#JOGAJUNTO

NBB CAIXA

Pegando fogo

Pinheiros PIN 98
x
86 Bauru BAU
24
1ºQ
X
27
26
2ºQ
X
22
23
3ºQ
X
9
25
4ºQ
X
28

Poliesportivo Henrique Villaboim

8 de maio de 2017
Por

Com terceiro quarto decisivo e outra grande atuação de Holloway, Pinheiros mantém embalo, vence Bauru e larga na frente nas semifinais

DOCUMENTOS:
Súmula
98
X
86
98
PTS
86
12
A3C
9
23
A2C
22
16
LLC
15
33
RT
34
25
ASS
17

Pts: Pontos RT: Rebotes ASS: Assistências A3C: Arremessos de três certos A2C: Arremessos de dois certos LLC: Lances livres certos
(*) Colocação refere-se a rodada em que esta partida foi realizada

Três dias depois de realizar um dos maiores feitos da história do NBB CAIXA, ao eliminar o atual tetracampeão Flamengo, o EC Pinheiros manteve o embalo. Nesta segunda-feira (08/05), atuando em casa, a equipe venceu o Gocil/Bauru Basket, por 98 a 86, e largou na frente na série válida pelas semifinais da temporada 2016/2017.

O NBB CAIXA é uma competição organizada pela Liga Nacional de Basquete (LNB), em parceria com a NBA, e conta com o patrocínio master da CAIXA, os patrocínios da SKY, Nike e Avianca e o apoio do Ministério do Esporte.

3º quarto decisivo: O jogo foi equilibrado no primeiro tempo, mas o terceiro período foi de amplo domínio pinheirense. Com o controle do jogo nas mãos, a equipe teve vitória parcial por 23 a 9 e chegou ao último quarto com 15 pontos de frente (73 a 58). Depois, nos dez minutos finais, o time da capital soube controlar o jogo para confirmar a vitória.

O cara: Está difícil de segurar Desmond Holloway. Um dos grandes destaques da temporada, o norte-americano teve mais uma grande exibição nos playoffs e foi o cestinha da partida, com 32 pontos. O jogador ainda contribuiu com oito rebotes, quatro assistências e totalizou 35 pontos de eficiência.

Fala aí: “Fizemos o nosso jogo. Conseguimos jogar bem em transição e tivemos vários pontos em contra-ataques, o que deixou as coisas um pouco mais fáceis para nós. É muito importante começar a série vencendo e nossa confiança aumenta ainda mais. Vamos com tudo para os dois jogos em Bauru”, disse Holloway, que superou a marca dos 30 pontos pela quarta vez nos playoffs.

E agora? As duas próximas partidas da série acontecerão no Ginásio Panela de Pressão, em Bauru (SP). O Jogo 2 acontece no sábado (13/05), às 14 horas, ao vivo na Band. O terceiro duelo será na segunda-feira (15/05), às 19h30, ao vivo nos canais SporTV.

Peças chave: Outro jogador fundamental para a vitória pinheirense foi Renan Lenz. Em uma de suas melhores atuações na temporada, o ala/pivô teve cinco acertos em seis tentativas da linha de três pontos (71,4% de aproveitamento) e deixou a quadra com 19 pontos. Responsáveis por 18 e 17 pontos, respectivamente, Gemerson e Bennett também foram bons nomes a favor da equipe vencedora.

Bem que tentaram: Com 26 pontos cada, Alex Garcia e Jefferson William foram os grandes destaques do Bauru na partida. Os 52 pontos da dupla representaram 60,4% dos pontos anotados pelo time visitante na partida.

Fala aí: “Não fizemos um terceiro quarto bom e isso foi crucial para a partida. Temos que melhorar a defesa e ir com tudo para virarmos essa série”, disse Alex.

Números comprovam: O Pinheiros distribuiu 25 assistências no jogo, enquanto que os bauruenses tiveram apenas 17. Os destaques individuais da equipe no fundamento ficaram por conta de Bennett e Neto, que tiveram sete passes decisivos cada.

Que primeiro tempo: Os 20 minutos iniciais da partida foram extremamente bem jogado pelas duas equipes. Com ótimos aproveitamentos nos arremessos, as duas equipes tiveram ótimas produções ofensivas durante os dois primeiros quartos. Pelo time da casa 20 acertos em 35 arremessos de quadra (57,1%). Já pelo Bauru também foram 20 acertos, mas em 34 tentativas (58,8%)

Os dois abriram: No primeiro período, Bauru chegou a abrir oito pontos (22 a 14), mas o Pinheiros rapidamente se recuperou com duas bolas de três seguidas de Holloway. Na parcial seguinte foi a vez da equipe paulista abrir vantagem (44 a 37), mas os visitantes reagiram e a partida chegou ao intervalo com os donos da casa vencendo pela vantagem mínima de um ponto (50 a 49).

Todo do Pinheiros: O equilíbrio ficou nos vestiários e o terceiro quarto foi completamente dominado pelo time da capital. Para isso, a equipe limitou o ataque bauruense a apenas nove pontos na parcial e ainda contou com grandes lances de Holloway, autor de oito pontos no período. A vitória no quarto foi de 23 a 9 e o Pinheiros entrou no último período com 15 pontos de frente (73 a 58).

Segurou bem: Com a larga vantagem a seu favor, o Pinheiros soube controlar o ritmo acelerado de Bauru. O time visitante subiu sua defesa e chegou a baixar a diferença para apenas seis pontos (89 a 83) nos minutos finais, mas uma cesta seguida de falta de Bennett praticamente selou o triunfo dos donos da casa.


Nr. Jogador JO Min Pts RD+RO RT AS 3P% 2P% LL% BR TO FC FR ET +/- EF
#22 Holloway 1 36.0 32/52 (62) 8+0 8 4 5/8 (63) 5/10 (50) 7/8 (88) 1 0 3.00 6.00 1 2 35
#12 Renan 1 28.1 19/25 (76) 5+1 6 1 5/7 (71) 2/2 (100) 0/0 (0) 1 0 3.00 3.00 1 6 24
#6 Gemerson 1 33.6 18/39 (46) 3+0 3 3 2/7 (29) 5/6 (83) 2/6 (33) 0 0 2.00 5.00 3 13 11
#3 Bennett 1 34.0 17/28 (61) 1+2 3 7 0/2 (0) 6/8 (75) 5/6 (83) 0 0 2.00 4.00 0 8 22
#10 Ansaloni 1 20.4 4/12 (33) 3+1 4 1 0/0 (0) 1/4 (25) 2/4 (50) 1 0 2.00 2.00 0 15 5
#21 Gustavo 1 3.6 4/8 (50) 1+1 2 0 0/0 (0) 2/4 (50) 0/0 (0) 0 0 1.00 1.00 1 12 3
#11 Teichmann 1 15.1 2/2 (100) 0+1 1 2 0/0 (0) 1/1 (100) 0/0 (0) 0 1 5.00 0.00 1 -7 5
#14 Neto 1 18.5 2/21 (10) 1+0 1 7 0/5 (0) 1/3 (33) 0/0 (0) 2 0 1.00 2.00 3 6 2
#4 Ruivo 1 0.6 0/0 (0) 0+0 0 0 0/0 (0) 0/0 (0) 0/0 (0) 0 0 0.00 0.00 0 0 0
#7 Mathias 1 2.1 0/0 (0) 1+0 1 0 0/0 (0) 0/0 (0) 0/0 (0) 0 0 0.00 0.00 0 5 1
#34 Arthur 1 0.0 0/0 (0) 0+0 0 0 0/0 (0) 0/0 (0) 0/0 (0) 0 0 0.00 0.00 0 0 0
#24 Danilo 1 0.0 0/0 (0) 0+0 0 0 0/0 (0) 0/0 (0) 0/0 (0) 0 0 0.00 0.00 0 0 0
Equipe 1 0.0 98/187 (52) 24+9 33 25 12/29 (41) 23/38 (61) 16/24 (67) 5 1 19.00 23.00 11 0 111
Nr. Jogador JO Min Pts RD+RO RT AS 3P% 2P% LL% BR TO FC FR ET +/- EF
#11 Jefferson 1 34.2 26/40 (65) 4+0 4 0 4/6 (67) 4/8 (50) 6/6 (100) 1 1 5.00 3.00 3 5 23
#10 Alex 1 36.1 26/47 (55) 4+0 4 4 3/5 (60) 7/14 (50) 3/4 (75) 0 1 2.00 8.00 1 -4 24
#23 Léo Meindl 1 29.2 12/23 (52) 1+1 2 4 0/3 (0) 4/5 (80) 4/4 (100) 3 0 4.00 4.00 3 -1 14
#9 Valtinho 1 23.1 6/8 (75) 4+1 5 2 0/0 (0) 2/3 (67) 2/2 (100) 0 0 4.00 1.00 1 -3 11
#19 Gegê 1 18.8 5/8 (63) 3+0 3 4 1/2 (50) 1/1 (100) 0/0 (0) 2 0 2.00 1.00 0 -12 13
#1 Gui 1 23.8 5/21 (24) 4+0 4 3 1/5 (20) 1/3 (33) 0/0 (0) 0 1 1.00 2.00 1 -11 6
#6 Shilton 1 23.5 4/6 (67) 6+3 9 0 0/0 (0) 2/3 (67) 0/0 (0) 2 0 4.00 0.00 3 -10 11
#25 Jaú 1 10.7 2/9 (22) 1+0 1 0 0/1 (0) 1/3 (33) 0/0 (0) 0 0 2.00 0.00 1 -18 -1
#18 Michael 1 0.0 0/0 (0) 0+0 0 0 0/0 (0) 0/0 (0) 0/0 (0) 0 0 0.00 0.00 0 0 0
#14 Henrique 1 0.0 0/0 (0) 0+0 0 0 0/0 (0) 0/0 (0) 0/0 (0) 0 0 0.00 0.00 0 0 0
#7 Stefano 1 0.8 0/0 (0) 0+0 0 0 0/0 (0) 0/0 (0) 0/0 (0) 0 0 1.00 0.00 1 -6 -1
Equipe 1 0.0 86/162 (53) 27+7 34 17 9/22 (41) 22/40 (55) 15/16 (94) 8 3 25.00 19.00 15 0 101