Veja também:

RSS Feed

Conheça as maiores sequências de vitórias consecutivas como visitante na história das fases de classificação do NBB

Mais cedo vimos as maiores sequências de vitórias consecutivas como visitante na história do NBB.

E agora chegou a hora de fazermos um pequeno recorte neste levantamento para vermos esta mesma história, só que exclusivamente em partidas da fase de classificação do campeonato.

Então é assim, eliminamos os playoffs e agora veremos as maiores sequências de vitórias consecutivas como visitante em fases de classificação na história do NBB.

Mas apesar de um pouco diferentes, os visitantes seguem com a mesma folga, metendo o pé no sofá, abrindo a geladeira!

3º) Minas NBB1, Limeira NBB7 e Mogi NBB7 (vigente) – 8 vitórias seguidas como visitante em fase de classificação

3 times registram 8 vitórias seguidas como visitante na temporada regular do NBB, um deles com a série ainda em andamento.

Começando pela campanha mais antiga, na 1ª edição do campeonato o Minas venceu 8 jogos consecutivos fora de casa na fase de classificação. Depois de ser derrotado pelo Paulistano em São Paulo na 1ª rodada, o time de Belo Horizonte bateu Pinheiros (80-81), Limeira (79-85), São José (88-89), Vila Velha (69-99), Saldanha da Gama (76-87), Bauru (78-84), Assis (74-79) e Bira/Lajeado (70-84), temdo a série encerrada pelo Joinville no sul do país.

Sucatzky_MIN e Fusco_PIN

Na atual edição foi a vez de Limeira vencer 8 partidas consecutivas como visitante na temporada regular. A série começou no 1º jogo fora de casa no campeonato, contra o Paulistano (84-85), e seguiu contra Liga Sorocabana (83-85), Brasília (83-87), Basquete Cearense (67-85), Minas (72-85), Uberlândia (81-89), Rio Claro (78-87) e Pinheiros (61-73), tendo sido encerrada pelo Palmeiras no ginásio do Pinheiros.

Nezinho, do Limeira , e Coelho, do Minas

Mas essa não é a única sequência de 8 triunfos como visitante na fase de classificação do NBB7. E um detalhe, a outra série está ativa e pode aumentar ainda hoje. Estamos falando do Mogi que em seu 1º jogo fora de casa na atual edição do maior campeonato de basquete do Brasil foi derrotado por Limeira no Vô Lucato, mas depois disso foi só triunfo longe dos seus domínios. Depois do revés contra Limeira os mogianos já venceram na condição de visitante o Rio Claro (77-82), a Liga Sorocabana (85-87), o Paulistano (74-76), o Basquete Cearense (80-91), o Brasília (86-88), o Uberlândia (80-86), o Minas (66-76) e o Palmeiras (68-84). Hoje, com transmissão ao vivo em nosso site, o Mogi tenta a 9ª vitória seguida fora de casa no NBB7 enfrentando o Pinheiros, em São Paulo.

Tyrone, do Mogi (Cleomar Macedo/Divulgação)

2º) Flamengo NBB1 e Flamengo NBB6 – 9 vitórias seguidas como visitante em fase de classificação

Em 2º lugar no TOP3 das maiores sequências de vitórias consecutivas como visitante na história das fases de classificação do NBB temos duas séries rubro-negras! Na 1ª edição do campeonato o time dirigido por Paulo Chupeta (atualmente no Sub22 do Flamengo) venceu 9 duelos seguidos fora de casa na fase de classificação. A sequência começou depois da derrota para Limeira no Vô Lucato, a partir daí o rubro-negro carioca venceu 9 jogos seguidos fora de casa na temporada regular do NBB1, começando pelo Saldanha da Gama (81-104) e seguindo contra Vila Velha (63-74), Assis (88-106), Bauru (91-98), Joinville (90-100), Bira/Lajeado (73-90), Brasília (92-100), Araraquara (69-76) e Franca (81-86).

Marcelinho_FLA (7)

No NBB6, já dirigido por José Neto, que segue no comando rubro-negro, o Flamengo também obteve 9 triunfos como visitante na fase de classificação. Depois de ser derrotado pelo Minas em BH, na 7ª rodada do campeonato, o rubro-negro venceu os 9 jogos seguintes longe dos seus domínios na fase de classificação; Espírito Santo (60-77), Limeira (67-88), Bauru (94-96), Uberlândia (95-101), Franca (70-80), Goiânia (74-95), Brasília (79-81), Liga Sorocabana (79-98) e Paulistano (67-98), tendo a série encerrada pelo rival local Macaé no litoral norte-fluminense.

Laprovittola-do-Flamengo

1º) Flamengo NBB4/NBB5 e Bauru NBB7 – 11 vitórias seguidas como visitante em fase de classificação

A maior sequência de vitórias consecutivas como visitante na história das fases de classificação do NBB não é uma, na verdade são duas! Uma delas ainda vigente! E a outra iniciada em uma temporada, com um treinador, e finalizada na edição seguinte, já de técnico novo!

Seguindo a lógica das campanhas mais antigas, falemos do Flamengo que venceu 11 partidas seguidas em fases de classificação de duas temporadas combinadas, começando no NBB4 e terminando no NBB5. Após ser derrotado pelo Brasília no Distrito Federal, o Flamengo, então dirigido pelo argentino Gonzalo Garcia, iniciou sua sequência de triunfos como visitante batendo o Tijuca na última rodada da fase de classificação da 4ª edição do campeonato (76-83). No NBB5, já dirigido por José Neto, foram mais 10 vitórias longe dos seus domínios; Vila Velha (61-82), Franca (77-82), Liga Sorocabana (59-87), Bauru (97-102), Tijuca (70-94), Suzano (74-105), Palmeiras (61-106), Minas (90-105), Uberlândia (78-87) e São José (82-84), com a série sendo quebrada pelo Brasília, justamente o último time que, como mandante, tinha vencido o Flamengo na temporada regular, ainda no NBB4.

AESJ-x-Flamengo8

A outra marca pertence ao Bauru e ainda está vigente! Na atual edição do campeonato o Dragão já atuou 12 vezes fora de casa, perdeu a 1ª, para Limeira, e venceu as 11 seguintes! Rio Claro (65-82), Minas (79-84), Uberlândia (76-88), Franca (73-79), Mogi (80-99), São José (71-90), Flamengo (77-84), Macaé (85-93), Brasília (74-85), Basquete Cearense (67-109) e Paulistano (89-90). A série bauruense pode aumentar no dia 19 de fevereiro quando o time dirigido por Guerrinha tem seu próximo compromisso fora de casa no NBB7, contra a Liga Sorocabana no ginásio Gualberto Moreira, em Sorocaba.

Alex Garcia, do Bauru, e Dawkins, do Paulistano

Imagens: LNB

Nenhum comentário para essa publicação: Ver comentários

Conheça as maiores sequências de vitórias consecutivas como visitante na história do NBB

As duas últimas semanas têm sido incríveis para o Mogi e para sua fanática torcida.

IMG_7321

No dia 14 de janeiro o time mogiano foi a Fortaleza para iniciar – contra o Basquete Cearense – uma série de 6 partidas consecutivas fora de casa, uma sequência que seria decisiva para suas pretensões no NBB7.

De lá para cá foram 5 triunfos seguidos para o Mogi como visitante e o último jogo desta longa série longe de casa acontece hoje, contra o Pinheiros, em São Paulo, com transmissão ao vivo em nosso site!

Acontece que em dezembro o time dirigido por Paco Garcia já havia vencido seus últimos 3 compromissos como visitante, então a sequência atual não é de 5 vitórias fora de casa, mas de 8. e caso vença hoje pula pra 9! Sabe aquele visitante folgado que chega em sua casa e logo mete o pé no sofá? Pois é, tipo isso.

Mas se engana quem pensa que esta é a maior sequência de vitórias fora de casa da história do NBB. Nem mesmo da atual edição ela é.

Quer saber quais são as maiores séries de triunfos visitantes seguidos da história do NBB? Então segue a regressiva do post!

5º) Uberlândia NBB5 e Flamengo entre NBB6 e NBB7 – 7 vitórias seguidas como visitante

Pra começar temos um empate. O Uberlândia do NBB5 e o Flamengo em uma seuência que começou na 6ª edição e terminou na 7ª.

Começando pela campanha mais antiga, depois de ser derrotado pelo Palmeiras no Palestra Itália no jogo mais longo da história do NBB, o Uberlândia venceu seus 7 jogos seguintes como visitante na 5ª edição do campeonato, incluindo 3 triunfos nos playoffs! A série começou contra o Suzano (67-89), e seguiu contra Minas (67-90), Vila Velha (66-84) e Franca (73-75), todos ainda na fase de classificação. Nos playoffs os uberlandenses somaram mais três vitórias seguidas fora de casa, Pinheiros duas vezes nas quartas (67-86 e 76-89) e Bauru na semi (75-89). A série só foi interrompida pelo Flamengo na final do NBB5.

2013Apr29 EPC X UNITRI NBB

O rubro-negro carioca também tem uma sequência de 7 vitórias consecutivas fora de casa no NBB! Depois de ser derrotado pelo Mogi no ginásio Professor Hugo Ramos, o Flamengo venceu o Basquete Cearense em Fortaleza (81-88) em seu último jogo como visitante na fase de classificação do NBB6. Depois os cariocas somaram mais 4 triunfos fora de casa nos playoffs; duas contra o Bauru nas quartas (73-92 e 81-84) e mais duas contra o Mogi na semi (78-80 e 71-79). A série continuou na atual edição com mais dois triunfos seguidos como visitante; Paulistano (91-99) e Liga Sorocabana (92-97), sendo encerrada pelo Minas em BH.

José Neto_FLA

4º) Minas NBB1, Limeira NBB7 e Mogi NBB7 (vigente) – 8 vitórias seguidas como visitante

3 times registram 8 vitórias seguidas como visitante no NBB, um deles com a série ainda em andamento.

Seguindo a lógica da campanha mais antiga, na 1ª edição do campeonato o Minas venceu 8 jogos consecutivos fora de casa. Depois de ser derrotado pelo Paulistano em São Paulo na 1ª rodada, o time de Belo Horizonte bateu Pinheiros (80-81), Limeira (79-85), São José (88-89), Vila Velha (69-99), Saldanha da Gama (76-87), Bauru (78-84), Assis (74-79) e Bira/Lajeado (70-84), temdo a série encerrada pelo Joinville no sul do país.

Sucatzky_MIN e Fusco_PIN

Na atual edição foi a vez de Limeira vencer 8 partidas consecutivas como visitante. A série começou no 1º jogo fora de casa no campeonato, contra o Paulistano (84-85), e seguiu contra Liga Sorocabana (83-85), Brasília (83-87), Basquete Cearense (67-85), Minas (72-85), Uberlândia (81-89), Rio Claro (78-87) e Pinheiros (61-73), tendo sido encerrada pelo Palmeiras no ginásio do Pinheiros.

limeiracapa

Mas essa não é a única sequência de 8 triunfos como visitante do NBB7. E um detalhe, a outra série está ativa e pode aumentar ainda hoje. Estamos falando do Mogi que em seu 1º jogo fora de casa na atual edição do maior campeonato de basquete do Brasil foi derrotado por Limeira no Vô Lucato, mas depois disso foi só triunfo longe dos seus domínios. Depois do revés contra Limeira os mogianos já venceram na condição de visitante o Rio Claro (77-82), a Liga Sorocabana (85-87), o Paulistano (74-76), o Basquete Cearense (80-91), o Brasília (86-88), o Uberlândia (80-86), o Minas (66-76) e o Palmeiras (68-84). Hoje, com transmissão ao vivo em nosso site, o Mogi tenta a 9ª vitória seguida fora de casa no NBB7 enfrentando o Pinheiros, em São Paulo.

IMG_7280

3º) Flamengo NBB6 – 9 vitórias seguidas como visitante

Em 3º lugar no TOP5 das maiores sequências de vitórias consecutivas fora de casa no NBB aparece o Flamengo da 6ª edição do campeonato. O time que viria a ser campeão de tudo venceu 9 partidas seguidas como visitante no NBB6. Depois de ser derrotado pelo Minas em BH, na 7ª rodada do campeonato, o rubro-negro venceu os 9 jogos seguintes longe dos seus domínios; Espírito Santo (60-77), Limeira (67-88), Bauru (94-96), Uberlândia (95-101), Franca (70-80), Goiânia (74-95), Brasília (79-81), Liga Sorocabana (79-98) e Paulistano (67-98), tendo a série encerrada pelo rival local Macaé no litoral norte-fluminense.

marqgg

2º) Bauru NBB7 (vigente) – 11 vitórias seguidas como visitante

A 2ª maior sequência de vitórias fora de casa da história do NBB é uma série vigente e pertence ao Bauru! Assim como os mogianos, os bauruenses também foram derrotados por Limeira em seu 1º jogo como visitante no NBB7, mas de lá para cá foram só triunfos longe da Panela de Pressão! Acontece que o Bauru já jogou 12 vezes fora de casa na atual temporada e com essa única derrota para Limeira, os bauruenses já somam 11 triunfos consecutivos longe dos seus domínios; Rio Claro (65-82), Minas (79-84), Uberlândia (76-88), Franca (73-79), Mogi (80-99), São José (71-90), Flamengo (77-84), Macaé (85-93), Brasília (74-85), Basquete Cearense (67-109) e Paulistano (89-90). A série bauruense pode aumentar no dia 19 de fevereiro quando o time dirigido por Guerrinha tem seu próximo compromisso fora de casa no NBB7, contra a Liga Sorocabana no ginásio Gualberto Moreira, em Sorocaba.

Jefferson William, do Bauru, César, do Paulistano

1º) Flamengo NBB1 – 12 vitórias seguidas como visitante

A maior sequência de vitórias consecutivas como visitante na história do NBB pertence ao Flamengo da 1ª edição do campeonato, time que também possui a melhor campanha da história das fases de classificação da competição, 26V-2D. Depois de ser derrotado pelo Limeira de Nezinho, Shamell e Teichmann no Vô Lucato, o rubro-negro carioca venceu incríveis 12 jogos seguidos fora de casa no NBB1, 9 na fase de classificação e mais 3 nos playoffs. A sequência começou contra o Saldanha da Gama (81-104) e seguiu contra Vila Velha (63-74), Assis (88-106), Bauru (91-98), Joinville (90-100), Bira/Lajeado (73-90), Brasília (92-100), Araraquara (69-76) e Franca (81-86), todos estes na fase de classificação. O Flamengo completou a série com mais 3 triunfos nos playoffs; Pinheiros nas quartas (87-92), Joinville na semi (86-88) e Brasília no 1º jogo da final (74-81), tendo a sequência encerrada pelo próprio Brasília no 4º duelo da série decisiva do NBB1.

Baby_FLA (7)

Imagens: LNB

Nenhum comentário para essa publicação: Ver comentários

Bauru e Flamengo venceram todos seus jogos do NBB7 que terminaram com diferença superior a 10 pontos no marcador

Ontem, 26 de janeiro, analisamos aqui no blog as 42 partidas do NBB7 decididas por até 5 pontos de diferença. Vimos quais times tinham mais jogos, mais vitórias e o melhor aproveitamento neste recorte dos jogos apertados, definidos ali, na conta do chá.

Já hoje, dia 27, estamos vendo a outra ponta da corda, as partidas decididas por mais de 10 pontos de diferença. Já vimos quais os times com mais partidas e mais vitórias dentro deste critério e agora chegou o momento de vermos o aproveitamento das 16 equipes do NBB7 nas partidas com diferença de 11 pontos ou mais.

Antes, lembremos que, até aqui, dos 137 jogos do campeonato, 56 foram definidos com vantagem acima dos 10 pontos, o que representa 40,88% das partidas do NBB7.

O percentual é o 2º mais baixo da história do NBB, atrás apenas da 2ª edição da competição que teve 40,72% dos jogos decididos por 11 pontos ou mais.

E quando falamos de aproveitamento nos jogos decididos por uma margem superior a 10 pontos, Bauru e Flamengo são os únicos times perfeitos neste recorte!

laprolarrycapa

Tanto bauruenses como rubro-negros possuem 100% de aproveitamento nas partidas com diferença igual ou superior a 11 pontos, ou seja, não perderam nenhum jogo por 10 ou mais pontos e só venceram por esta vantagem! A diferença é que o time do interior de São Paulo venceu 8 jogos dentro deste parâmetro contra 4 dos cariocas.

Na sequência aparece o líder Limeira com 87,50% de aproveitamento conquistados com 7 triunfos e um único revés com diferença superior a 10 pontos.

Depois temos Mogi e Palmeiras empatados, ambos com 75% de aproveitamento, 3 vitórias e uma derrota por 11 pontos ou mais.

Logo após aparece o Minas com 71,43% de aproveitamento e um cartel de 5 resultados positivos e dois negativos.

O 7º é o Paulistano com 60% (3V-2D), seguido por Pinheiros 54,55% (6V-5D), Franca 50% (4V-4D) e Brasília 42,86% (3V-4D).

Rio Claro e São José aparecem com 33,33% de aproveitamento nos jogos decididos por vantagem superior a 10 pontos, joseenses com 3 vitórias e 6 derrotas, rioclarenses com dois triunfos e 4 reveses.

Fechando a lista temos Basquete Cearense com 22,22% (2V-9D), Macaé 20% (1V-4D), Uberlândia 14,29% (1V-6D) e Liga Sorocabana 12,50% (1V-7D).

Aproveitamento nos jogos decididos por mais de 10 pontos de diferença no NBB7 (antes das partidas do dia 27 de janeiro de 2015)

1º) Bauru e Flamengo – 100% de aproveitamento
3º) Limeira – 87,50% de aproveitamento
4º) Mogi e Palmeiras – 75% de aproveitamento
6º) Minas – 71,43% de aproveitamento
7º) Paulistano – 60% de aproveitamento
8º) Pinheiros – 54,55% de aproveitamento
9º) Franca – 50% de aproveitamento
10º) Brasília – 42,86% de aproveitamento
11º) Rio Claro e São José – 33,33% de aproveitamento
13º) Basquete Cearense – 22,22% de aproveitamento
14º) Macaé – 20% de aproveitamento
15º) Uberlândia – 14,29% de aproveitamento
16º) Liga Sorocabana – 12,50% de aproveitamento

Imagem: LNB
Nenhum comentário para essa publicação: Ver comentários

Entre os 16 times do NBB7, Bauru é o que venceu mais partidas com diferença no placar superior a 10 pontos

Ontem, 26 de janeiro, analisamos aqui no blog as 42 partidas do NBB7 decididas por até 5 pontos de diferença. Vimos quais times tinham mais jogos, mais vitórias e o melhor aproveitamento neste recorte dos jogos apertados, definidos ali, na conta do chá.

Já hoje, dia 27, estamos vendo a outra ponta da corda, as partidas decididas por mais de 10 pontos de diferença. Já vimos quais os times com mais partidas dentro deste critério e agora chegou o momento de vermos quais equipes venceram mais jogos neste NBB7 com diferença de 11 pontos ou mais.

Antes, lembremos que, até aqui, dos 137 jogos do campeonato, 56 foram definidos com vantagem acima dos 10 pontos, o que representa 40,88% das partidas do NBB7.

O percentual é o 2º mais baixo da história do NBB, atrás apenas da 2ª edição da competição que teve 40,72% dos jogos decididos por 11 pontos ou mais.

E na atual edição, ninguém tem mais vitórias que o Bauru por uma diferença superior a 10 pontos!

IMG_8522

Dos 16 triunfos do Dragão no campeonato, 8 foram com vantagem de 11 pontos ou mais no placar!

Na sequência aparece o líder Limeira com 7 resultados positivos com diferença superior a 10 pontos.

Depois temos Pinheiros com 6 vitórias dentro destes critérios e Minas com 5.

Logo após aparecem Flamengo e Franca, ambos com 4 triunfos por 11 pontos ou mais.

Brasília, Mogi, Palmeiras, Paulistano e São José têm 3 vitórias por diferença superior a 10 pontos, enquanto Basquete Cearense e Rio Claro possuem dois triunfos dentro desta margem.

Fechando a lista aparecem Liga Sorocabana, Macaé e Uberlândia, cada qual com um resultado positivo com diferença no placar acima dos 10 pontos, o que quer dizer que todas as 16 equipes do campeonato venceram pelo menos uma vez dentro destes critérios, diferente do que vimos na margem de até 5 pontos.

Vitórias por mais de 10 pontos de diferença no NBB7 (antes das partidas do dia 27 de janeiro de 2015)

1º) Bauru – 8 vitórias
2º) Limeira – 7 vitórias
3º) Pinheiros – 6 vitórias
4º) Minas – 5 vitórias
5º) Flamengo e Franca – 4 vitórias
7º) Brasília, Mogi, Palmeiras, Paulistano e São José – 3 vitórias
12º) Basquete Cearense e Rio Claro – 2 vitórias
14º) Liga Sorocabana, Macaé e Uberlândia – 1 vitória

Imagem: LNB
Nenhum comentário para essa publicação: Ver comentários

Basquete Cearense e Pinheiros são os times com mais partidas decididas por mais de 10 pontos de diferença no NBB7

Ontem, 26 de janeiro, analisamos aqui no blog as 42 partidas do NBB7 decididas por até 5 pontos de diferença. Vimos quais times tinham mais jogos, mais vitórias e o melhor aproveitamento neste recorte dos jogos apertados, definidos ali, na conta do chá.

Já hoje, dia 27, olharemos para a outra ponta da corda, as partidas decididas por mais de 10 pontos de diferença.

Até aqui, dos 137 jogos do campeonato, 56 foram definidos com vantagem acima dos 10 pontos, o que representa 40,88% das partidas do NBB7.

O percentual é o 2º mais baixo da história do NBB, atrás apenas da 2ª edição da competição que teve 40,72% dos jogos decididos por 11 pontos ou mais.

Na atual edição, Basquete Cearense e Pinheiros são os times com mais confrontos decididos por mais de 10 pontos, 11 para cada um, o que dá mais de um terço de todos os duelos com essa diferença de pontos.

bc-pin

Com um detalhe, o Pinheiros só entrou em quadra 16 vezes, então esses 11 jogos com diferença superior a 10 pontos representam 68,75% de suas partidas, enquanto para a equipe de Fortaleza o percentual é de 64,71%.

Na sequência aparece o São José com 9 jogos decididos por mais de 10 pontos de diferença, 52,94% do total de partidas joseenses.

Depois temos Bauru, Franca, Liga Sorocabana e Limeira, com 8 partidas neste recorte. Bauruenses e limeirenses em 18 duelos (44,44%), francanos e sorocabanos em 17 (47,06%).

Logo após aparecem Brasília, Minas e Uberlândia com 7 confrontos definidos por 11 pontos ou mais, o que representa 41,18% do total de jogos de cada um dos 3 times.

O Rio Claro já teve 6 jogos decididos por 10 pontos ou mais, 35,29% do total de partidas da equipe estreante do NBB.

Macaé e Paulistano aparecem com 5 jogos dentro dos critérios analisados, o time de São Paulo em 19 partidas e o do Rio de Janeiro em 17, o que dá respectivos percentuais de 26,32% e 29,41% em relação ao total de confrontos de cada uma das duas equipes.

Fechando a lista dos times com mais jogos decididos por mais de 10 pontos temos Flamengo, Mogi e Palmeiras. Eles que foram os recordistas de duelos com margem de até 5 pontos são os que possuem menos jogos decididos por mais de 10 pontos de diferença, apenas 4 para cada um deles.

Jogos Decididos por mais de 10 pontos de diferença no NBB7 (antes das partidas do dia 27 de janeiro de 2015)

1º) Basquete Cearense e Pinheiros – 11
3º) São José – 9
4º) Bauru, Franca, Liga Sorocabana e Limeira – 8
8º) Brasília, Minas e Uberlândia – 7
11º) Rio Claro – 6
12º) Macaé e Paulistano – 5
14º) Flamengo, Mogi e Palmeiras – 4

Imagem: LNB
Nenhum comentário para essa publicação: Ver comentários

Líder do NBB7, Limeira é o único time com 100% de aproveitamento nas partidas decididas por até 5 pontos de diferença

Até aqui, 137 partidas já foram realizadas no NBB7, o que representa mais da metade da fase de classificação.

Destes 137 jogos, 42 foram decididos por até 5 pontos de diferença, o que representa 30,66% dos confrontos jogados até agora, proporção superior às 3 últimas edições do campeonato.

Nos posts anteriores já vimos os times que tiveram mais partidas decididas por até 5 pontos de diferença no NBB7 e as equipes que mais venceram jogos dentro desta margem no campeonato.

Agora chegou a hora de vermos quais são os times com melhor aproveitamento dentro desta diferença de 5 pontos.

E neste recorte não tem pra ninguém, o líder Limeira é o único com 100% de aproveitamento, o único que venceu todas as suas partidas que foram decididas por uma diferença igual ou inferior a 5 pontos!

limeira-shooters

Os limeirenses tiveram 4 duelos decididos por até 5 pontos e os comandados do técnico Dedé Barbosa venceram simplesmente todos, 100% de aproveitamento!

Em 2º lugar nesse ranking aparece o Minas com 80% de aproveitamento, 4 vitórias em 5 partidas decididas por até 5 pontos de diferença.

Depois temos São José e Uberlândia com 75% de aproveitamento, cada um com 3 resultados positivos em 4 confrontos com diferença igual ou inferior a 5 pontos no marcador.

Na sequência vem o Bauru com 66,67% de aproveitamento, dois triunfos em 3 jogos decididos por até 5 pontos.

Logo após aparece o Franca com 60% de aproveitamento, 3 vitórias e duas derrotas dentro dos critérios analisados.

O Macaé vem encostado nos francanos com 57,14% de aproveitamento, 4 resultados positivos e 3 negativos com a diferença no marcador em até 5 pontos.

Flamengo e Mogi são os times que mais venceram jogos pela diferença de até 5 pontos, mas quando o assunto é aproveitamento nas partidas com esse recorte eles só aparecem no meio da tabela com 5 triunfos e 4 reveses, o que representa 55,56% de aproveitamento.

A lista segue com Palmeiras 44,44% (4V-5D), Paulistano 42,86% (3V-4D), Brasília 28,57% (2V-5D) e Rio Claro 20% (1V-4D).

Fechando o ranking aparecem Basquete Cearense, Liga Sorocabana e Pinheiros, os 3 times que ainda não registraram nenhuma vitória por até 5 pontos de diferença no NBB7 e por isto possuem 0% de aproveitamento neste recorte; os nordestinos com uma derrota, pinheirenses com 3 e sorocabanos com 4 nos critérios analisados.

Aproveitamento nos jogos decididos por até 5 pontos de diferença no NBB7 (antes das partidas do dia 27 de janeiro de 2015)

1º) Limeira – 100% de aproveitamento
2º) Minas – 80% de aproveitamento
3º) São José e Uberlândia – 75% de aproveitamento
5º) Bauru – 66,67% de aproveitamento
6º) Franca – 60% de aproveitamento
7º) Macaé – 57,14% de aproveitamento
8º) Flamengo e Mogi – 55,56% de aproveitamento
10º) Palmeiras – 44,44% de aproveitamento
11º) Paulistano – 42,86% de aproveitamento
12º) Brasília – 28,57% de aproveitamento
13º) Rio Claro – 20% de aproveitamento
14º) Basquete Cearense, Liga Sorocabana e Pinheiros – 0% de aproveitamento

Imagem: LNB
Nenhum comentário para essa publicação: Ver comentários

Entre os 16 times do NBB7, Flamengo e Mogi são os que venceram mais partidas por até 5 pontos de diferença

Até aqui, 137 partidas já foram realizadas no NBB7, o que representa mais da metade da fase de classificação.

Destes 137 jogos, 42 foram decididos por até 5 pontos de diferença, o que representa 30,66% dos confrontos jogados até agora, proporção superior às 3 últimas edições do campeonato.

Como vimos no post anterior, Flamengo, Mogi e Palmeiras são os principais responsáveis por tamanha emoção no NBB7, cada um deles com 9 partidas decididas dentro desta margem de 5 pontos.

Agora chegou a hora de vermos quais são os times com mais vitórias dentro desta diferença de 5 pontos.

E neste recorte, mais uma vez Flamengo e Mogi aparecem na ponta!

elinho-lapro

Rubro-negros e mogianos são as equipes com mais triunfos por até 5 pontos de diferença no NBB7, cada um deles com 5 vitórias dentro desta margem!

Na sequência aparecem 4 equipes com 4 vitórias por até 5 pontos de diferença; Limeira, Macaé, Minas e Palmeiras.

Depois temos Franca, Paulistano, São José e Uberlândia, cada um com 3 resultados positivos com diferença igual ou inferior a 5 pontos no marcador.

Logo após aparecem Bauru e Brasília, cada um com duas vitórias dentro dos critérios analisados.

O Rio Claro possui um único triunfo por até 5 pontos de diferença.

Fechando a lista aparecem Basquete Cearense, Liga Sorocabana e Pinheiros, os 3 times que ainda não registraram nenhuma vitória por até 5 pontos de diferença no NBB7.

Vitórias por até 5 pontos de diferença no NBB7 (antes das partidas do dia 27 de janeiro de 2015)

1º) Flamengo e Mogi – 5 vitórias
3º) Limeira, Macaé, Minas e Palmeiras – 4 vitórias
7º) Franca, Paulistano, São José e Uberlândia – 3 vitórias
11º) Bauru e Brasília – 2 vitórias
13º) Rio Claro – 1 vitória
14º) Basquete Cearense, Liga Sorocabana e Pinheiros – 0 vitória

Imagem: LNB
Nenhum comentário para essa publicação: Ver comentários

Flamengo, Mogi e Palmeiras são os times com mais partidas decididas por até 5 pontos de diferença no NBB7

Até aqui, 137 partidas já foram realizadas no NBB7, o que representa mais da metade da fase de classificação.

Destes 137 jogos, 42 foram decididos por até 5 pontos de diferença, o que representa 30,66% dos confrontos jogados até agora, proporção superior às 3 últimas edições do campeonato.

3 times são os principais responsáveis por tamanha emoção no NBB7!

Flamengo, Mogi e Palmeiras são as 3 equipes com mais partidas decididas por até 5 pontos no campeonato, 9 para cada um dos 3 times e, portanto, mais da metade dos 42 da competição!

flamogipal

Como o rubro-negro jogou menos vezes, 16, isto quer dizer que 56,25% dos seus duelos no NBB7 foram decididos por até 5 pontos de diferença. Já para palestrinos e mogianos as 9 partidas com vantagem de até 5 pontos representam 52,94% dos seus confrontos.

Na sequência aparecem Brasília, Macaé e Paulistano com 7 partidas decididas por diferença de até 5 pontos. Isto representa que 41,18% dos jogos dos macaenses e dos candangos foram decididos por esta vantagem, para o time da capital de São Paulo as 7 partidas representam 36,84% dos seus duelos já que o time de Gustavo De Conti já entrou em quadra 19 vezes, contra 17 dos outros dois.

Depois temos Franca, Minas e Rio Claro com 5 jogos decididos por até 5 pontos, o que representa 29,41% de suas partidas.

Logo após aparecem Liga Sorocabana, Limeira, São José e Uberlândia com 4 jogos na margem dos 5 pontos. Destes, apenas Limeira entrou em quadra 18 vezes, por isto os 4 confrontos com diferença de até 5 pontos representam 22,22% dos duelos limeirenses, enquanto das outras 3 equipes o percentual é de 23,53%.

Bauru e Pinheiros fizeram apenas 3 jogos com vantagem de até 5 pontos. Para os bauruenses essas 3 partidas representam 16,67% dos seu total de jogos, já para os pinheirenses o percentual é de 18,75%.

Fechando a lista aparece o Basquete Cearense com um único jogo com diferença no marcador igual ou inferior a 5 pontos, o que representa 5,88% das suas partidas até aqui no NBB7.

Jogos Decididos por até 5 pontos de diferença no NBB7 (antes das partidas do dia 27 de janeiro de 2015)

1º) Flamengo, Mogi e Palmeiras – 9
4º) Brasília, Macaé e Paulistano – 7
7º) Franca, Minas e Rio Claro – 5
10º) Liga Sorocabana, Limeira, São José e Uberlândia – 4
14º) Bauru e Pinheiros – 3
16º) Basquete Cearense – 1

Imagem: LNB
Nenhum comentário para essa publicação: Ver comentários

Entre os 16 times do NBB7, Bauru é o que tem a maior margem de vitórias no campeonato, média de 15,21 pontos por triunfo

Que o Paschoalotto/Bauru é um dos melhores times do país e do continente a gente já sabe, o elenco bauruense foi montado para levar a equipe às glórias!

Guerrinha tem em mãos um grupo de jogadores bastante heterogêneo, o que lhe dá muitas possibilidades de montagem e variação do time.

Bauru Foto1

Mas embora composto por atletas de características de jogo e personalidades bem diferentes, o plantel do Dragão tem uma coisa em comum, a vontade de vencer!

No NBB7 a campanha do Bauru é primorosa, 14 vitórias em 16 partidas e a vice-liderança da competição com certa folga, com 3 derrotas a menos que o Minas, o 3º colocado.

Mas o time bauruense não só vence, como também convence!

Bauru Foto2

Metade dos triunfos do Dragão aconteceram com dois dígitos de diferença, sendo que 6 desses 7 foram por 17 pontos ou mais.

Some-se a isto a histórica vitória sobre o Pinheiros por 61 pontos de vantagem na Panela de Pressão, 116-55, e temos o time com a maior margem de vitórias do NBB7!

Em média, o Bauru vence seus confrontos por uma diferença de 15,21 pontos, a maior do campeonato. A 2ª colocada neste quesito é a Liga Sorocabana, com margem de vitória de 15 pontos. Mas não podemos nos esquecer de um detalhe, os sorocabanos só venceram dois jogos, enquanto os bauruenses triunfaram em 14, o que dificulta, e muito, manter a margem.

Para se ter uma ideia, das outras 5 equipes que já superaram a marca dos 10 resultados positivos no NBB7 a maior margem é do Flamengo com média de 11,90 pontos de vantagem em seus triunfos, seguido por Limeira (10,44), Franca (10,40), Minas (9,91) e Mogi (5,80).

O dado pode não dizer muita coisa, mas corrobora a ideia vigente de quem acompanha a bola laranja nacional, o Bauru não só vence, mas também convence! E o time dirigido por Guerrinha vem com tudo para brigar pelo título do NBB7!

Bauru Foto3

Abaixo, confira a lista das margens de vitórias das 16 equipes do NBB7.

Margem de Vitórias no NBB7 (antes dos jogos de 22/01/2015)

1º) Bauru – média de 15,21 pontos de vantagem
2º) Liga Sorocabana – média de 15,00 pontos de vantagem
3º) Pinheiros – média de 13,86 pontos de vantagem
4º) Flamengo – média de 11,90 pontos de vantagem
5º) Rio Claro – média de 11,67 pontos de vantagem
6º) Basquete Cearense – média de 11,00 pontos de vantagem
7º) Limeira – média de 10,44 pontos de vantagem
8º) Franca – média de 10,40 pontos de vantagem
9º) Minas – média de 9,91 pontos de vantagem
10º) Paulistano – média de 9,67 pontos de vantagem
11º) São José – média de 9,11 pontos de vantagem
12º) Brasília- média de 8,60 pontos de vantagem
13º) Palmeiras – média de 8,00 pontos de vantagem
14º) Macaé – média de 6,57 pontos de vantagem
15º) Mogi – média de 5,80 pontos de vantagem
16º) Uberlândia – média de 4,75 pontos de vantagem

Imagens: LNB
Nenhum comentário para essa publicação: Ver comentários

Entre os 16 times do NBB7, Uberlândia é o que tem a menor margem de vitórias no campeonato, média de 4,75 pontos por triunfo

Com uma campanha de 4 vitórias e 12 derrotas, o Unitri/Pilhas Energizer/Uberlândia ocupa apenas a 14ª colocação da tabela de classificação do NBB7 e, hoje, se encontra fora da zona de classificação aos playoffs.

Posição estranha para o time do Triângulo Mineiro que, desde que entrou no NBB, sempre ocupou a parte de cima da tabela do campeonato.

IMG_0931

Um detalhe que chama a atenção é que não só as vitórias estão raras na temporada 2014/2015, como também elas estão acontecendo no sufoco, bem na conta do chá.

Entre as 16 equipes que disputam a 7ª edição do NBB, o Uberlândia é o que tem a menor margem de vitórias.

3 dos seus 4 triunfos aconteceram com um diferença de 3 ou menos pontos no marcador; 81-80 contra o Macaé e 101-98 contra o Flamengo em casa, além de 90-87 contra o Brasília no Distrito Federal.

E só uma vitória do time do Triângulo Mineiro foi acima dos 10 pontos, 82-70 contra a Liga Sorocabana em Sorocaba.

Com isto, a média de vantagem das vitórias uberlandenses é de apenas 4,75 pontos, a menor do NBB7.

Abaixo, confira a lista das margens de vitórias das 16 equipes do NBB7.

Margem de Vitórias no NBB7 (antes dos jogos de 22/01/2015)

1º) Bauru – média de 15,21 pontos de vantagem
2º) Liga Sorocabana – média de 15,00 pontos de vantagem
3º) Pinheiros – média de 13,86 pontos de vantagem
4º) Flamengo – média de 11,90 pontos de vantagem
5º) Rio Claro – média de 11,67 pontos de vantagem
6º) Basquete Cearense – média de 11,00 pontos de vantagem
7º) Limeira – média de 10,44 pontos de vantagem
8º) Franca – média de 10,40 pontos de vantagem
9º) Minas – média de 9,91 pontos de vantagem
10º) Paulistano – média de 9,67 pontos de vantagem
11º) São José – média de 9,11 pontos de vantagem
12º) Brasília- média de 8,60 pontos de vantagem
13º) Palmeiras – média de 8,00 pontos de vantagem
14º) Macaé – média de 6,57 pontos de vantagem
15º) Mogi – média de 5,80 pontos de vantagem
16º) Uberlândia – média de 4,75 pontos de vantagem

Nenhum comentário para essa publicação: Ver comentários