#JOGAJUNTO

NBB CAIXA

Ganhandoforma

29-08-2017 | 03:52
Por Liga Nacional de Basquete

Confirmado na disputa do NBB CAIXA 17/18, Botafogo segue com montagem de elenco e anuncia mais duas contratações

Tatum atuou pela Universidade do Tennessee por cinco temporadas da NCAA (Divulgação)

O Botafogo continua no processo de montagem do seu elenco para disputa do NBB CAIXA 17/18. Na noite desta segunda-feira (28/08), o alvinegro carioca anunciou mais duas contratações: O ala norte-americano Cameron Tatum, formado na forte Universidade do Tennessee, que disputa a primeira divisão da NCAA, e o pivô Átila, ex-Flamengo e Palmeiras.

Com 29 anos recém-completados, Tatum tem longa experiência no basquetebol internacional. O ala de 2,00m de altura já atuou no Chipre, na Venezuela, na Polônia, em Montenegro e na República Dominicana, onde defendeu seu último time, o Titanes del Distrito.

Um dos grandes destaques da carreira de Tatum é ter atuou por cinco temporadas na Universidade do Tennessee, que disputa a Southeastern Conference (SEC), uma das conferências mais fortes do basquetebol universitário norte-americano. Em seu último ano na faculdade (temporada 11/12), o ala teve médias de 29,1 minutos, 8,1 pontos, 4,1 rebotes e 2,6 assistências por partida.

Confira alguns momentos de Tatum pelo basquetebol dominicano:

Assim como o novo companheiro de time, Átila também atuou no basquete universitário norte-americano, pela Universidade Minnesota State. O pivô tem longa experiência no NBB CAIXA, com quatro temporadas disputadas, duas pelo Flamengo e outras duas com o Palmeiras. O novo homem de garrafão alvinegro estava no Uruguai, onde defendeu o Vikingos.

Com os dois novos nomes, o Botafogo já tem dez nomes confirmados em seu elenco para temporada. Além dos novos contratados, Jamaal Smith, Arnaldinho, Guga, Bahia, Roberto, Rafinha, Douglas e Coimbra integram o grupo alvinegro.

O NBB CAIXA é uma competição organizada pela Liga Nacional de Basquete (LNB), em parceria com a NBA, e conta com o patrocínio master da CAIXA, os patrocínios da SKY, Nike e Avianca, chancela da Confederação Brasileira de Basketball (CBB) e o apoio do Ministério do Esporte.