#JOGAJUNTO

NBB CAIXA

The best year

03-05-2013 | 04:10
Por Liga Nacional de Basquete

Dupla norte-americana no comando e reformulação durante o campeonato; relembre a melhor temporada da Liga Sorocabana em sua ainda curta trajetória no NBB

Liga Sorocabana conquistou o maior número de vitórias em sua trajetória no NBB (Della Rocca/LSB)

A temporada 2012/2013 foi apenas a segunda da Liga Sorocabana no NBB, mas a cada ano que passa, a equipe demonstra notórios sinais de evolução. A maior prova deste crescimento foi a campanha mais vitoriosa de sua história na competição nacional (15 vitórias em 34 partidas na fase de classificação). Mas para isso se concretizar, o técnico e presidente do time, Rinaldo Rodrigues, arregaçou as mangas e precisou trabalhar duro antes e durante o campeonato.

Em relação a edição passada do NBB, nove caras novas pintaram no plantel sorocabano antes do início do campeonato, uma delas foi Desmond Holloway, de apenas 22 anos, segundo cestinha da fase de classificação do campeonato, com média de 20,3 pontos por jogo. Ao lado de seu compatriota, o armador Kenny Dawkins, um dos poucos que sobraram da temporada anterior, Holloway formou uma das duplas mais eficientes do torneio, que conduziu a Liga Sorocabana às oitavas de final do NBB5.

“Certamente foi o nosso melhor ano. Na temporada passada nos classificamos com 39% de aproveitamento, e esse ano subimos para 44,1%. Mas não foi só em números.  Esse ano tivemos jogadores de destaque, jogadores que nos ajudaram muito, caso do Holloway, do Kenny e do Neto. Em termos de torcida principalmente. Tivemos uma média altamente positiva, de quase 1.500 pessoas por jogo. Esse número, para um time que estava lutando em segundo escalão é excelente, muito bom”, analisou o técnico Rinaldo Rodrigues.

Kenny Dawkins em ação no Jogo das Estrelas 2013 (João Pires/LNB)

Os dois atletas nascidos nos Estados Unidos tiveram sua genialidade reconhecida ao serem convocados para vestirem a camisa do NBB Mundo no Jogo das Estrelas 2013, disputado em Brasília (DF). Além de fazer parte da partida festiva, Holloway participou do Torneio de Enterradas, e Dawkins disputou o Desafio de Habilidades.

“Isso foi muito grato para nós, ter dois jogadores no Jogo das Estrelas e nos desafios (Enterradas e Habilidades). O Holloway foi votado pelo público para o Torneio de Enterradas, isso mostra o carisma que ele tem. Assim como o Dawkins, que desempenhou um bom papel no Desafio de Habilidades. Para o nosso projeto foi muito bom, ajudou muito na visibilidade da equipe”, disse Rinaldo.

Rinaldo Rodrigues é o grande responsável pelo projeto da Liga Sorocabana (Della Rocca/LSB))

Mas a dupla norte-americana não é a única responsável pela melhor temporada da história da Liga Sorocabana na maior competição de basquete do país. Uma brusca renovação foi feita no elenco da equipe antes mesmo do término do primeiro turno do campeonato. Seis jogadores foram afastados do grupo, e outros quatro recompuseram o plantel sorocabano (Soró, Daniel Conti, Everson Lacerda e Everson Rodrigues).

Parece loucura? Ninguém sabe. Mas a atitude tomada por Rinaldo Rodrigues deu certo. A partir desta drástica mudança, os sorocabanos começaram a fazer excelentes jogos e conseguir impressionantes vitórias. Por exemplo, contra o São José/Unimed, em casa, por um ponto (66 a 65), a virada espetacular sobre o Pinheiros/SKY, fora de casa (94 a 77). Também longe de seus domínios, o time do interior paulista triunfou sobre o Paulistano/Unimed, na prorrogação, (96 a 94), e venceu o Paschoalotto/Bauru, em pleno Ginásio Panela de Pressão, em Bauru (SP), por 94 a 85, com direito a atuação de gala de Holloway e Dawkins, que juntos anotaram 67% dos pontos da equipe (37 e 26, respectivamente).

“Tivemos muitos problemas de lesões, e tínhamos que tomar uma atitude. A chegada do Daniel (Conti), do Everson, do Soró, foi muito importante para a equipe. Tínhamos que dar uma chacoalhada no elenco, e deu certo. A partir daí, conseguimos números efetivos na defesa. O Neto e o Kenny foram os dois primeiros colocados em roubos de bola. Ou seja, essa renovação deu uma renovada nos ânimos do nosso time”, comentou o técnico e presidente da Liga Sorocabana.

Para o técnico e presidente da Liga Sorocabana, Rinaldo Rodrigues, o balanço geral de sua equipe na temporada 2012/2013 do NBB certamente foi positivo. A eliminação nas oitavas de final para o Vivo/Franca, por 3 a 0, não atrapalhará o crescimento dos sorocabanos. No momento, a diretoria está correndo atrás de melhorias financeiras e parceiros para manter a base do time deixar o esporte da bola laranja ainda mais forte na cidade de Sorocaba (SP).

“Agora estamos correndo atrás de mais alguns parceiros, para fortalecer ainda mais a equipe. Vamos tentar manter os principais jogadores, e ainda trazer uns três ou quatro nomes fortes. O que posso garantir ao torcedor, é que todos nós vamos trabalhar muito para que a Liga Sorocabana continue crescendo”, finalizou Rinaldo Rodrigues.

Assim como a equipe, a torcida sorocabana vem crescendo cada vez mais (Della Rocca/LSB)