#JOGAJUNTO

Mais basquete / NBB CAIXA

NBB no topo!

10-12-2015 | 02:03
Por Liga Nacional de Basquete

Com conquista do Brasília, basquete brasileiro conquista 6º título consecutivo e mantém hegemonia continental; Mogi garante vaga na Liga das Américas

Comemoração do Brasília

Título do Brasília deu ao NBB seu 3º título seguido da Liga Sul-Americana, e basquete brasileiro manteve hegemonia continental (Jose Jimenez Tirado/FIBA Americas)

O basquete brasileiro está, de fato, sobrando em nível continental. Nesta quarta-feira, o UniCEUB/Cartão BRB/Brasília sagrou-se campeão da Liga Sul-Americana 2015 ao superar os argentinos do San Martín de Corrientes, por 2 a 0 na série melhor de três, e acrescentou mais um título internacional na conta do NBB, o terceiro sul-americano de maneira consecutiva e sexto seguido no geral das competições latino-americanas.

Anteriormente, o próprio Brasília levantou o troféu do torneio da América do Sul em 2013, e o Paschoalotto/Bauru foi o campeão em 2014. Considerando também a Liga das Américas, principal torneio interclubes do continente, o NBB estende ainda mais seu domínio continental, tendo em vista que conquistou também as três últimas edições: EC Pinheiros (2013), Flamengo (2014) e Paschoalotto/Bauru (2015).

+Clique aqui e saiba como foi o jogo do tricampeonato do Brasília na Sul-Americana

De quebra, o Brasília acrescentou seu terceiro título da Liga Sul-Americana à sua galeria de troféus. Além disso, o esquadrão do Planalto Central ultrapassou o Vasco da Gama (RJ) e se tornou o brasileiro com maior números de conquistas deste torneio, que é disputado desde 1996. De quebra, o time candango se igualou ao tricampeão Atenas de Córdoba (ARG) como maior campeão da história da competição.

Com título do Brasília, Mogi conquistou vaga na Liga das Américas 2016 (Jose Jimenez Tirado/FIBA Americas)

Com título do Brasília, Mogi conquistou vaga na Liga das Américas 2016 (Jose Jimenez Tirado/FIBA Americas)

Para completar a festa, Brasil terá quatro representantes na próxima edição da Liga das Américas. Além do atual campeão Paschoalotto/Bauru, do campeão Flamengo e do agora dono do título da Liga Sul-Americana 2015 Brasília, o basquete brasileiro será representado na Libertadores do Basquete também pelo Mogi das Cruzes/Helbor.

Com a retirada do Limeira do cenário do basquete, uma nova vaga para brasileiros foi aberta na Liga das Américas. Desta forma, foi decidido que o dono desta nova vaga viria da Liga Sul-Americana e ficaria com o clube do NBB mais bem colocado no torneio.

Como o Brasília foi o campeão e ficou com a vaga automática do dono do título, o lugar reservado para o time verde-amarelo de melhor campanha na Liga Sul-Americana ficou com o Mogi, que terminou a fase semifinal na terceira colocação do Grupo F e foi o segundo brasileiro mais bem colocado na competição.

Confira os títulos dos clubes do NBB nas últimas edições dos torneios continentais:

 – Liga Sul-Americana

2013 – UniCEUB/Cartão BRB/Brasília – Campeão
2014 – Paschoalotto/Bauru – Campeão
2015 – UniCEUB/Cartão BRB/Brasília – Campeão

– Liga das Américas

2013 – EC Pinheiros – Campeão
2014 – Flamengo – Campeão
2015 – Paschoalotto/Bauru – Campeão

– Copa Intercontinental (Mundial de Clubes)

2013 – EC Pinheiros – Vice-campeão
2014 – Flamengo – Campeão
2015 – Paschoalotto/Bauru – Vice-campeão