#JOGAJUNTO

NBB CAIXA

Rivalidade aflorada

22-04-2015 | 06:52
Por Liga Nacional de Basquete

Rivais pela 4ª vez em playoffs, Flamengo e São José são as equipes que mais se enfrentaram na história do NBB; confira tudo sobre o duelo válido pelas quartas de final

Flamengo e São José é uma das maiores rivalidades do NBB. Duas das equipes que disputaram todas as sete edições do campeonato nacional, os rubro-negros e os joseenses enfrentam pela quarta vez na história dos playoffs do NBB. Além disso, até hoje, os dois times  já se enfrentaram em 27 confrontos diretos no NBB, simplesmente o confronto que mais aconteceu na história.

O clube rubro-negro é o único time na história do NBB que esteve presente nas seis edições da fase quartas de final e que conseguiu sair como vencedor em todas elas. Do outro lado, mesmo com retrospecto negativo contra a equipe carioca, o time do Vale do Paraíba espera repetir o feito de dois anos atrás, quando enfrentou o até então atual campeão do NBB (Brasília) e saiu vencedor da série.

Confira todos os dados, estatísticas e curiosidades do confronto entre Flamengo e São José!

DSC_0052

O Flamengo, do ala Marcelinho Machado, venceu duas das três séries de playoff contra o São José na história do NBB (Arthur Marega Filho/São José Desportivo)

É recorde!
Flamengo e São José é o duelo que mais aconteceu na história do NBB: 27 vezes, sendo 20 deles vencidos pelos rubro-negros e sete melhores para os joseenses.

Uma semi cada um
Destes 27 jogos, dez deles foram válidos por duas séries semifinais do NBB. Na temporada 2011/2012, o São José, líder da fase de classificação daquele campeonato, desbancou o Flamengo, por 3 a 2, e foi para a final contra o Brasília. Já no ano seguinte, foi a vez dos rubro-negros darem o troco e avançarem à decisão pelo mesmo placar geral, 3 a 2.

Quartas para Flamengo
A equipe rubro-negra e a joseense também já se enfrentaram uma vez em fase quartas de final do NBB. Foi na segunda edição do campeonato, e o Flamengo conseguiu conquistar a vaga para a fase seguinte, ao vencer as três primeiras partidas e “varrer” seu rival.

Velho conhecido
O pivô Caio Torres, do São José, atuou no Flamengo durante as temporadas 2011/2012 e 2012/2013 e conquistou o título do NBB 5, no qual de quebra ainda faturou o prêmio de MVP (Jogador Mais Valioso) da Final daquela edição, contra o Uberlândia.

Venceu as duas
O Flamengo venceu as duas partidas que realizou contra o São José na temporada 2014/2015 do NBB, com os placares de 94 a 71, no primeiro turno, e 93 a 88, no segundo.

Marquinhos, do Flamengo, e Betinho, do São José

O Flamengo possui grande aproveitamento de vitórias tanto em casa quanto fora em confrontos contra o São José (Arthur Marega Filho/São José Desportivo)

Vai muito bem
O Flamengo venceu oito das 13 partidas que enfrentou o São José no Ginásio Lineu de Moura.

Sensacional
Já como mandante em partidas contra o São José, a equipe rubro-negra possui o retrospecto de 12 vitórias em 14 jogos.

Se vingou
Com vitória sobre o Paulistano por 3 a 1 na série oitavas de final, o São José garantiu classificação para a próxima fase dos playoffs e também  devolveu a derrota sofrida na fase semifinal da última temporada aplicada pela equipe alvirrubra.

100%
O Flamengo venceu todas as seis séries quartas de final que disputou na história do NBB.

Belo aproveitamento
A equipe rubro-negra possui campanha de 18 vitórias e apenas quatro derrotas em 22 partidas válidas pela fase quartas de final do NBB.  Com 11 vitórias em 13 partidas como mandante e sete triunfos em nove jogos como visitante.

Equilibrado
Já São José, que venceu três das cinco quartas de final que disputou, tem campanha de nove vitórias e oito derrotas em 17 partidas nesta fase dos playoffs.

Top 5
O Flamengo possui em seu elenco dois dos melhores cestinhas da história dos playoffs do NBB. O ala Marcelinho Machado é o maior pontuador dos playoffs, com 1.084 pontos, já o também ala Marquinhos é o quinto maior, com 781 pontos.

Idem
Já no fundamento bolas para 3 pontos, Marcelinho Machado é o líder da história dos playoffs, com 163 tiros de longe, e Marquinhos é o quinto melhor, com 101 bolas certeiras para 3 pontos.

Marcelinho Machado e Marquinhos, do Flamengo

Marcelinho Machado e Marquinhos são dois dos maiores cestinhas da história dos playoffs do NBB (Gilvan de Souza/Fla Imagem)

Também ali
Líder histórico do NBB em rebotes, o ala/pivô Olivinha, do Flamengo, é dono da quarta melhor marca de sobras em playoffs, com um total de 363.

Olivinha 250
Também líder histórico do NBB em partidas, Olivinha será o primeiro jogador na história do campeonato a completar 250 jogos. Para alcançar tal marca, o ídolo da torcida rubro-negra precisa de apenas duas partidas.

Líder
O armador Valtinho, do São José, é o líder história dos playoffs do NBB no fundamento assistência, com 328 passes certeiros.

Quebrando paradigmas
Somente três das 24 séries quartas de final foram vencidas pelo time de pior campanha da fase de classificação e duas delas foram com vitória de São José.

NBB 5 – (2º) Brasília 2 x 3 São José (7º)
NBB 6 – (3º) Brasília 0 x 3 São José (6º)

Mesmo cenário
Na quinta edição do NBB, o São José chegou às quartas para medir forças com o então atual tricampeão Brasília. O resultado foi uma vitória por 3 a 2 e a primeira vez em que os candangos ficaram de fora de uma final. Agora, a situação é parecida, pois os joseenses medirão forças com o atual bicampeão, que nunca foi derrotado nas quartas e ficou de fora de uma semifinal. Será que o São José repete o feito?

Diante de um Ginásio Nilson Nelson lotado, São José deu o "troco" no Brasília e os eliminou das quartas de final do NBB5 (Brito Júnior/Divulgação)

São José pode repetir o feito do NBB 5 e eliminar o atual campeão e deixá-lo fora da semifinal pela primeira vez na história do NBB  (Brito Júnior/Divulgação)

Fator Jogo 1
Todas as vezes que o São José iniciou uma quartas de final com vitória ele terminou série com vitórias. Já quando foi derrotado no Jogo 1, acabou perdendo as duas partidas seguintes e foi eliminado com uma varrida.

Segundo melhor
O Flamengo terminou a fase de classificação do NBB 7 com o segundo melhor ataque, média de 89,7 pontos por partida.

Sensacional
O Flamengo fechou a fase de classificação da sétima edição do NBB com 12 vitórias consecutivas.

Fator casa
Atuando em seu ginásio no NBB 7, o Flamengo teve campanha de 13 vitórias em 14 partidas durante a primeira fase, derrota somente para o líder Bauru.

Elite
O Flamengo fechou a primeira fase do NBB 7 com a segunda melhor média de arremessos certeiros para 3 pontos, com 9,9 por jogo, e com o melhor aproveitamento nos tiros longos: 40,8%.

Lá dentro
São José e Flamengo foram as duas equipes com mais arremessos certeiros para 2 pontos durante a fase de classificação do NBB 7: São José com média de 23,2 e Flamengo com 21,7.

Melhor da carreira
Ainda quando atuava com a camisa do Franca, o ala/armador Vitor Benite conquistou a melhor atuação ofensiva de sua carreira no NBB, ao anotar 30 pontos em uma partida contra o São José.

Marcelinho, do Flamengo e Fúlvio e Murilo, do São José

Marcelinho Machado bateu quatro recordes pessoais em partidas contra o São José, dois deles são recordes do NBB (Fernando Azevedo/Fla Imagem)

Principal vítima
Quatro dos recordes pessoais da rica carreira de Marcelinho Machado no NBB foram em partidas contra o São José:

– Pontos: 63* (07/03/2010)
– Rebotes: 16 (26/04/2010)
– Assistência: 13 (10/12/2011)
– Arremessos certos para 3 pontos: 16* (07/03/2010)

* Recordes não só de Marcelinho, como de toda a história do NBB

Melhores da carreira
Quatro jogadores do São José conquistaram recordes pessoais em partidas contra o Flamengo, são eles o ala/armador Betinho, com 33 pontos no NBB 2, o armador Valtinho, com 32 pontos no NBB 1, o pivô Drudi, com 28 pontos no NBB 2, o pivô Caio Torres, com 13 arremessos certos para 2 pontos no NBB 7.

Sequência
Reboteiro da fase de classificação, com média de 9,3 rebotes por jogo, o pivô Caio Torres foi o líder de sobras das oitavas de final, com média de 8,2 rebotes por partida.

Tabu batido
Com a vitória sobre o Paulistano, o São José se tornou o primeiro 11ª colocado na fase de classificação a vencer uma série de playoff do NBB.

Confira datas e horários das partidas da série quartas de final entre Flamengo e São José:

Flamengo (3º) x São José/Unimed (11º)
Jogo 1 – 23/04 (quinta-feira), às 18 horas, no Ginásio do Tijuca, no Rio de Janeiro – ao vivo no SporTV
Jogo 2 – 25/04 (sábado), às 18 horas, no Ginásio do Tijuca, no Rio de Janeiro – ao vivo na WEB
Jogo 3 – 28/04 (terça-feira), às 20 horas, no Ginásio Lineu de Moura, em São José dos Campos – ao vivo na WEB
Jogo 4* – 30/04 (quinta-feira), às 19h30 horas, no Ginásio Lineu de Moura, em São José dos Campos – ao vivo no SporTV
Jogo 5* – Data e horário a definir – Ginásio do Tijuca, no Rio de Janeiro

* Se necessário