#JOGAJUNTO

NBB CAIXA

Tudo sobrePin x Min

10-01-2019 | 11:08
Por Liga Nacional de Basquete

Em momentos diferentes, Pinheiros e Minas se enfrentarão nesta quinta-feira, com transmissão ao vivo no BandSports; confira mais detalhes sobre o duelo

Nesta quinta-feira (10/01), EC Pinheiros e Life/Fitness Minas realizarão um importante duelo, válido pelo segundo turno do NBB CAIXA 2018/2019, no Ginásio Poliesportivo Henrique Villaboim, em São Paulo (SP), às 20h45, com transmissão ao vivo no BandSports.

As equipes vivem momentos diferentes na competição. De um lado, o Pinheiros, vice-líder, com cinco vitórias consecutivas no campeonato. Do outro, o sétimo colocado Minas, que acumula quatro partidas sem vitória na atual edição do NBB CAIXA.

 Além disso, o duelo marcará alguns reencontros entre jogadores com equipes passadas, casos dos alas Betinho, do Pinheiros, e Leandrinho Barbosa, do Minas, que tiveram boas passagens pelos times que serão rivais nesta quinta-feira.

Confira essas e algumas outras curiosidades da partida com transmissão ao vivo no BandSports:

Bom momento dos donos da casa

O Pinheiros, vice-líder, vive uma grande fase no NBB CAIXA 2018/2019. O clube da capital paulista possui a segunda melhor campanha da competição (10 vitórias e três derrotas – 76,9% de aproveitamento) – atrás apenas do líder Sesi Franca Basquete, que detém um triunfo a mais.

O clube da capital paulista vem de cinco vitórias consecutivas no NBB CAIXA – sobre Basquete Cearense, Brasília, Franca, Vasco e Botafogo. Vale lembrar que a última partida da equipe foi pela Copa Super 8, em que foi derrotada pelo Botafogo, nas quartas de final, por 79 a 74.

César Guidetti, treinador do Pinheiros, sabe que os dificuldades aumentarão no segundo turno (Lucas Guanaes/Divulgação)

O treinador César Guidetti confia na qualidade de seu time para fazer um grande segundo turno, mas sabe que as dificuldades encontradas serão maiores em relação a primeira metade da competição.

“Sabemos que o segundo turno será bem mais difícil que o primeiro, pois algumas equipes se reforçaram e outras ganharam um melhor entrosamento. Confio na força do nosso elenco e no crescimento do time do Pinheiros. Vamos jogo a jogo fazer o nosso melhor para se manter entre os primeiros colocados”, avaliou César Guidetti.

Minas em busca da recuperação

Do outro lado, a situação do Minas é completamente diferente. Atualmente, o time mineiro ocupa a sétima colocação, com seis vitórias e oito derrotas (42,9% de aproveitamento), mas a fase vivida pela equipe é bem pior do que a colocação indica.

Nas últimas nove partidas do NBB CAIXA, o Minas venceu apenas duas – com quatro derrotas consecutivas. Nesse meio tempo, a equipe ainda enfrentou o Flamengo pela Copa Super 8 e também saiu derrotada, por 92 a 74.

Com médias de 7,8 pontos e 7,5 assistências, Gegê é o maestro do ataque minastenista (Ignacio Costa/MTC)

Após a derrota para o Corinthians, na última terça-feira, por 97 a 82, o armador Gegê analisou o resultado e em quais pontos eles deixaram a desejar. Para sair de quadra com uma vitória sobre o Pinheiros, será preciso muito controle, segundo o líder de assistências da última temporada do NBB CAIXA.

“O que tem que mudar do jogo contra o Corinthians para a partida contra o Pinheiros é a nossa atitude. Começamos o jogo bem, ficamos na frente em parte do primeiro quarto. Depois, quando tivemos um momento de desatenção, começamos a errar bastante na defesa e não conseguimos jogar no ataque. É manter o equilíbrio, tanto na parte defensiva quanto na parte ofensiva, para poder fazer um jogo equilibrado e ter o controle da partida. A gente sabe da qualidade deles, fizemos um grande jogo no primeiro turno. A chave para sair com a vitória é ter o controle da partida”, disse o armador Gegê.

No primeiro turno…

No primeiro encontro entre as equipes na temporada, o Minas levou a melhor sobre o Pinheiros, na Arena Minas Tênis Clube, em Belo Horizonte (MG), por 83 a 79, em partida equilibrada e decidida nos instantes finais. O grande nome do jogo foi o ala norte-americano Che Bob, que anotou 21 pontos, pegou seis rebotes e totalizou 21 de eficiência.

Norte-americano Che Bob foi o grande nome da vitória do Minas sobre o Pinheiros, no primeiro turno (Ignacio Costa/MTC)

Reencontros especiais

A partida desta quinta-feira marcará alguns reencontros especiais entre atletas e equipes. O ala/armador Leandrinho Barbosa enfrentará o Pinheiros, uma das quatro equipes do NBB CAIXA já defendidas por ele – junto a Flamengo, Franca e agora o Minas.

No clube da capital paulista, o experiente jogador atuou por oito partidas na temporada 2014/2015 e conseguiu médias expressivas: 20,8 pontos, 3,1 rebotes, 3,1 assistências e 17,9 de eficiência.

Leandrinho, do Pinheiros (Ricardo Bufolin/Divulgação)

Do outro lado, o ala Betinho vive experiência bem parecida. O atleta defendeu o Minas por duas temporadas – 2012/2013 e 2013/2014 – e também fez bonito em sua passagem: foram 15,25 pontos, 2,6 assistências e 13,1 de eficiência de média nas 61 partidas disputadas pelo time minastenista.

Betinho, do Minas, e Paulinho, do Pinheiros (Orlando Bento/MTC)

Além deles, Wesley Castro e Jefferson Campos, ambos do Minas, também tiveram passagens pelo Pinheiros, um pouco mais discretas. O primeiro jogou na capital paulista por dois anos (2013/2014 e 2014/2015), mas pouco atuou.

Já Jefferson Campos, vestiu a camisa pinheirense por uma temporada apenas (2014/2015), e teve média de 6,3 pontos nas 33 partidas disputadas.

O NBB CAIXA é uma competição organizada pela Liga Nacional de Basquete (LNB), em parceria com a NBA, e conta com o patrocínio máster da CAIXA, os patrocínios de INFRAERO, Avianca, Nike e Penalty e os apoios de UNISAL, Açúcar Guarani, Ministério do Esporte e Governo Federal.