#JOGAJUNTO

NBB CAIXA

Novidadesdo mercado

25-06-2018 | 06:16
Por Liga Nacional de Basquete

Bauru, Mogi e Vasco anunciam contratações e renovações atletas para temporada 2018/2019

O mercado do NBB CAIXA segue movimentado. No último final de semana, Sendi/Bauru Basket, Mogi das Cruzes/Helbor e Vasco da Gama confirmaram contratações e renovações para a próxima temporada e deram sequência à montagem de seus elencos.

+Vai e Vem: veja todas as transferências oficiais do mercado do NBB CAIXA

O NBB CAIXA é uma competição organizada pela Liga Nacional de Basquete (LNB), em parceria com a NBA, e conta com o patrocínio master da CAIXA, os patrocínios da SKY, INFRAERO, Avianca, Nike, Penalty e Wewi e os apoios do Açúcar Guarani e do Ministério do Esporte.

Bauru

O álbum de figurinhas do Dragão ganhou mais um novo rosto. Trata-se do ala Gustavo Basílio, de 27 anos, vindo do Vasco da Gama. O jogador, nascido em São Paulo (SP), teve passagens por São José e Pinheiros antes de defender a equipe cruzmaltina.

Na última temporada, Gustavo foi um dos grandes destaques vascaínos no NBB CAIXA e teve médias de 9,6 pontos, 2,8 rebotes e 2,1 assistências em 25,7 minutos em quadra – terceiro maior do time.

Curiosamente, um dos principais momentos do atleta na temporada foi justamente em uma partida contra o Bauru, no Jogo 2 da série de oitavas de final. Na ocasião, o atleta registrou 20 pontos (8/9 nos arremessos de quadra) e foi responsável pela bola de 3 pontos da vitória no estouro do cronômetro.


“Acho que é o desejo de todo jogador estar em um time grande e que sempre vem brigando por títulos. Estou muito feliz e ansioso para vestir a camisa do Bauru e poder dar meu máximo e trazer ainda mais alegrias para a torcida, que é incrível”, declarou Gustavo Basílio.

Agora, o elenco do Bauru é formado pelos armadores Larry Taylor (ex-Mogi) e Cauê Verzola (ex-Caxias), os alas/armadores Gui Santos e o argentino Enzo Ruiz (ex-Quilmes-ARG), o ala Alex Garcia, o ala/pivô Gabriel Jaú e o pivô Lucas Mariano (ex-Vasco).

“Estou feliz em poder trabalhar com jogadores como Larry e Alex. Já tenho uma amizade com o Larry, e o Alex é um dos jogadores no qual me espelho por termos características parecidas, então, espero ganhar muito com ele ao lado. Além do Demétrius, que hoje é um dos melhores técnicos do Brasil e será uma honra trabalhar com ele nessa temporada”, completou o novo reforço do Dragão.

Mogi

Já o Mogi das Cruzes/Helbor, atual vice-campeão do NBB CAIXA e da Liga das Américas, confirmou mais seis atletas para a próxima temporada, sendo quatro renovações e duas novas contratações.

As novidades ficam por conta do armador argentino Enzo Cafferata, ex-Banrisul/Caxias Basquete no último NBB CAIXA, e o ala/pivô Luis Gruber, vindo do Sesi Franca Basquete.

Um dos grandes destaques do time caxiense na última temporada, Cafferata, de 30 anos, registrou sólidas médias de 9,3 pontos, 2,2 rebotes e 2,1 assistências.

No Brasil, Cafferata teve passagens por Minas, Basquete Osasco e Liga Sorocabana. Ele defendeu o NBB Mundo no Jogo das Estrelas 2017 e, na edição anterior do NBB CAIXA, concorreu ao troféu de Melhor Sexto Homem da temporada.

“Espero fazer uma temporada boa, de superação constante e também somar a essa mentalidade que o time tem de brigar por coisas importantes. Tem um líder no banco que é o Guerrinha e jogadores experientes e inteligentes, como Shamell, como Filipin, que é bom fora e dentro de quadra, e Fabricio, que joga com intensidade. A expectativa é muito grande”, disse Cafferata.


Luis Gruber, por sua vez, defenderá seu quinto clube diferente no NBB CAIXA – passou por Joinville, Uberlândia, Paulistano, Basquete Cearense e Sesi Franca, este seu último time. Na temporada anterior, o jogador de 33 anos acumulou médias de 9,0 pontos e 3,9 rebotes.

“Fiquei muito feliz em ter acertado com o Mogi. Venho há alguns anos conversando com o Guerrinha e neste ano vou ter a oportunidade de trabalhar com ele. Nas últimas temporadas, o Mogi já comprovou que virou um clube gigante no cenário nacional, sempre disputando títulos e jogando competições internacionais há alguns anos. Isso faz com que a cidade, que já é amante do basquete, fique ainda mais apaixonada. É uma responsabilidade muito grande defender essa camisa, mas, ao mesmo tempo, um sentimento muito bom, gostoso, de representar essa cidade que respira o basquete e quer mais. Estou muito feliz, concentrado e focado nos objetivos que estão sendo propostos para esta temporada. Teremos três competições, o Paulista, o NBB e a Liga das Américas, e, sem dúvida, jogar pelo Mogi é querer brigar pelo topo em todas”, declarou Gruber.

Já os atletas renovados da equipe mogiana foram os experientes Guilherme Filipin e Fabrício e os garotos Lessa e Zé Carlos. Antes, a equipe também havia estendido o vínculo do ala Shamell e do técnico Guerrinha.

Aos 34 anos, Filipin vai para sua sexta temporada na equipe mogiana. O ala nascido em São Paulo (SP) é um dos principais chutadores do campeonato e, na última edição do NBB CAIXA, teve 37% de aproveitamento nas bolas de 3.

Por sua vez, Fabrício foi uma das gratas surpresas do Mogi na temporada e cresceu muito na reta final do NBB CAIXA. Muito voluntarioso, ele se destacou nos momentos mais cruciais da temporada e foi titular na maioria das partidas das Finais.

Já Guilherme Lessa, de 22 anos, é natural de Mogi das Cruzes e foi responsável por levantar a taça de vice-campeão do NBB CAIXA. Zé Carlos, de apenas 20 anos, é dono de um grande pontecial e mostrou que pode render bons frutos ao time.

Vasco da Gama

Um dos times mais ativos no mercado, o Vasco da Gama confirmou mais dois nomes para a próxima temporada. Trata-se do pivô Lupa, ex-Pinheiros, e do jovem armador Alexei, único remanescente da equipe da edição anterior do NBB CAIXA.

Luiz Paulo Cecílio dos Santos, o “Lupa”, tem 28 anos 2,05m de altura, e defenderá sua quarta equipe diferente no NBB CAIXA – passou por Liga Sorocabana, Macaé e Pinheiros, além de uma curta aparição no Basquete Osasco no Campeonato Paulista.

Lupa defendeu o Pinheiros na última temporada (João Pires/LNB)

O pivô, que se destaca pela dedicação e raça, teve médias de 5,2 pontos e 4,3 rebotes na edição passada do nacional, em que o time pinheirense foi até as oitavas de final e acabou eliminado pelo Solar Cearense.

Já o armador Alexei, de 21 anos, é o único remanescente em relação ao elenco da temporada anterior. O garoto foi contratado com o NBB CAIXA 2017/2018 em andamento e acumula no currículo passagens por Joinville, Macaé Basquete e Basquete Curitiba (LDB).

Por enquanto, o elenco do Vasco, que será comandado pelo técnico Alberto Bial, é formado pelos armadores Vithinho Lersch (ex-Mogi), Juliano Armani (ex-Solar Cearense) e Alexei, o ala/armador norte-americano Joshua Freelove, os alas Desmond Holloway e Gemerson e o pivô Lupa (todos ex-Pinheiros).

Minas

O Minas também acertou a renovação de mais um atleta para seu elenco: o ala/armador Jefferson Campos. Um dos destaques da equipe no NBB CAIXA anterior, o atleta teve médias de 10,5 pontos e 2,6 assistências.

Aos 27 anos, Jefferson irá para sua segunda temporada com a camisa do clube minastenista. Em toda a história do NBB CAIXA, ele acumula passagens por Paulistano, Vila Velha, Suzano, Mogi, Pinheiros e Brasília.

“Estou muito feliz por poder renovar com o Minas, que me recebeu de braços e com portas abertas. Vou poder dar continuidade ao trabalho, junto com os caras da base do ano passado, que são o Wesley e o Gegê, junto com o Espiga (técnico) e toda a comissão técnica, que me deu todo o suporte necessário para que eu fizesse uma boa temporada”, disse Jefferson.

“A expectativa para a próxima temporada segue a mesma linha de raciocínio, que é fazer um trabalho forte. Agora será com mais confiança ainda, por conhecer a filosofia do técnico. Com trabalho duro todos os dias podemos ir mais longe ainda, mas precisamos ter humildade para reconhecer os pontos fracos e fortalecer cada vez mais os pontos fortes. O trabalho duro vai ser a base de tudo”, completou o jogador.

Até o momento, o Minas confirmou as renovações do armador Gegê, líder em assistências do último NBB CAIXA, e do ala/pivô Wesley Castro, eleito Jogador Que Mais Evoluiu da competição. Além disso, contratou também o ala/pivô Alexandre Paranhos, ex-Caxias.