#JOGAJUNTO

NBB CAIXA

MVP! MVP! MVP!

11-06-2016 | 06:23
Por Liga Nacional de Basquete

Um dos grandes destaques da série e dono de ótima atuação no Jogo 5, ala/pivô Olivinha, do Flamengo, é eleito o MVP das Finais do NBB CAIXA 15/16

O MVP das Finais do NBB CAIXA 2015/2016 não poderia ser ser outro personagem. Um dos jogadores mais aclamados pela torcida rubro-negra e peça crucial no elenco do Flamengo, campeão de tudo que disputou nas últimas temporadas, o ala/pivô Olivinha foi nomeado o jogador mais valioso da série decisiva do principal campeonato de basquete do Brasil.

Dono de média de 12,5 pontos e 7,2 rebotes durante a série que durou cinco partidas, Olivinha foi o personagem principal do triunfo do Flamengo sobre a equipe bauruense no Jogo 5, por 100 a 66, que sacramentou clube carioca como pentacampeão do NBB CAIXA. Na ocasião, Olivinha fechou a partida com 22 pontos, nove rebotes e 27 pontos de eficiência.

“Estou muito feliz por conquistar esse troféu de MVP. Tenho que compartilhar esse prêmio com todo o grupo. Todos me ajudaram muito e sem meus companheiros eu não teria como ficar com esse troféu. Pude fazer grandes jogos nessas Finais e ajudar o Flamengo a conquistar mais um título”, disse o MVP das Finais do NBB CAIXA 2015/2016.

“Eu também agradeço de coração o apoio de todos os torcedores do Flamengo. Eles são nosso sexto jogador em quadra. Tentamos representar essa torcida linda da melhor maneira possível. Fico muito feliz que estamos conseguindo mostrar em quadra nosso potencial e estamos conseguindo resultados históricos”, completou Olivinha.

O camisa 16 rubro-negro já mostrou que seria um dos protagonistas do Flamengo na série Final do NBB CAIXA logo na primeira partida do confronto contra a equipe do interior. No Ginásio Neusa Galetti, em Marília (SP), Olivinha foi o cestinha da vitória carioca pelo placar de 83 a 77, ao fechar o jogo com 16 pontos.

Nas duas partidas seguintes, ambas realizadas em solo carioca, Olivinha não conseguiu repetir a grande atuação do Jogo 1, mas mesmo assim contribuiu muito bem, com oito pontos e dez rebotes no Jogo 2 e com quatro tentos e seis sobras na 3ª partida da série.

O ala/pivô tetracampeão do NBB CAIXA voltou a ser protagonista do Flamengo no Jogo 4, novamente em jogo realizado no interior do Estado de São Paulo. Dominante dentro da área pintada, Olivinha saiu de quadra com 14 pontos anotados, seis rebotes recuperados e um total de 18 pontos de eficiência.

Dono do primeiro arremesso certeiro da partida, Olivinha fez a Arena Carioca 2, no Rio de Janeiro (RJ), já explodir nos primeiros segundos da partida de vida ou morte da Final do NBB CAIXA. Dono de dez pontos e três rebotes, o camisa 16 rubro-negro comandou sua equipe a vencer o 1º quarto (21 a 17). Mesmo em pouco tempo na quadra durante o 2º período, Olivinha se manteve quente e somou mais quatro pontos e dois rebotes para sua atuação.

Na segunda etapa, quando a equipe carioca deslanchou no placar e assegurou o triunfo que lhe garantiu o quinto título na história do NBB CAIXA e o quarto de forma consecutiva, o ala/pivô de 33 anos anotou mais oito pontos e fechou a partida com grande desempenho. Além disso, nos 33 minutos que esteve em quadra, o Flamengo de Olivinha anotou 37 pontos a mais que o Bauru, o maior +/- da partida derradeira da temporada 2015/2016 do NBB CAIXA.

“Ser pentacampeão do NBB CAIXA, com direito a quatro conquistas seguidas, está longe de ser fácil. Temos que aproveitar esse momento especial, comemorar muito nossa conquista pois isso que fizemos é histórico e merecemos isso por todo o trabalho feito”, disse Olivinha.

Assim como Gegê, Marcelinho Machado, Marquinhos e o comandante José Neto, Olivinha esteve presente nas quatro conquistas seguidas do Flamengo no NBB CAIXA, aumentou mais ainda seu currículo vitorioso na história do basquete brasileiro e foi condecorado com o prêmio de melhor jogador das Finais.

Olivinha já havia sido peça crucial do título do Flamengo na edição passada do NBB CAIXA contra o mesmo Bauru. Dono de respectivos desempenhos de 15 pontos e sete rebotes no primeiro jogo e 17 tentos e oito sobras na segunda partida, Carlos Alexandre Rodrigues do Nascimento ficou entre os principais protagonistas do título rubro-negro na temporada 2014/2015

“Pode-se dizer que meu prêmio de MVP das Finais veio com atraso (risos). Ano passado tinha até alguns companheiros me parabenizando, mas não aconteceu e o prêmio acabou ficando com o Nico (Laprovittola). Mas o mais importante é que aconteceu título ano passado e esse ano de novo. Isso é o que mais importa”, finalizou Olivinha.

O NBB CAIXA é uma competição organizada pela Liga Nacional de Basquete (LNB), em parceria com a NBA, e conta com o patrocínio master da CAIXA, o patrocínio da SKY e o apoio do Ministério do Esporte, Avianca e Spalding.