipe francana não passa apenas pelos números.

+Estatísticas completas de Lucas Dias no NBB CAIXA

Versatilidade de Lucas Dias é fundamental para o bom desempenho do Franca na temporada. MVP? (Newton Nogueira/Franca)

A versatilidade é outro ponto que coloca Lucas Dias entre os principais atletas do campeonato. No ataque, o ala/pivô se destaca tanto nos arremessos de longa distância quanto nas bolas mais próximas à cesta. Já na defesa, devido à sua altura (2,07m) e envergadura, é capaz de marcar jogadores mais altos e fortes, além de intimidar os menores com sua capacidade de dar tocos (1,1 por partida).

Ele possui, junto com JP Batista, o maior número de aparições na Seleção da Semana – cinco vezes cada. Campeão do Desafio de Habilidades Supergasbras no Jogo das Estrelas 2019, Lucas Dias vai cheio de moral para o restante da competição e aparece como forte candidato ao troféu de MVP.

Franco Balbi (Flamengo)

Quem não pode ficar de fora da briga pelo MVP é o argentino Franco Balbi, do Flamengo. Em sua primeira temporada no basquete brasileiro, o armador vem encantando a todos com sua visão de jogo diferenciada e com as jogadas improváveis.

Depois de um início de temporada com alguns altos e baixos, Balbi conseguiu adquirir um bom ritmo a partir do final de 2018 e desde então vem sendo o Balbi que a torcida rubro-negra realmente adora ver.

Nos últimos dez jogos do Flamengo no NBB CAIXA 2018/2019, o argentino possui médias de 14,3 pontos, 7,2 assistências, 4,4 rebotes e 20,2 de eficiência – bem superiores a seus números gerais no campeonato, que eram de 10,7 pontos, 6,0 assistências, 4,0 rebotes e 15,4 de eficiência.

+Estatísticas completas de Franco Balbi no NBB CAIXA

Especialista em “bailar” com os adversários, Franco Balbi vem em uma crescente absurda no campeonato (Fotojump/LNB)

Nesse meio tempo, o jogador do clube da Gávea ainda foi determinante no título da Copa Super 8, em cima do Sesi Franca Basquete, em pleno Ginásio Pedrocão, com 20 pontos, seis rebotes e quatro assistências na grande final.

Fora essa, outras partidas contaram com aparições decisivas de Franco Balbi para o Flamengo. Por mais que ele não esteja liderando nenhum quesito nas estatísticas, seu papel vai muito além de somar bons números. Desta forma, o “hermano” do Mengão é, sim, um dos fortes candidatos ao troféu de MVP do NBB CAIXA.

Correm por fora

Os três atletas mencionados acima (JP, Lucas Dias e Balbi) são os favoritos ao troféu de MVP do NBB CAIXA até o momento. No entanto, a briga pelo prêmio não se limita apenas a eles.

Por isso, listamos também alguns atletas que fazem grandes temporadas e correm por fora na disputa. Confira:

Kyle Fuller (Corinthians)

Um dos pilares do Corinthians na atual edição do NBB CAIXA, o ala/armador Kyle Fuller, de 26 anos, tem feito uma temporada digna de aplausos em seu segundo ano no basquete brasileiro.

O norte-americano com nacionalidade peruana vem mostrando uma capacidade incrível de pontuar e no momento é o cestinha da temporada, com média de 21,2 pontos por partida.

Sua regularidade, de fato, impressiona. Ao todo, ele anotou 20 ou mais pontos em 12 dos 20 jogos disputados no NBB CAIXA.

+Estatísticas completas de Kyle Fuller no NBB CAIXA

Em sua segunda temporada no Brasil, Fuller impressiona com sua grande capacidade em pontuar (Beto Miller/Corinthians)

A melhor atuação de Fuller na temporada foi contra o Pinheiros, em que registrou 32 pontos e estabeleceu seu recorde de pontos no NBB CAIXA, com direito a um arremesso inacreditável de antes do meio da quadra – e de mão esquerda (!)

Todos esses feitos colocam o “Gringo da Fiel” entre os possíveis candidatos ao troféu de MVP da temporada. E para você, ele merece?

David Jackson (Sesi Franca Basquete)

Terceiro maior cestinha da atual edição do NBB CAIXA, o ala David Jackson está com tudo com a camisa do Sesi Franca Basquete e também merece ser colocado entre os possíveis candidatos ao troféu de MVP da  temporada.

Com médias de 18,0 pontos (3º do NBB CAIXA), 3,8 rebotes, 2,8 assistências e 18,9 de eficiência (2º do NBB CAIXA), o norte-americano certamente é um dos grandes responsáveis pelo ótimo desempenho do time, campeão Paulista e Sul-Americano – este com Jackson MVP das Finais.

+Estatísticas completas de David Jackson no NBB CAIXA 

A regularidade em todas as partidas é um dos principais pontos de David Jackson (Newton Nogueira/Sesi Franca Basquete)

Na atual edição do NBB CAIXA, Jackson tem sido bastante regular e, até aqui, fez mais de dez pontos em todos os 20 jogos do Franca na competição. Chutador nato, ele ainda detém o recorde de bolas de 3 em um jogo na atual temporada, com nove bolas convertidas contra o Vasco.

É certo que a briga pelo troféu de MVP é bastante acirrada, mas se continuar com essa regularidade, “DJ” pode, sim, aparecer entre os candidatos. Por que não?

Léo Meindl (Paulistano/Corpore)

Em sua primeira temporada com as cores do Paulistano/Corpore, o ala Léo Meindl tem demonstrado que já está em casa e, com excelentes atuações e uma regularidade que impressiona, surge como um dos possíveis candidatos a MVP da temporada.

Até aqui, os números alcançados permitem que o jogador sonhe com isso. São 15,4 pontos, 6,5 rebotes e 17,3 de eficiência (4º do NBB CAIXA). Com isso, Léo se firmou como grande destaque do atual campeão nacional na temporada.

+Estatísticas completas de Léo Meindl no NBB CAIXA

Novidade do Paulistano na atual temporada, Léo Meindl vive grande momento na carreira (Willian Oliveira/Divulgação)

Ao todo, após 20 jogos disputados nesta edição do campeonato, o jogador de 25 anos anotou mais de dez pontos em 19 oportunidades. Isso que é regularidade…

As boas atuações na temporada ainda lhe renderam uma vaga no Jogo das Estrelas 2019 para o duelo principal entre NBB Brasil e NBB Mundo. E olha… ele quase foi o MVP – fez 21 pontos, nove rebotes e seis assistências (28 de eficiência).

O troféu de MVP do Jogo das  Estrelas não veio, mas será que essa regularidade lhe renderá um prêmio de MVP do NBB CAIXA? Pode avisar lá que ele está firme na briga!

Jefferson William (Sendi/Bauru Basket)

Grande nome do Sendi/Bauru Basket na atual temporada, o experiente ala/pivô Jefferson William, de 35 anos, tem mostrado atributos que o credenciam como um candidatos ao troféu de MVP do NBB CAIXA.

Na atual edição, mesmo com a campanha irregular do Dragão, o camisa 11 tem se destacado pelas atuações de gala e números bastante expressivos: médias de 17,4 pontos (4º do NBB CAIXA), 6,2 rebotes e 17,8 de eficiência (3º do NBB CAIXA).

De quebra, Jefferson é o  único atletas na atual temporada do NBB CAIXA a fazer dois jogos com mais de 30 pontos. No primeiro turno, registrou 37 pontos contra o Universo/Brasília, e na última semana, depois da pausa para o Jogo das Estrelas, fez 35 contra o Life Fitness/Minas.

+Estatísticas completas de Jefferson William no NBB CAIXA

MVP do Jogo das Estrelas 2019, Jefferson William segue com a mão calibrada. Mais um MVP no ano? (Fotojump/LNB)

E por falar em Jogo das Estrelas, o ala/pivô do Dragão se sobressaiu no meio dos melhores atletas do NBB CAIXA. No Torneio de 3 Pontos, foi vice-campeão. Já no duelo entre NBB Brasil e NBB Mundo, ele converteu oito bolas de 3 pontos e registrou um sonoro duplo-duplo 28 pontos e 11 rebotes (37 de eficiência) e fizeram dele o grande MVP da partida festiva.

Não há dúvidas de que Jefferson gostou de ter sentido o gostinho de ser  MVP do Jogo das Estrelas. Agora, está em busca de ser o Jogador Mais Valioso de toda a temporada do NBB CAIXA.

Renato Carbonari (EC Pinheiros)

Com 31 anos e vasta experiência pelas quadras do NBB CAIXA, o ala/pivô Renato Carbonari, do Pinheiros, surge como um dos principais nomes do líder do campeonato.

Com sólidas médias de 12,0 pontos, 5,3 rebotes e 13,5 de eficiência, o jogador foi muito importante para a ascensão do Pinheiros à liderança do NBB CAIXA, nem tanto pelos números, mas sim por seu impacto dos dois lados da quadra.

+Estatísticas completas de Renato Carbonari no NBB CAIXA

No forte jogo coletivo do líder Pinheiros, as atuações de Renato Carbonari merecem ser destacadas (Ricardo Bufolin/ECP)

Exímio defensor e bastante disciplinado taticamente, Renato se sobressai em detalhes que os números não mostram e fazem dele um monstro em quadra. Além disso, foi “clutch” em várias oportunidades, com direito a bolas de 3 para ganhar os jogos para o Pinheiros.

Nos últimos nove jogos, o ala/pivô esteve com a pontaria afiada e, com apenas um jogo com menos de dez pontos, contribuiu para a arrancada do time do Jardim Europa na liderança do NBB CAIXA com médias de 13,9 pontos, 5,2 rebotes e 13,8 de eficiência nos últimos nove jogos.

Betinho (EC Pinheiros)

Outro nome de bastante impacto na campanha do EC Pinheiros é o ala Betinho, fundamental na arrancada da equipe até a liderança do NBB CAIXA.

Dentro do forte coletivo da equipe comandada pelo técnico César Guidetti, o camisa 26 vem de uma incrível sequência de atuações individuais e, nos últimos sete jogos, registrou média de 17,4 pontos por partida, além de várias aparições em momentos cruciais.

+Estatísticas completas de Betinho no NBB CAIXA

“Clutch”, Betinho teve papel fundamental nas últimas vitórias do Pinheiros no NBB CAIXA 2018/2019 (Ricardo Bufolin/ECP)

As melhores atuações de Betinho foram contra Flamengo e Corinthians – 24 pontos nas duas ocasiões. Além disso, na vitória pinheirense contra o Paulistano, ele marcou 11 pontos no terceiro quarto e liderou a deslanchada da equipe no dérbi.

Na vitória apertada contra o Botafogo, o ala vinha discreto na partida até os minutos finais. Mas foi aí que sua estrela brilhou, com sete pontos seguidos e um toco maravilhoso em Jamaal, que concretizou o triunfo do Glorioso. É ou não é decisivo?

Marquinhos (Flamengo)

O atual MVP do NBB CAIXA não poderia ficar de fora dessa lista. Em sua décima temporada de NBB CAIXA, o ala Marquinhos, do Flamengo, sempre se destacou pela regularidade nas partidas e vem cumprindo essa escrita também na atual edição.

O jogador de 34 anos segue como um dos principais atletas do basquete brasileiro, com sua frieza e mão calibrada nos momentos de decisão. Em 20 partidas disputadas, Marquinhos tem médias de 14,6 pontos, 4,4 rebotes e 14,5 de eficiência, com direito a uma atuação de 35 pontos, contra o Botafogo.

+Estatísticas completas de Marquinhos no NBB CAIXA

MVP da última temporada e da Copa Super 8, Marquinhos segue na briga por mais um prêmio (Staff Images/Flamengo)

Diferentemente da temporada anterior, em que foi MVP do NBB CAIXA, o ala de  2,07m de altura está inserido em um sistema de jogo bem mais coletivo com o técnico Gustavo De Conti em relação ao ano passado.

Mesmo assim, é prudente nunca duvidar da capacidade e poder de decisão de Marquinhos, que já tem três troféus de MVP do NBB CAIXA no currículo.