#JOGAJUNTO

LDB / LNB / NBB CAIXA

Sonho de criança

17-01-2017 | 02:06
Por Liga Nacional de Basquete

Atletas patrocinados pela Nike, Lucas Dias, Shamell e Alex Garcia revelam sensação de ter a marca como aliada em suas carreiras: "é um prazer muito grande"

Evento de parceria entre LNB e Nike

Lucas Dias, Shamell e Alex Garcia são alguns dos atletas patrocinados pela Nike que compareceram ao evento (Luiz Pires/LNB)

Virar atleta profissional é o sonho de todo garoto que almeja viver do esporte. Chegar a uma posição de destaque no cenário nacional ou internacional, mais ainda. Muitos alcançam seus objetivos, alguns deles graças à Nike. São os casos de Lucas Dias, Alex Garcia e Shamell, que tiveram suas carreiras consolidadas com a ajuda da marca, líder mundial em artigos esportivos.

+Clique aqui e saiba mais detalhes da parceria entre LNB e Nike

Em 2012, quando tinha apenas 16 anos, Lucas Dias recebeu um convite para ir ao Jordan Brand Classic, um dos principais torneios promovidos pela empresa norte-americana. Lá, foi o MVP do torneio. A partir daí, a carreira do jovem atleta, hoje do Paulistano/Corpore, decolou de vez.

+Saiba mais: Missão da Nike é desenvolver atletas e ajudar no crescimento do basquete

“Tudo mudou na minha vida depois do Jordan Brand Classic. Lá eu vi mesmo o que era jogar basquete e ainda tive o privilégio se ser eleito o melhor jogador. Depois disso fui mais maduro para a LDB. Meu desenvolvimento como jogador se deve muito à LDB também. Foi lá que meu jogo amadureceu e eu realmente apareci de fato”, comentou Lucas Dias, campeão, MVP e Jogador Mais Eficiente da LDB 2015, além de ter sido eleito o Destaque Jovem do último NBB CAIXA.

Evento de parceria entre LNB e Nike

Alex Garcia admitiu que ter a Nike ao seu lado é algo que o “deixa para cima” (Luiz Pires/LNB)

Até mesmo atletas consagrados se sentem honrados em vestir Nike. Casos de Alex Garcia, três vezes campeão do NBB CAIXA e com anos de Seleção Brasileira na bagagem, e do norte-americano Shamell, que mora no Brasil há mais uma década e é o maior cestinha da história do NBB CAIXA.

“É um prazer vestir Nike. O corpo agradece quando temos um material desse nível. Quando eu era criança queria muito vestir um material desse nível, mas não tinha condições. Agora fico até ansioso quando estou prestes a receber um kit da Nike. É realmente muito bacana”, disse Alex Garcia.

+O evento em imagens: confira mais fotos da cerimônia de anúncio da parceria

“Essa oportunidade que temos a Nike conosco é muito grande. Melhoramos a cada dia. Isso reflete muito dentro de quadra. Quando você ganha um tênis novo, quer fazer todos os movimentos, quer abusar do tênis mesmo. O tênis, a roupa, fica olhando no espelho. São coisas que te deixam para cima”, completou o ‘Brabo’.

“É um prazer muito grande vestir Nike. Desde que jogo basquete nunca tive outro tênis que não fosse Nike. Sempre foi um sonho. Hoje em dia fico igual criança. Tenho 36 anos, mas fico como se tivesse dez anos. Você abre, fica deslumbrado, parece Natal (risos)”, declarou Shamell.

Evento de parceria entre LNB e Nike

“Tenho 36 anos, mas fico como se tivesse 10 “, revelou Shamell (Luiz Pires/LNB)

Nascido em Fresno (Califórnia), nos Estados Unidos, Shamell deu a palavra de quem veio de um país que respira o basquete, que tem a modalidade completamente consolidada em sua cultura. O norte-americano, que atua no Mogi das Cruzes/Helbor, destacou a visão da marca que sempre visa não só a vestimenta dos atletas, mas sim o desenvolvimento dos mesmos.

“Todos sabem da qualidade da marca, mas o ponto forte da Nike é o investimento, a visão. Essas clínicas e camps que eles têm, ajudam muito no crescimento do basquete. A oportunidade que a Nike dá a esses jovens, como Bruno (Caboclo), Lucas (Dias), George, Humberto e outros, ajuda muito no resultado. Para mim, ter essa oportunidade, de ter comigo a melhor marca do mundo, é como uma ‘pressão’, porque tenho que ter o resultado desejado”, apontou Shamell.

“O impacto dessa parceria é muito grande. Para mim o NBB CAIXA cresceu demais nos últimos nove anos. Estamos dominando os torneios internacionais. Com esse crescimento do basquete, agora tendo a melhor marca esportiva do mundo, podemos enxergar um grande futuro pela frente”, finalizou o camisa 24 do Mogi.