#JOGAJUNTO

Jogo das Estrelas / NBB CAIXA

Só ele

18-03-2018 | 07:22
Por Liga Nacional de Basquete

Único jogador a disputar as 10 edições do Jogo das Estrelas, Shamell é homenageado no Ginásio do Ibirapuera

Maior cestinha da história do NBB CAIXA, Shamell é o único atleta a participar de todas as edições do Jogo das Estrelas. Neste domingo (18/03), no Ginásio do Ibirapuera, o ala do Mogi das Cruzes/Helbor ganhou um par de tênis exclusivo da Nike, homenageando o feito único.

Único atleta presente em todas edições do Jogo das Estrelas, Shamell foi homenageado (Fotojump/LNB)

O tênis tem oito significados diferentes: Roxo (história no Mogi), Amarelo (ele é fã dos Lakers e do Kobe Bryant), Cadarço Azul (Limeira, time em que jogava no seu primeiro Jogo das Estrelas), Swoosh Vermelho (Pinheiros, cor do uniforme em que foi campeão e MVP da Liga das Américas), Entre Sola Banca e Preta (Corinthians, time do coração), Número 24 na parte externa da língua (número da sua camisa), Parte externa da língua com o nome de seus filhos e Número 10 na lateral (homenagem ao seu 10º Jogo das Estrelas).

“Foi muito bacana essa homenagem, principalmente por conter o nome dos meus filhos no tênis. É algo muito gratificante, que demonstra que fora da quadra as pessoas têm carinho por mim. Todo jogador estrangeiro sonha com isso. Eu moro há mais de 10 anos no Brasil. Isso demonstra reconhecimento”, disse o norte-americano.

A história de Shamell no Brasil começou em Araraquara, em 2004. De lá para cá, o norte-americano passou por quatro times diferentes: Paulistano/Corpore (2004 a 2007), Limeira (2008 e 2009), EC Pinheiros (2009 a 2014) e o atual, Mogi (desde 2014).

“Estou aqui desde 2004, é muito tempo. Acho que o público em geral gosta de mim e isso é muito bacana. Essa festa é uma reunião de vários amigos e para mim é um show. A gente sempre que ver o basquete crescendo e a cada ano isso parece que tem dado certo”. afirmou Shamell.

Em todas as equipes o ala norte-americano foi cestinha. Em 10 edições do NBB CAIXA, a pior média de pontos de Shamell é justamente na atual, em que está com 15,3 pontos por partida e mesmo assim desponta como um dos cinco principais cestinhas da temporada.

Shamell recebendo seu par de tênis exclusivo das mãos de um de seus filhos (Fotojump/LNB)

Além de maior pontuador da história da competição, Shamell também possui o maior número de prêmios de MVP do Jogo das Estrelas. Ao todo, são três para o norte-americano (2009, 2016 e 2017). Neste ano, o camisa 24 esteve por 27 minutos em quadra, anotou 19 pontos, pegou oito rebotes e distribuiu cinco assistências.

“Meu Amor e paixão é por causa de vocês (publico). Shamell foi criado aqui  no Brasil e meu jogo ‘se descobriu’ aqui. Sou muito grato por todo o carinho que recebo. Eu quero agradecer ao NBB CAIXA e a Nike por esse momento. Meus filhos também têm dez anos e são dez anos de felicidade e muito basquete”, declarou o camisa 24 ao receber o par de tênis em sua homenagem.

O Jogo das Estrelas 2018 é um evento organizado pela Liga Nacional de Basquete (LNB) e conta com o patrocínio master da CAIXA, os patrocínios da SKY, INFRAERO, Avianca, Nike, Penalty, Cartões CAIXA Elo e Wewi e os apoios do Açúcar Guarani, NBA e Ministério do Esporte.