#JOGAJUNTO

NBB CAIXA

Partiu,Quartas

Pinheiros PIN 93
x
82 Vasco da Gama VAS
22
1ºQ
X
23
21
2ºQ
X
14
30
3ºQ
X
23
20
4ºQ
X
22

Poliesportivo H. Villaboim

17 de abril de 2017
Por

Com domínio do placar durante todo o segundo tempo, Pinheiros vence jogo decisivo contra o Vasco e garante vaga nas quartas de final do NBB CAIXA

DOCUMENTOS:
Súmula
93
X
82
93
PTS
82
10
A3C
13
23
A2C
14
17
LLC
15
31
RT
34
18
ASS
13

Pts: Pontos RT: Rebotes ASS: Assistências A3C: Arremessos de três certos A2C: Arremessos de dois certos LLC: Lances livres certos
(*) Colocação refere-se a rodada em que esta partida foi realizada

O EC Pinheiros está nas quartas de final do NBB CAIXA 2016/2017. Na noite desta segunda-feira (17/04), o clube da capital paulista fez valer o mando de quadra e venceu o Jogo 5 diante do Vasco da Gama, pelo placar de 93 a 82, para fechar a série válida pelas oitavas de final em 3 a 2.

O NBB CAIXA é uma competição organizada pela Liga Nacional de Basquete (LNB), em parceria com a NBA, e conta com o patrocínio master da CAIXA, o patrocínio da SKY e os apoios do Ministério do Esporte e da Avianca.

E agora? O adversário do Pinheiros na próxima fase dos playoffs será o atual tetracampeão Flamengo. A primeira partida da série acontece nesta sexta-feira (21/04), às 21h30, na capital paulista. O jogo seguinte acontecerá na segunda-feira (24/04), desta vez no Rio de Janeiro.

Fala aí: “A gente sabia a importância de decidir o playoff em casa, E isso fez toda a diferença hoje. Gostaria de parabenizar todo o grupo porque tivemos uma grande atuação, principalmente na defesa. Temos que comemorar muito, mas a partir de amanhã já temos que nos planejar para o confronto duríssimo contra o Flamengo”, disse o técnico pinheirense César Guidetti.

O cara: Desmond Holloway fez chover no Ginásio Henrique Villaboim, marcou incríveis 36 pontos e brilhou na vitória pinheirense. Com aproveitamento excepcional nos arremessos de quadra – 13 acertos em 19 tentativas –, o norte-americano teve uma atuação de gala e igualou a maior pontuação desta temporada.

Fala aí: “O Holloway é um jogador tecnicamente acima da média. Ele sempre será ‘caçado’ pelas defesas adversárias, mas ele soube muito bem alternar o jogo dele, com passes, finalizações tanto de dentro como fora do garrafão, e fez um grande jogo”, elogiou o comandante Guidetti.

Suporte necessário: Aliado ao grande desempenho do camisa 22, o Pinheiros também contou com boas atuações de Bennett, autor de 18 pontos, e Neto e Renan, que marcaram 13 e 11 pontos, respectivamente. Outro destaque da equipe foi Teichmann, dono de 11 rebotes, três rebotes e três assistências.

Controle do placar: O Pinheiros jogou à frente durante todo o segundo tempo. Em vantagem na pausa para o intervalo, o clube da capital paulista rapidamente estabeleceu sua vantagem na casa dos dígitos duplos, segurou todas as tentativas de reação do Vasco e controlou o ritmo do jogo até o fim.

Menos é mais: Com atuação muito segura, o clube da capital paulista teve apenas seis erros ao longo da partida decisiva. Do outro lado, o Vasco totalizou 17 desperdícios de bola sem finalizar.

Bem que tentou: Nezinho chamou a responsabilidade a favor do Vasco. Dono de vasta experiência nos playoffs do NBB CAIXA, o armador teve sua maior pontuação na temporada e deixou a quadra com 27 pontos.

Também foram bem: Outros dois jogadores tiveram boas atuações pela equipe carioca. O norte-americano David Jackson marcou 22 pontos, enquanto que o experiente ala Márcio foi titular e anotou 14 pontos.

Fato inusitado: A partida começou com as duas equipes jogando em alta velocidade. E com muita lealdade. Mesmo com altíssima pontuação no primeiro quarto (23 a 22 para o Pinheiros), as duas equipes fizeram apenas uma falta cada e não foi batido nenhum lance livra na parcial inicial.

Acelerou e virou: Logo no início do segundo quarto, o Vasco chegou a abrir nove pontos de frente (31 a 22). Só que depois disso, o Pinheiros aumentou o ritmo da sua defesa e passou a não dar brechas ao ataque cruz-maltino. Desta maneira, a equipe da casa limitou os rivais a apenas mais seis pontos na parcial e não só retomou a liderança como partiu para o intervalo vencendo por seis pontos (43 a 37).

Fim de temporada: Em sua estreia no NBB CAIXA, o Vasco se despede nas oitavas de final, após fechar a fase de classificação na nona colocação. O posicionamento final da equipe cruz-maltina ainda depende dos resultados das duas partidas que definirão os dois últimos classificados às quartas de final.

Nr. Jogador JO Min Pts RD+RO RT AS 3P% 2P% LL% BR TO FC FR ET +/- EF
#22 Holloway 1 40.0 36/49 (73) 3+0 3 4 5/7 (71) 8/11 (73) 5/6 (83) 3 1 2.00 7.00 2 11 39
#3 Bennett 1 36.0 18/28 (64) 0+1 1 4 2/4 (50) 4/6 (67) 4/4 (100) 5 0 4.00 2.00 0 18 24
#14 Neto 1 32.8 13/36 (36) 1+1 2 6 1/6 (17) 3/7 (43) 4/4 (100) 0 0 2.00 5.00 2 8 10
#12 Renan 1 19.3 11/27 (41) 0+3 3 1 1/5 (20) 3/5 (60) 2/2 (100) 1 0 3.00 1.00 0 5 10
#6 Gemerson 1 23.3 7/9 (78) 3+0 3 0 1/1 (100) 2/3 (67) 0/0 (0) 1 0 3.00 3.00 0 0 10
#11 Teichmann 1 23.9 4/6 (67) 9+2 11 3 0/0 (0) 2/2 (100) 0/2 (0) 0 3 4.00 1.00 1 23 18
#10 Ansaloni 1 13.6 2/10 (20) 2+1 3 0 0/0 (0) 0/4 (0) 2/2 (100) 0 1 3.00 1.00 0 -6 2
#21 Gustavo 1 11.3 2/19 (11) 1+0 1 0 0/5 (0) 1/2 (50) 0/0 (0) 1 0 1.00 2.00 0 -4 -2
#4 Ruivo 1 0.0 0/0 (0) 0+0 0 0 0/0 (0) 0/0 (0) 0/0 (0) 0 0 0.00 0.00 0 0 0
#7 Mathias 1 0.0 0/0 (0) 0+0 0 0 0/0 (0) 0/0 (0) 0/0 (0) 0 0 0.00 0.00 0 0 0
#34 Arthur 1 0.0 0/0 (0) 0+0 0 0 0/0 (0) 0/0 (0) 0/0 (0) 0 0 0.00 0.00 0 0 0
#17 Sena 1 0.0 0/0 (0) 0+0 0 0 0/0 (0) 0/0 (0) 0/0 (0) 0 0 0.00 0.00 0 0 0
Equipe 1 0.0 93/184 (51) 23+8 31 18 10/28 (36) 23/40 (58) 17/20 (85) 11 5 22.00 22.00 6 0 114
Nr. Jogador JO Min Pts RD+RO RT AS 3P% 2P% LL% BR TO FC FR ET +/- EF
#23 Nezinho 1 36.1 27/49 (55) 1+0 1 3 4/9 (44) 4/7 (57) 7/8 (88) 1 0 3.00 8.00 2 -11 21
#32 Jackson 1 38.0 22/33 (67) 6+1 7 3 3/3 (100) 4/9 (44) 5/6 (83) 3 0 2.00 5.00 3 -7 26
#15 Márcio 1 37.5 14/27 (52) 6+0 6 2 4/7 (57) 0/2 (0) 2/2 (100) 0 0 2.00 4.00 5 -8 12
#8 Gaúcho 1 23.1 6/22 (27) 2+1 3 1 0/4 (0) 3/5 (60) 0/0 (0) 0 0 2.00 1.00 2 -14 2
#21 Murilo 1 19.7 4/9 (44) 2+0 2 2 0/1 (0) 2/3 (67) 0/0 (0) 0 3 5.00 0.00 3 -6 6
#13 B. Fiorotto 1 20.3 3/6 (50) 4+3 7 1 0/0 (0) 1/2 (50) 1/2 (50) 0 1 2.00 2.00 2 -5 8
#10 Palacios 1 18.2 3/6 (50) 4+0 4 1 1/2 (50) 0/0 (0) 0/0 (0) 0 0 5.00 0.00 0 1 7
#5 Hélio 1 7.0 3/7 (43) 0+0 0 0 1/1 (100) 0/2 (0) 0/0 (0) 0 0 2.00 0.00 0 -5 1
#7 Wagner 1 0.0 0/0 (0) 0+0 0 0 0/0 (0) 0/0 (0) 0/0 (0) 0 0 0.00 0.00 0 0 0
#25 Bruninho 1 0.0 0/0 (0) 0+0 0 0 0/0 (0) 0/0 (0) 0/0 (0) 0 0 0.00 0.00 0 0 0
#19 Drudi 1 0.0 0/0 (0) 0+0 0 0 0/0 (0) 0/0 (0) 0/0 (0) 0 0 0.00 0.00 0 0 0
#11 Marcellus 1 0.0 0/0 (0) 0+0 0 0 0/0 (0) 0/0 (0) 0/0 (0) 0 0 0.00 0.00 0 0 0
Equipe 1 0.0 82/159 (52) 27+7 34 13 13/27 (48) 14/30 (47) 15/18 (83) 4 4 23.00 20.00 17 0 87