O Tijuca/Rio de Janeiro não deu moleza aos aspirantes ao NBB e venceu os dois confrontos do triangular de acesso à temporada 2013/2014. Nesta sexta-feira, os tijucanos superaram o Fluminense, por 81 a 76, e se mantiveram na elite do basquete brasileiro. O resultado ajudou o Macaé, que havia vencido a equipe tricolor no dia anterior e garantiu também sua vaga no campeonato nacional.

O ala/armador Arnaldinho e o ala/pivô César foram os destaques do Tijuca no jogo, com 14 pontos cada um. Pelo Fluminense, os cestinhas foram os pivôs Torres e Mafra, com 13 e 12 pontos, respectivamente.

“Estamos muito felizes e também aliviados. Pegamos dois times bastante focados e fortes e não era uma missão fácil”, afirmou o técnico do Tijuca, Éldio Leal, que espera que o basquete do Rio de Janeiro continue em evolução. “Espero que esse triangular continue motivando as equipes cariocas e que o basquete do Rio continue crescendo”, completou.

O Tijuca entrou com tudo no primeiro quarto. Após um arremesso de 3 pontos seguido de falta no ala/armador Arnaldinho, um lance que valeu quatro pontos, o time da casa abriu 7 a 0 no placar. Os tijucanos chegaram a abrir 11 pontos de vantagem no marcador (25 a 14), mas no final do período, o Fluminense conseguiu uma rápida reação, que diminuiu a diferença para somente cinco pontos (25 a 20).

No segundo quarto, o pivô Rodrigo Bahia chamou o jogo e foi peça fundamental para que o Tijuca ampliasse a vantagem novamente (33 a 24). Sem muita pressão do adversário, os donos da casa administraram o placar durante toda a segunda etapa e fecharam a primeira metade do jogo na liderança por 37 a 29.

O time tijucano voltou do intervalo com a mesma intensidade e com as mãos quentes. Logo nos primeiros minutos, a equipe mandante abriu a maior vantagem do jogo: 13 pontos (45 a 32). O tricolor carioca teve dificuldade para encaixar o jogo e não foi capaz de se recuperar no período, levando o déficit para o último e decisivo quarto (60 a 47).

A torcida do Fluminense, que cantou o jogo inteiro, continuou apoiando a equipe na quarta etapa. O time tricolor conseguiu baixar a diferença para apenas cinco pontos (67 a 62), após duas bolas de fora do ala/armador argentino Pitú. Necessitando da vitória, os visitantes foram para o tudo ou nada nos minutos finais, encostando no placar a cada ataque.

Faltando apenas um minuto para o final do jogo, dois lances livres do pivô Torres deixaram o Fluminense apenas um ponto atrás do placar (71 a 70). No ataque seguinte, o Tijuca converteu o arremesso e ampliou o marcador para 73 a 70. O tricolor carioca continuou com chances de vitória, mas desperdiçou dois lances livres importantes, com Torres. Com pouco tempo no relógio, o aspirante ao NBB lutou até o final, mas não conseguiu a virada.

 

Confira os resultados do triangular de acesso para o NBB 2013/2014:

15/05 (quarta-feira)
Tijuca/Rio de Janeiro 83 x 78 Macaé

16/05 (quinta-feira)
Fluminense 81 x 82 Macaé

17/05 (sexta-feira)
Tijuca/Rio de Janeiro 81 x 76 Fluminense