#JOGAJUNTO

NBB CAIXA

Em franca evolução

04-10-2012 | 03:31
Por Liga Nacional de Basquete

Com potencial para disputar Rio-2016, jovem pivô Lucas Mariano surpreende até a si mesmo no início da temporada com atuações de destaque no Franca

Contra Bauru, Lucas Mariano teve até um duplo-duplo (Newton Nogueira/Divulgação)

Lucas Fernandes Mariano é atualmente um dos jovens mais promissores do basquete brasileiro. Com 19 anos completados recentemente no último dia 24 de setembro e 2,08 m de altura, o pivô do Vivo/Franca tem sido destaque por sua evolução nas quadras durante o Campeonato Paulista e pela possibilidade de ser uma das revelações que estarão no auge de seu potencial nas Olimpíadas do Rio de Janeiro, em 2016.

No Estadual, Lucas Mariano apresentou até o momento, depois de dez jogos, médias de 11,9 pontos e 4,5 rebotes por partida. São números que representam quase o triplo do desempenho do pivô na temporada passada do NBB: 4,1 pontos e 1,8 rebote por confronto.

Dividindo espaço com jogadores já consagrados como o armador Figueroa e o ala/pivô Guilherme Teichmann, o jovem pivô tem números de gente graúda. Dois dias antes de fazer 19 anos, contra a equipe do Winner/Kabum/Limeira, foi destaque após anotar 32 pontos, pegar nove rebotes e distribuir dois tocos, saindo de quadra como o jogador mais eficiente do jogo. Quando o Franca derrotou o líder Paschoalotto/Bauru em casa, a promessa teve novamente uma grande atuação ao conquistar um duplo-duplo: 15 pontos e 10 rebotes.

“Eu estava esperando por essa chance, já tinham me falado que eu jogaria mais tempo nesta temporada. Vou ser sincero, eu não esperava por essa evolução. Mas eu estava muito motivado para jogar, sabendo que eu teria uma grande importância no time do Franca, que eu iria jogar. Fiquei surpreso com meu desempenho, mas agora é melhorar cada vez mais. Estou aproveitando bastante, tendo boas atuações. É manter esse ritmo e nunca se acomodar. Vou estar preparado para o que der e vier no NBB, sabendo que terei muito jogos difíceis pela frente”, afirmou o jogador de Franca.

Nascido em Planaltina, em Goiás, Lucas Mariano começou a praticar basquete em Franca, onde integrou as categorias de base da cidade. A carreira do atleta começou aos sete anos na Escola Lance Livre. Aos 11, passou a ser integrante da ASPA (Associação de Pais e Amigos do Franca Basquete), onde ficou até os 16. Em 2009, foi convidado pelo treinador Hélio Rubens a fazer parte do time adulto do Franca. A partir daí, o jogador passou a integrar tanto o elenco juvenil, como a equipe principal do basquete francano, embora não tivesse muito destaque no plantel adulto.

O goiano vem agarrando como pode a chance que recebeu nesta temporada no Franca (Newton Nogueira/Divulgação)

Com a reformulação adotada pela nova diretoria do Franca, o pivô tornou-se uma das peças chaves do plantel de Lula Ferreira, que tem jovens talentos do basquete como jogadores fundamentais no time. Ganhando mais tempo em quadra, o atleta mostrou enorme evolução e tem confirmado a expectativa de que será, em breve, um dos melhores de sua posição no país.

“O Lucas é um jogador que vem mostrando uma evolução muito grande. Ele se dedica ao treinamento adulto e juvenil na mesma intensidade, o que proporciona que ele cresça cada vez mais. Hoje, além de ser um importante jogador em sua categoria, ele tem a mesma importância no elenco adulto, tornando-se fundamental nas duas equipes. Tenho certeza de que em pouco tempo, ele vai estar completamente estabilizado, sem oscilar em suas atuações, e se tornará um dos principais jogadores do time”, afirmou Lula, que recebeu muitos elogios do pivô. “Eu aprendi muito com o Lula e estou aprendendo, dentro e fora da quadra.”

Rúben Magnano, técnico da Seleção Brasileira, também enxergou no goiano uma pedra a ser lapidada. Em junho, o argentino convidou o camisa 17 do Franca para integrar o seleto grupo de atletas que estavam treinando para as Olimpíadas de Londres. Assim, o jogador teve a chance de trabalhar ao lado de alguns dos maiores atletas da modalidade do país e do mundo.

“Recebi a notícia da convocação através da minha mãe, quando eu estava indo jogar com o time juvenil do Franca em Piracicaba. Fiquei muito feliz, não acreditava que ia ser chamado devido ao alto nível dos jogadores adultos que existem no país. Acredito que essa oportunidade de treinar ao lado de grandes jogadores que atuam no país e também fora, como nos Estados Unidos e na Europa, me proporcionou muita experiência. Treinei ao máximo com eles e trouxe para o meu clube tudo o que aprendi com esses atletas”, disse o jovem jogador, que é ousado em suas metas, sonhando com uma vaga na Seleção Brasileira mais rápido do que possam imaginar.

“Meu foco está já na Copa América de 2013 [que será disputada na Venezuela]. Quero continuar com meu trabalho para mostrar que eu tenho condições para estar lá”, concluiu Lucas Mariano, que deve entrar em quadra junto com o Franca na estreia no NBB, contra o tricampeão Uniceub/BRB/Brasília, em casa, no dia 24 de novembro.