#JOGAJUNTO

NBB CAIXA

Deu Jaú

14-06-2018 | 01:08
Por Liga Nacional de Basquete

Figura imprescindível para o Bauru na temporada, Gabriel Jaú conquista prêmio de Destaque Jovem

Após uma temporada iluminada, Gabriel Jaú é o Destaque Jovem do NBB CAIXA 17/18. Aos 19 anos de idade, o ala/pivô foi um dos pilares do elenco bauruense ao longo da décima edição da competição e corou seu campeonato com o prêmio, recebido nesta quarta-feira (13/06), na festa de premiação do NBB CAIXA, realizada em São Paulo (SP).

“Eu acho que meu empenho foi reconhecido, principalmente agora com este prêmio. Poder participar dessa premiação na minha primeira temporada sendo efetivo na equipe é importante para mim e importante para minha carreira. Isso mostra que eu pude ajudar o Bauru naquilo que o time necessitava. Essa conquista só me dá motivação para poder evoluir mais”, declarou Jau.

Parte do elenco bauruense no NBB CAIXA 16/17, Jaú ganhou grande destaque, de fato, nos playoffs. Com atuações importantes, como no Jogo 2 contra o Brasília (17pts), Jogo 5 contra o Pinheiros (11pts e 4reb) e Jogo 3 das Finais contra o Paulistano (11pts e 5reb), o camisa 25 foi fundamental na campanha do Dragão, que culminou com o título inédito da competição.

Com esta evolução já sentida ao longo dos playoffs, o ala/pivô ganhou mais espaço no elenco comandado por Demétrius Ferracciú para esta temporada. De 7,1 minutos de média na fase de classificação passada, Jaú saltou para 17,4 nesta e, nos playoffs, teve 26,0, ficando abaixo apenas de Rafael Hettsheimeir, com 34,1 MPJ, e Kendall Anthony, com 31,0 MPJ, no elenco bauruense (Alex Garcia teve 27,8 MPJ, mas atuou apenas em uma partida dos playoffs).

Com evolução extraordinário de uma temporada para a outra, Jaú se tornou nome fundamental no elenco bauruense (Luiz Pires/LNB)

Os números de Jaú não saltaram apenas nos minutos. De 4,0 pontos, 2,7 rebotes, 0,4 assistência e 5,1 de eficiência, o ala/pivô subiu para 7,4 pontos, 4,8 rebotes, 1,6 assistências e 10,6 de eficiência de média nesta temporada. Nos playoffs, os números do camisa 25 ainda foram melhores, com 8,8 pontos, 6,3 rebotes, 2,3 assistências e 12,3 de eficiência ao longo de 12 atuações.

“Foi uma satisfação poder concorrer neste prêmio com o Yago e o Gui Bento. Foram meus amigos de time, o Yago em 2013, no Palmeiras, o Gui em 2015, no Bauru. Eu vejo que isso é importante tanto para mim quanto para eles, demonstrando que estamos evoluindo e que podemos ajudar cada vez mais o basquete brasileiro”, completou o ala/pivô.

Infelizmente para Jaú e o para o torcedor bauruense, o time do interior paulista não conseguiu repetir o feito do NBB CAIXA 16/17 e acabou caindo ao longo dos playoffs. Após eliminar o Vasco (3 a 1) e o Franca (3 a 0), o Bauru acabou superado pelo rival da decisão passada, o Paulistano, por 3 a 2, em uma série emocionante.

Com a conquista do prêmio de Destaque Jovem, Jaú se juntou a um grupo formado por: Raulzinho (09/10), Vitor Benite (10/11), Gui Deodato (11/12), Ricardo Fischer (12/13), Henrique Coelho (13/14), Deryk Ramos (14/15), Lucas Dias (15/16) e Alexey (16/17).

O NBB CAIXA é uma competição organizada pela Liga Nacional de Basquete (LNB), em parceria com a NBA, e conta com o patrocínio master da CAIXA, os patrocínios da SKY, INFRAERO, Avianca, Nike, Penalty e Wewi e os apoios do Açúcar Guarani e do Ministério do Esporte.