#JOGAJUNTO

LDB

Palmas merecidas!

Rio do Sul / Projeto Escola Basquete PEB 52
x
76 Ginástico / Olympico GIN
17
1ºQ
X
14
9
2ºQ
X
14
18
3ºQ
X
20
8
4ºQ
X
28

Arena Olímp. São Seb. Paraíso

2 de setembro de 2016

Com grande desempenho no último quarto, Ginástico vence Rio do Sul, conquista terceira vitória em três jogos e garante classificação à Série Ouro da LDB 2016

DOCUMENTOS:
52
X
76
52
PTS
76
9
A3C
3
8
A2C
27
9
LLC
13
29
RT
55
14
ASS
18

Pts: Pontos RT: Rebotes ASS: Assistências A3C: Arremessos de três certos A2C: Arremessos de dois certos LLC: Lances livres certos
(*) Colocação refere-se a rodada em que esta partida foi realizada

O Ginástico/Olympico está classificado para a Série Ouro da LDB 2016. O time mineiro venceu o Rio do Sul/Projeto Escola Basquete (SC), pelo placar de 76 a 52, nesta sexta-feira (02/09), manteve os 100% de aproveitamento no Grupo B e garantiu um lugar na fase decisiva do maior campeonato de base do basquete nacional.

Põe na conta: Ao somar sua terceira vitória em três jogos disputados na chave disputada em São Sebastião do Paraíso (MG), o Ginástico assegurou sua passagem para o hexagonal final da LDB 2016. Neste sábado, a equipe fechará sua campanha na primeira fase diante do também invicto Sesi-SP/Franca Basquete, às 17 horas (de Brasília).

Fala aí: “Temos a condição de ser primeiro desse grupo e isso já me deixa feliz. É lógico que já cumprimos nosso objetivo, mas um triunfo amanhã nos dará ainda mais moral para nossa equipe. Confio na capacidade atlética e técnica desse time e acho que podemos brigar pelo título”, disse o técnico Jefferson Teixeira, do Ginástico.

Trio eficiente: Três jogadores lideraram a vitória do Ginástico e juntos acumular 60,5% dos pontos e 45,4% dos rebotes da equipe durante a partida. Junio Duval foi o cestinha do jogo, com 18 pontos e ainda garantiu sete rebotes, Alef apareceu bem com 15 pontos e nove rebotes, enquanto que o pivô Lucão contribuiu com 13 pontos e nove rebotes.

Teve mais: Dois dos destaques do Ginástico, Junio e Alef também se destacaram em outras duas estatísticas. Duval colecionou quatro assistências e três bolas recuperadas, enquanto que seu companheiro somou os mesmos quatro passes decisivos e três roubos de bola. Os dois tiveram as maiores marcas de eficiência da partida, com 23 e 24, respectivamente.

Ala Junio Duval teve grande participação em mais uma vitória do Ginástico (João Pires/LNB)

Ala Junio Duval teve grande participação em mais uma vitória do Ginástico (João Pires/LNB)

Momento decisivo: O jogo chegou para o último quarto equilibrado, com o Ginástico vencendo por apenas quatro pontos (49 a 45). Mas logo no começo da parcial final o time mineiro “matou” o jogo. Com ótimas aparições de Junio e Lucão, o clube de Belo Horizonte emplacou uma sequência de 12 a 1, colocou sua vantagem na casa dos dois dígitos e não deu mais chances ao Rio do Sul. A vitória parcial dos mineiros no quarto período foi de 28 a 8.

Fala aí: “O Rio do Sul, apesar de ainda não ter vencido, é um time de muita qualidade. Eles ganharam três quartos do Minas e sabíamos que o jogo não seria fácil. Eles tiveram méritos de encontrar espaços na nossa defesa por zona, mas no último quarto conseguimos encaixar nosso estilo de jogo de transição e vencemos”, disse o comandante mineiro Jefferson.

Números comprovam: Com uma equipe muito mais alta, o Ginástico dominou completamente os rebotes. Só em seu ataque, o time mineiro conseguiu 22 sobras. No total foram 55 rebotes para o time vencedor e apenas 29 para os catarinenses.

Agora é Série Prata: Primeira equipe a fechar sua participação na primeira fase, o Rio do Sul disputará agora a Série Prata da competição Sub-22. Ainda sem nenhuma vitória, o time catarinense enfrentará todos os outros quatro times que não se qualificarem para a Série Ouro.

Fala aí: “Nosso time ainda está se adaptando à LDB. Muitos dos nossos jogadores nunca tin ham estado aqui antes e isso faz diferença. Temos um time baixo e hoje acho que acabamos cansando no fim. De qualquer forma temos lições tanto pro lado positivo quanto pro negativo que vamos levar desses quatro jogos para a disputa da Série Prata”, disse o ala/pivô Otávio, um dos destaques do Rio do Sul nesta sexta, com 11 pontos.

Agora sim: O Rio do Sul, enfim, conseguiu ter um bom rendimento no primeiro quarto. Após sofrer na parcial inicial nos duelos anteriores, o time catarinense teve boa atuação nos dez primeiros minutos de jogo. O Ginástico até saiu na frente (10 a 5), mas com bons lances de Otávio e Sulhy, os representantes do Sul do País viraram o jogo e fecharam o período na frente, por 19 a 15.

Equilíbrio: No segundo período, o Ginástico mudou sua defesa e melhorou seu rendimento. Com rápidos contra-ataques, principalmente com Alef, a equipe mineira conseguiu virar o jogo. No entanto, o Rio do Sul conseguiu segurar o bom momento dos rivais e a diferença no placar ficou nos dois pontos antes da pausa para o intervalo (28 a 26).

Jogo aberto: O terceiro quarto foi marcado pelo bom rendimento dos dois ataques. Junio, com nove pontos, comandou a boa produção do Ginástico, enquanto que Sulhy e Bruce totalizaram 11 pontos juntos e lideraram o desempenho catarinense. A vitória parcial por 20 a 18 deixou o time mineiro ainda em vantagem antes do início do último período (48 a 44).


Nr. Jogador JO Min Pts RD+RO RT AS 3P% 2P% LL% BR TO FC FR ET +/- EF
#6 Bruce 1 27.2 12/21 (57) 4+1 5 2 3/5 (60) 1/2 (50) 1/2 (50) 1 0 4.00 2.00 7 -17 9
#10 Sulhy 1 28.8 12/36 (33) 1+2 3 2 2/8 (25) 3/6 (50) 0/0 (0) 3 0 2.00 2.00 4 -20 7
#5 Otavio 1 32.9 11/32 (34) 1+2 3 4 1/6 (17) 4/7 (57) 0/0 (0) 2 0 3.00 0.00 2 -19 10
#14 Ramos 1 23.2 8/21 (38) 1+0 1 1 2/5 (40) 0/2 (0) 2/2 (100) 1 0 0.00 2.00 2 -8 4
#1 Thomas 1 36.4 4/22 (18) 2+0 2 4 0/4 (0) 0/2 (0) 4/6 (67) 2 0 1.00 4.00 5 -21 -1
#12 Endrew 1 2.7 3/6 (50) 0+0 0 0 1/2 (50) 0/0 (0) 0/0 (0) 0 0 0.00 0.00 0 -1 2
#18 Hofmann 1 11.0 2/6 (33) 7+1 8 0 0/0 (0) 0/1 (0) 2/4 (50) 0 0 4.00 2.00 1 -2 6
#3 Jorginho 1 5.0 0/3 (0) 0+0 0 0 0/1 (0) 0/0 (0) 0/0 (0) 0 0 1.00 0.00 0 -6 -1
#81 Duwe 1 17.8 0/2 (0) 3+0 3 1 0/0 (0) 0/1 (0) 0/0 (0) 1 0 5.00 0.00 0 -9 4
#4 Pedro 1 5.7 0/0 (0) 0+0 0 0 0/0 (0) 0/0 (0) 0/0 (0) 0 0 1.00 0.00 1 -9 -1
#11 Picapau 1 6.2 0/0 (0) 0+1 1 0 0/0 (0) 0/0 (0) 0/0 (0) 0 0 1.00 1.00 0 -2 1
#15 Jeff 1 3.2 0/5 (0) 1+0 1 0 0/1 (0) 0/1 (0) 0/0 (0) 0 0 0.00 0.00 0 -6 -1
Equipe 1 0.0 52/154 (34) 22+7 29 14 9/32 (28) 8/22 (36) 9/14 (64) 14 0 22.00 13.00 22 0 45
Nr. Jogador JO Min Pts RD+RO RT AS 3P% 2P% LL% BR TO FC FR ET +/- EF
#6 Duval 1 27.0 18/28 (64) 6+1 7 4 1/3 (33) 7/8 (88) 1/3 (33) 2 0 2.00 5.00 3 19 23
#18 Alef 1 25.4 15/27 (56) 7+2 9 4 0/2 (0) 6/9 (67) 3/3 (100) 3 0 1.00 2.00 2 19 24
#3 Lucão 1 19.1 13/23 (57) 2+7 9 1 0/0 (0) 5/9 (56) 3/5 (60) 0 0 1.00 5.00 2 4 15
#33 Pedro 1 11.1 7/15 (47) 1+2 3 0 0/1 (0) 1/3 (33) 5/6 (83) 3 0 0.00 4.00 2 11 7
#17 Gabriel 1 22.0 6/10 (60) 6+1 7 3 0/0 (0) 3/4 (75) 0/2 (0) 0 0 1.00 1.00 0 19 13
#11 Paulinho 1 30.6 5/17 (29) 1+1 2 2 0/3 (0) 2/3 (67) 1/2 (50) 2 0 3.00 2.00 2 14 4
#27 Stafleu 1 15.8 5/24 (21) 2+2 4 1 1/2 (50) 1/8 (13) 0/2 (0) 0 0 3.00 2.00 0 14 0
#25 João 1 17.4 4/15 (27) 3+0 3 0 0/1 (0) 2/6 (33) 0/0 (0) 1 0 2.00 0.00 2 0 1
#5 Henrique 1 24.0 3/18 (17) 0+0 0 3 1/4 (25) 0/3 (0) 0/0 (0) 3 0 0.00 0.00 2 18 1
#14 João Vitor 1 7.1 0/2 (0) 0+4 4 0 0/0 (0) 0/0 (0) 0/2 (0) 2 0 0.00 1.00 2 -2 2
#21 Cadu 1 0.7 0/0 (0) 0+0 0 0 0/0 (0) 0/0 (0) 0/0 (0) 0 0 0.00 0.00 0 4 0
Equipe 1 0.0 76/179 (42) 33+22 55 18 3/16 (19) 27/53 (51) 13/25 (52) 18 0 14.00 22.00 17 0 99