#JOGAJUNTO

NBB CAIXA

Escolhaa dedo

21-06-2018 | 06:22
Por Liga Nacional de Basquete

Com analise criteriosa de desempenho para montagem, Pinheiros divulga elenco para temporada 18/19; Dawkins é uma das quatro novidades

O elenco do EC Pinheiros está montado para a temporada 2018/2019. Com quatro novidades, o time da capital paulista divulgou, nesta quinta-feira (21/06), o seu plantel para a disputa do próximo NBB CAIXA e também do Campeonato Paulista 2018.

As novidades são o armador norte-americano Kenny Dawkins, que irá para sua oitava temporada no basquete brasileiro e já passou por LSB, Paulistano e Vitória; o ala/armador Betinho, que teve grandes atuações pelo Basquete Cearense nos playoffs da última temporada; o ala Isaac, que estava no Bauru Basket; e o versátil pivô Renato Carbonari, que tem passagens por Bauru, Paulistano e Vasco.

Já em relação ao time da última temporada ficaram: o jovem armador Felipe Ruivo, que vai para sua terceira temporada entre os profissionais, o experiente pivô Marcus Toledo e os norte-americanos Corderro Bennett e Chris Ware, que vestirão a camisa do clube pelo terceiro e segundo ano seguidos, respectivamente.

“Sempre montamos uma equipe acreditando no rendimento superior em relação ao ano que passou, mas temos consciência de que as demais equipes também estão se reforçando”, disse o técnico César Guidetti.

“Não é possível falar o que vai acontecer na temporada 2018/19, mas posso dizer que o Pinheiros está no caminho certo. Contratamos jogadores de rodagem por grandes equipes. Não disputamos os campeonatos apenas para participar. Entramos para brigar”, completou.

Novo double trouble? Compatriotas Bennett e Dawkins dividirão a armação do Pinheiros na próxima temporada (Ricardo Bufolin/ECP)

Outros que estão confirmados no elenco dirigido pelo técnico César Guidetti são os jovens Danilo Sena, de 19 anos, e Lucas Cauê, de 20 anos, este último que está em fase final de recuperação de uma lesão no joelho. Ambos disputaram edições recentes da LDB pelo clube. Já o pivô Mamedes, de 20 anos, retorna de empréstimo ao Macaé para a disputa da Liga Ouro e também está garantido no plantel pinheirense.

“Procuramos montar a equipe mesclando jogadores mais experientes e versáteis e que atuem em mais de uma posição, desenvolvendo várias funções na quadra. Pelo perfil de cada atleta, queremos que também sirvam como espelho para os que vêm da base. Analisamos as performances por meio das atuais estatísticas de cada jogador que disputou o NBB para definirmos quais deles possuem as características que atendem às necessidades do Pinheiros”, disse o comandante Guidetti.

A montagem do elenco não foi algo fácil para a comissão técnica pinheirense. Foram dois meses de criteriosa análise de desempenho sob os aspectos técnicos, táticos, físicos e psicológicos até se chegar ao time considerado ideal, com a participação do CIAA – Centro Integrado de Apoio ao Atleta.

“A competência da comissão técnica faz a diferença. Temos como exemplos, o Tite na seleção e o Paulistano, atual campeão do NBB. Acreditamos na eficiência da estrutura do Pinheiros, aliada à formação e ao lançamento de atletas de forma planejada, mas temos de considerar que o esporte não é uma ciência exta. Tem suas variáveis. Em todo esse processo, temos de valorizar o trabalho do Fabrício Rocha, analista de desempenho do basquete”, disse o diretor de Esportes Olímpicos e de Formação, Arnaldo Queiroz.

Destaque do Pinheiros na última LDB, Danilo Sena deve ter mais espaço entre os profissionais na próxima temporada (Fotojump/LNB)