#JOGAJUNTO

NBB CAIXA

Guia darodada

26-03-2018 | 07:54
Por Douglas Carraretto

Veja quais são as possibilidades do seu time para a última rodada da fase de classificação do NBB CAIXA 2017/2018

Vencer, perder, torcer e até secar. Quando se trata da última rodada da fase de classificação, vale tudo. Chegou a hora de tirar a calculadora da gaveta e analisar todas as probabilidades já pensando nos playoffs que estão por vir. Na noite desta terça-feira (27/03), todas as equipes – com exceção do Mogi das Cruzes/Helbor – entrarão em quadra às 19h30 para definirem suas posições finais antes do mata-mata do maior campeonato do basquete brasileiro.

No momento, a liderança do NBB CAIXA está entre entre Paulistano/Corpore (1º) e Flamengo (2º). Além disso, estão em jogo a briga pelo quinto lugar entre Sendi/Bauru (5º) e Banrisul/Caxias Basquete (6º), e as definições das posições no “meio” do G-12 entre Banrisul/Caxias Basquete (6º), Universo/Vitória (7º), EC Pinheiros (8º), Minas (9º) e Solar Cearense (10º).

+Tabela de classificação completa da temporada 2017/2018 do NBB CAIXA

Para você saber tudo sobre o último ato da fase classificatória, nós do portal da LNB, em conjunto com o coordenador de estatísticas Constantin Coucolis Jr. (@constan_cjr), analisamos exaustivamente todas as possibilidades e o que cada equipe precisa fazer (e torcer) nesta terça-feira. A partida transmitida da rodada será entre Flamengo e Universo/Vitória, na Arena Carioca 1, no Rio de Janeiro, ao vivo no SporTV.

O NBB CAIXA é uma competição organizada pela Liga Nacional de Basquete (LNB), em parceria com a NBA, e conta com o patrocínio master da CAIXA, os patrocínios da SKY, INFRAERO, Avianca, Nike, Penalty e Wewi e os apoios do Açúcar Guarani e do Ministério do Esporte.

Confira as partidas da última rodada da fase de classificação (27/03):

19h30 – Sesi Franca Basquete x Botafogo
19h30 – Sendi/Bauru x Vasco da Gama
19h30 – Minas Tênis Clube x Solar Cearense
19h30 – Flamengo x Universo/Vitória – ao vivo no SporTV
19h30 – Joinville/AABJ x Campo Mourão
19h30 – Banrisul/Caxias Basquete x Paulistano/Corpore
19h30 – EC Pinheiros x LSB/Uniso

Guia da última rodada:

 

1º – Paulistano/Corpore

Campanha: 24 vitórias e 3 derrotas (88,9% de aproveitamento)

O Paulistano depende somente de si mesmo para confirmar a liderança da fase de classificação do NBB CAIXA. Se bater o Caxias, ficará em primeiro. Se perder, poderá ser ultrapassado caso o vice-líder Flamengo ganhe do Universo/Vitória.

Playoffs: Caso confirme a liderança, terá como adversário nas quartas de final o vencedor da série de oitavas entre o 8º e o 9º colocado, que serão Caxias, Pinheiros, Vitória, Minas ou Solar Cearense.

2º – Flamengo

Campanha: 24 vitórias e 3 derrotas (88,9% de aproveitamento)

Vice-líder do NBB CAIXA, o Flamengo precisa vencer o Universo/Vitória e torcer por um tropeço do líder Paulistano/Corpore para assumir a liderança. Caso contrário, permanecerá em segundo. Mesmo em caso de derrota, não será ultrapassado pelo 3º colocado Sesi Franca, que tem três vitórias a menos (21).

Playoffs: Caso termine com a vice-liderança, o Flamengo terá como adversário nas quartas de final o vencedor da série de oitavas entre o 7º e o 10º colocado, que podem ser Caxias, Pinheiros, Vitória, Minas ou Solar Cearense.

3º – Sesi Franca Basquete

Campanha: 21 vitórias e 6 derrotas (77,8% de aproveitamento)

Qualquer resultado contra o Botafogo não mudará a posição do terceiro colocado Sesi Franca na tabela de classificação. Isso porque a distância tanto para o vice-líder Flamengo quanto para o 4º colocado Mogi das Cruzes/Helbor é a mesma: três vitórias.

Playoffs: O adversário do Sesi Franca Basquete nas quartas de final virá da série de oitavas entre o 6º e o 11º colocado. O 6º lugar ficará entre Bauru, Caxias, Vitória ou Pinheiros, enquanto o 11º lugar já é do Vasco da Gama.

4º – Mogi das Cruzes/Helbor

Campanha: 18 vitórias e 8 derrotas (69,2% de aproveitamento)

Devido ao Final Four da Liga das Américas 2018 disputado neste final de semana, em Buenos Aires (ARG) o Mogi das Cruzes/Helbor entrará em quadra somente na quinta (29/03) e na sexta-feira (30), contra EC Pinheiros e LSB/Uniso, respectivamente.

Assim como o Sesi Franca, o Mogi também não terá sua posição alterada mesmo se perder seus dois últimos compromissos.

Playoffs: O adversário do Mogi nas quartas de final virá do confronto entre o 5º e o 12º colocado. O quinto lugar ficará entre Bauru e Caxias, enquanto que o 12º lugar já é do Botafogo.

5º – Sendi/Bauru Basket

Campanha: 16 vitórias e 11 derrotas (59,3% de aproveitamento)

Sem chances de ir ao G-4, o Bauru entrará em quadra pela manutenção do 5º lugar e só depende de si mesmo para concretizar sua posição. Se vencer, ficará em 5º. Se perder, poderá cair para 6º caso o Caxias vença o líder Paulistano.

Playoffs: Caso o 5º lugar seja confirmado, o Bauru terá como adversário nas oitavas de final o Botafogo, garantido na 12ª colocação. Se cair para o 6º lugar, o rival será o 11º colocado Vasco da Gama, seu adversário na última rodada da fase de classificação.

6º – Banrisul/Caxias Basquete

Campanha: 15 vitórias e 12 derrotas (55,6% de aproveitamento)

Na melhor campanha de sua história no NBB CAIXA, o Caxias tem duas missões: chegar ao 5º lugar e/ou não ser ultrapassado pelas equipes que vêm de trás (Vitória e Pinheiros).

Para ficar em 5º, precisa bater o líder Paulistano e ainda torcer por um tropeço do Bauru contra o Vasco da Gama. Caso não aconteça, uma vitória sobre o CAP os manterá no 6º lugar.

Já em caso de derrota para o Paulistano, existem quatro possibilidades:

– Permanece em 6º em caso de derrotas de Vitória e Pinheiros
– Cai para 7º em caso de triunfo do Vitória e pelo menos uma derrota do Pinheiros
– Cai para 7º em caso de derrota do Vitória e dois triunfos do Pinheiros
– Cai para 8º em caso de triunfo do Vitória e dois triunfos do Pinheiros (tríplice empate)

Playoffs: Se subir para o 5º lugar, o Caxias enfrentará o 12º colocado Botafogo nas oitavas de final. Se permanecer em 6º, o adversário será o 11º colocado Vasco da Gama. Já em caso de queda para o 7º lugar, enfrentará o 10º colocado, que será Solar Cearense, Minas ou Pinheiros. E por fim, se cair para 8º, medirá forças com o 9º colocado, que também podem ser Solar Cearense ou Minas.

7º – Universo/Vitória

Campanha: 14 vitórias e 13 derrotas (51,9% de aproveitamento)

Semifinalista da última temporada, o Vitória entrará em quadra mirando o 6º lugar. Para isso, precisará vencer o vice-líder Flamengo e ainda torcer por um tropeço do Caxias contra o líder Paulistano e também que o Pinheiros perca pelo menos um de seus dois jogos restantes. Caso o Pinheiros vença seus dois últimos jogos, o rubro-negro permanecerá em 7º. No entanto, se o Caxias vencer o Paulistano, a equipe baiana permanecerá em 7º, podendo ainda cair para o 8º lugar caso o Pinheiros vença suas duas partidas restantes.

Já em caso de derrota do Vitória para o Flamengo, existem três possibilidades:

– Permanece em 7º caso o Pinheiros perca suas duas últimas partidas
– Cai para 8º se o Pinheiros ganhar pelo menos uma das duas partidas restantes

Playoffs: Se permanecer no 7º lugar, o Vitória enfrentará o 10º colocado nas oitavas de final, que pode ser Solar Cearense, Minas ou Pinheiros. Se cair para 8º, medirá forças com o 9º colocado, que também podem ser Solar Cearense, Minas ou Pinheiros.

8º – EC Pinheiros

Campanha: 13 vitórias e 13 derrotas (50% de aproveitamento)

O Pinheiros terá mais dois jogos por fazer na fase de classificação, contra dois adversários que já têm suas posições definidas na tabela: o quarto colocado Mogi e a lanterna e já rebaixada Liga Sorocabana.

Atual oitavo colocado, o Pinheiros pode tanto subir para 6º quanto cair para 10º. Para subir duas posições, precisará vencer as duas partidas e torcer por uma derrota do Caxias para o líder Paulistano. No entanto, mesmo se vencer as duas, subirá apenas para 7º caso Caxias supere o Paulistano.

Se ganhar somente um dos jogos, existem quatro possibilidades:

– Sobe para 7º em caso de derrotas do Vitória para o Flamengo e também do Minas para o Solar Cearense
– Permanece em 8º em caso de triunfo do Vitória sobre o Flamengo e derrota do Minas para o Solar Cearense
– Cai para 9º em caso de vitórias de Vitória e Minas ou em caso de derrota do Vitória e vitória do Minas

Já em caso de derrotas nas duas partidas, existem duas possibilidades:

– Cai para 10º se o Basquete Cearense vencer o Minas
– Cai para 9º se o Minas vencer o Basquete Cearense

Playoffs: Se terminar em 6º, o Pinheiros enfrentará o 11º colocado Vasco da Gama nas oitavas de final. Se ficar em 8º, medirá forças contra o 9º, que pode ser Solar Cearense ou Minas. Já em caso de queda para 9º, enfrentará o dono do 8º lugar, que ficará entre Caxias, Solar Cearense ou Minas. E se cair para 10º, desafiará o 7º colocado, que pode ser Vitória ou Caxias.

9º – Minas Tênis Clube

Campanha: 13 vitórias e 14 derrotas (48,1% de aproveitamento)

O Minas Tênis Clube é uma das únicas equipes que terá um confronto direto na última rodada: o 10º colocado Solar Cearense. O objetivo principal da equipe mineira é subir para 7º ou 8º e adquirir o mando de quadra nas oitavas de final.

Para isso acontecer, o Minas precisa vencer o Carcará e contar com algumas combinações de resultados de Vitória (7º) e Pinheiros (8º) para saber sua posição. Portanto, em caso de vitória nesta terça-feira, as possibilidades são as seguintes:

– Sobe para 7º se o Vitória perder para o Flamengo e o Pinheiros perder pelo menos um de seus jogos contra LSB e Mogi
– Sobe para 8º se o Vitória vencer o Flamengo e o Pinheiros perder pelo menos um de seus jogos contra LSB e Mogi
– Sobe para 8º se o Vitória perder para o Flamengo e o Pinheiros perder seus dois jogos
– Permanece em 9º se o Vitória vencer o Flamengo e o Pinheiros vencer seus dois jogos
– Permanece em 9º se o Vitória perder para o Flamengo e o Pinheiros vencer seus dois jogos

Já em caso de derrota para o Solar Cearense, as possibilidades do Minas são as seguintes:

– Cairá para 10º se o Pinheiros ganhar pelo menos um de seus dois jogos restantes
– Permanece em 9º se o Pinheiros perder seus dois jogos restantes

Playoffs: Se o Minas de fato subir para 7º, terá o mando de quadra nas oitavas de final contra o 10º colocado, que poderá ficar também com Solar Cearense ou Pinheiros. Se subir para 8º, terá pela frente o 9º colocado, que neste caso seria o Pinheiros. Se permanecer em 9º, enfrentará o dono do oitavo lugar, que ficará entre Caxias, Pinheiros e Vitória. E por fim, se cair para 10º, o adversário nas oitavas será o 7º colocado, que também poderá ficar entre Caxias, Vitória ou Pinheiros.

10º – Solar Cearense

Campanha: 12 vitórias e 15 derrotas (44,4% de aproveitamento)

Em franca ascensão no NBB CAIXA, o Solar Cearense pode terminar a fase de classificação até na oitava colocação caso vença o confronto direto contra o Minas Tênis Clube (9º). Para isso acontecer, o Carcará precisa, além de vencer o Minas, torcer para o Pinheiros (8º) perder seus dois últimos compromissos, contra Mogi (4º) e LSB (15º).

Se o Pinheiros ganhar um dos duelos, o time do técnico Alberto Bial subiria apenas para 9º. Já em caso de derrota para o Minas, a equipe permanecerá em 10º.

Playoffs: Se subir para 8º, o Carcará terá o mando de quadra na série de oitavas de final contra o 9º colocado, que neste caso será o Minas. Se subir para 9º, medirá forças com o 8º colocado, que poderá ser Vitória ou Pinheiros. Se permanecer em 10º, o adversário será o dono do 7º lugar, que ficará entre Caxias, Vitória, Pinheiros ou Minas.

11º – Vasco da Gama

Campanha: 11 vitórias e 16 derrotas (40,7% de aproveitamento)

Qualquer resultado na partida contra o Bauru não alterará a posição do Vasco da Gama. Mesmo em caso de vitória, a equipe vascaína não conseguirá ultrapassar o 10º colocado Solar Cearense devido à desvantagem no desempate com o mesmo.

Já em caso de derrota, a posição permanecerá a mesma, já que o 12º colocado Botafogo FR tem quatro vitórias a menos que o clube de São Januário.

Playoff: O adversário do Vasco da Gama nas oitavas de final será o sexto colocado na classificação, que pode ser Bauru, Caxias, Vitória ou Pinheiros.

12º – Botafogo

Campanha: 7 vitórias e 20 derrotas (25,9% de aproveitamento)

Garantido nos playoffs de seu primeiro NBB CAIXA, o Botafogo não terá sua posição alterada independentemente do resultado contra o Sesi Franca. Embora a distância para o 13º colocado Joinville seja de apenas uma vitória, a equipe carioca possui vantagem em um possível empate contra os catarinenses e por isso não correm riscos de ser ultrapassada. A diferença para o 11º colocado Vasco da Gama também é inalcançável nesta altura do campeonato: quatro vitórias.

Playoffs: O Botafogo terá como adversário nas oitavas de final o 5º colocado, que será Bauru ou Caxias.

13º – Joinville/AABJ

Campanha: 6 vitórias e 21 derrotas (22,2% de aproveitamento)

Sem chances de entrar no G-12 e nem de rebaixamento, o Joinville apenas cumprirá tabela diante do já rebaixado Campo Mourão (13º). Se vencer os paranaenses, a equipe catarinense poderá igualar a campanha do 12º colocado Botafogo em caso de derrota dos cariocas para o Sesi Franca Basquete, porém, não o ultrapassará devido à desvantagem no desempate.

14º – Campo Mourão

Campanha: 4 vitórias e 23 derrotas (14,8% de aproveitamento)

O Campo Mourão Basquete teve seu rebaixamento decretado na rodada deste domingo (25/03) com a derrota para o Caxias, fora de casa. Se tivesse vencido, entraria na rodada final para um duelo de vida ou morte contra o Joinville. Quem vencesse, se salvaria do rebaixamento. Agora, independentemente do resultado, sua não terá sua posição alterada, até mesmo em caso de vitória da lanterna e também rebaixada Liga Sorocabana sobre o Pinheiros.

15º – LSB/Uniso

Campanha: 3 vitórias e 24 derrotas (11,5% de aproveitamento)

A Liga Sorocabana teve seu rebaixamento decretado com três rodadas de antecedência. Última colocada, a equipe do técnico Rinaldo Rodrigues fará sua última partida na fase de classificação contra o EC Pinheiros apenas para cumprir tabela, pois qualquer resultado não mudará sua posição na tabela de classificação do NBB CAIXA.