Veja também:

RSS Feed

Saiba o que Bauru e Mogi fizeram na série semifinal do NBB7 e nas partidas na Panela, onde tudo se decide hoje, no jogo 5!

Hoje é dia de decisão para Bauru e Mogi no NBB7!

Shamell, do Mogi, e Alex, do Bauru

As duas equipes se enfrentam nesta quarta (20 de maio), no ginásio Panela de Pressão, na Cidade Sem Limites. A partida começa às 19h30 e terá transmissão ao vivo do SporTV 2!

E é Jogo 5! Quem vencer se garante na Final do NBB7 e quem perder dá adeus ao campeonato.

A série está extremamente equilibrada, tanto que nenhum dos 4 primeiros confrontos terminou com diferença de dígitos duplos no placar. O Mogi abriu os trabalhos vencendo por 81-73 na Panela de Pressão e, na sequência, ainda na Cidade sem Limites, o Bauru empatou a série com o triunfo por 84-81. Nos dois jogos no Hugo Ramos, mais uma vitória para cada lado. Primeiro o Mogi, 85-78, depois o Bauru, 98-91 com direito a duas prorrogações!

Abaixo, as médias de Bauru e Mogi nas semifinais do NBB7 e, na sequência, os números da série apenas nas partidas na Panela de Pressão, onde tudo se decide hoje!

Na série

Vitórias

Bauru 2 X 2 Mogi

Pontos

Mogi 84,50 – Bauru 83,25

Total Rebotes

Mogi 37,75 – Bauru 31,50

Rebotes Defensivos

Mogi 24,25 – Bauru 22,00

Rebotes Ofensivos

Mogi 13,50 – Bauru 9,50

Assistências

Bauru 17,50 – Mogi 15,25

Recuperações de Bola

Mogi 8,50 – Bauru 7,75

Tocos

Mogi 1,75 – Bauru 1,50

Desperdícios de Bola

Mogi 15,25 – Bauru 16,75

Relação Assistências/Desperdícios

Bauru dá 1,05 assistências pra cada desperdício – Mogi dá 1,00 assistências pra cada desperdício

Aproveitamento Bolas de 2 Pontos

Bauru 55,00% – Mogi 51,79%

Aproveitamento Bolas de 3 Pontos

Mogi 36,17% – Bauru 34,88%

Aproveitamento Lances Livres

Bauru 84,62% – Mogi 74,70%

Tentativas Bolas de 2 Pontos

Mogi 42,00 – Bauru 25,00

Tentativas Bolas de 3 Pontos

Bauru 32,25 – Mogi 23,50

Tentativas Lances Livres

Bauru 26,00 – Mogi 20,75

Conversões Bolas de 2 Pontos

Mogi 21,75 – Bauru 13,75

Conversões Bolas de 3 Pontos

Bauru 11,25 – Mogi 8,50

Conversões Lances Livres

Bauru 22,00 – Mogi 15,50

Relação Arremessos 2 e 3 Pontos

Mogi dá 1,79 chutes de 2 pontos pra cada triplo tentado – Bauru dá 0,78 chutes de 2 pontos pra cada triplo tentado

Relação Conversões 2 e 3 Pontos

Mogi faz 2,56 cestas de 2 pontos pra cada triplo convertido – Bauru faz 1,22 cestas de 2 pontos pra cada triplo convertido

Nos jogos da série na Panela de Pressão, onde acontecerá a decisão

Alex Garcia, do Bauru, e Shamell, do Mogi

Vitórias

Bauru 1 X 1 Mogi

Pontos

Mogi 81,00 – Bauru 78,50

Total Rebotes

Mogi 30,50 – Bauru 27,50

Rebotes Defensivos

Mogi 22,00 – Bauru 18,00

Rebotes Ofensivos

Bauru 9,50 – Mogi 8,50

Assistências

Bauru 18,00 – Mogi 12,50

Recuperações de Bola

Bauru 8,50 – Mogi 8,00

Tocos

Bauru 0,50 – Mogi 0,50

Desperdícios de Bola

Bauru 14,00 – Mogi 14,00

Relação Assistências/Desperdícios

Bauru dá 1,29 assistências pra cada desperdício – Mogi dá 0,89 assistências pra cada desperdício

Aproveitamento Bolas de 2 Pontos

Mogi 61,33% – Bauru 57,78%

Aproveitamento Bolas de 3 Pontos

Mogi 40,00% – Bauru 34,38%

Aproveitamento Lances Livres

Bauru 88,64% – Mogi 77,78%

Tentativas Bolas de 2 Pontos

Mogi 37,50 – Bauru 22,50

Tentativas Bolas de 3 Pontos

Bauru 32,00 – Mogi 17,50

Tentativas Lances Livres

Bauru 22,00 – Mogi 18,00

Conversões Bolas de 2 Pontos

Mogi 23,00 – Bauru 13,00

Conversões Bolas de 3 Pontos

Bauru 11,00 – Mogi 7,00

Conversões Lances Livres

Bauru 19,50 – Mogi 14,00

Relação Arremessos 2 e 3 Pontos

Mogi dá 2,14 chutes de 2 pontos pra cada triplo tentado – Bauru dá 0,70 chutes de 2 pontos pra cada triplo tentado

Relação Conversões 2 e 3 Pontos

Mogi faz 3,29 cestas de 2 pontos pra cada triplo convertido – Bauru faz 1,18 cestas de 2 pontos pra cada triplo convertido

Imagens: LNB
Nenhum comentário para essa publicação: Ver comentários

Em toda história dos playoffs do NBB, 90% das equipes que abriram 2 a 0 em uma série acabaram vencendo o confronto

Nesta quinta, 14 de maio, Flamengo e Limeira se enfrentam no Rio de Janeiro na 3ª partida da série semifinal do NBB7 que, até aqui, é liderada pelo rubro-negro, 2 a 0.

Quem já garantiu sua entrada poderá ver o jogão no Tijuca, quem não comprou não compra mais já que todos os ingressos foram vendidos antecipadamente! Mas não precisa ficar triste que o SporTV 2 mostra tudo ao vivo pra você, às 20h30!

Laprovittola, do Flamengo, e Ronald Ramon, do Limeira

O Flamengo entra em quadra não só com a vantagem adquirida com as duas vitórias no Vô Lucato e a confiança de ter reencontrado seu melhor basquete no momento crucial do NBB7, mas também com a força da história.

Em todas as 7 edições do NBB, 32 séries de playoffs começaram com um time abrindo 2 a 0 e destas, 29 terminaram com o triunfo da equipe que largou na frente.

Isto quer dizer que em 90,63% das vezes que um time abre 2 a 0 em uma série de playoffs do NBB ele vence o confronto.

Nestas 29 séries vencidas pela equipe que abriu 2 a 0, 23 acabaram com varrida, 3-0, o que representa 79,31% de todas as séries vencidas pelos times que largaram com dois triunfos de vantagem.

4 destas 29 séries terminaram 3-2 (13,79%), enquanto apenas duas acabaram com o placar de 3 a 1, o que dá 6,90% deste recorte.

São apenas 3 exceções à regra, uma em cada uma das últimas 3 edições do campeonato.

No NBB4 o Joinville abriu 2 a 0 nas 4as de Final contra o Pinheiros, mas o time paulista conseguiu a virada e avançou à semifinal.

No ano seguinte novamente o Pinheiros conseguiu vencer uma série depois de largar perdendo por 2 a 0, foi nas 8as contra Limeira.

Já no NBB6 Limeira abriu 2 a 0 contra o Mogi nas 4as, o time do Alto Tietê empatou a série com dois triunfos no Hugão e decretou a virado no jogo 5 no Vô Lucato.

Portanto o Flamengo entra em quadra hoje não só com a vantagem da série e a confiança recuperada de um time acostumado com decisões, mas com o fator história/estatísticas jogando muito a seu favor.

Herrmann, do Flamengo

E ao Limeira fica a chance de contrariar os números e recontar a história do NBB. Em quem você aposta para o jogo 3?

Às 20h30 tem mais #semifinal do #NBB7 ao vivo no SporTV 2! #Jogo3 da série Clube de Regatas do Flamengo X Winner…

Posted by NBB on Quinta, 14 de maio de 2015

Imagens: LNB

Nenhum comentário para essa publicação: Ver comentários

Em desvantagem, Limeira tenta fazer história e ser o 1º time a vencer uma semifinal de NBB depois sair perdendo a série por 2-0

Limeira fez uma campanha sensacional na 1ª fase do NBB7. Foram 25 vitórias em 30 partidas e o 2º lugar na tábua de classificação, sua melhor posição em todas as edições do campeonato.

Depois de passar pelo Brasília com autoridade nas 4as de Final, chegou a vez dos limeirenses encararem o Flamengo, atual bicampeão do NBB.

A tarefa por si só já era árdua e ficou ainda mais complicada após os dois primeiros jogos da série, no interior de São Paulo, que terminaram com vitórias rubro-negras, 85-78 e 92-73.

Hayes, do Limeira, e Marquinhos, do Flamengo

Com as derrotas nas duas primeiras partidas, Limeira passou a precisar de um feito histórico para avançar à decisão do NBB7, tornar-se a 1ª equipe a vencer uma semifinal de NBB depois de começar a série com um 0-2.

Nas 6 primeiras edições do NBB, 4 das 12 séries semifinais começaram com 2-0 e em todas elas o time que largou na frente acabou vencendo.

Em 3 destas oportunidades a série terminou 3-0 e na outra 3-1.

A 1ª vez que um time abriu 2-0 na semifinal do NBB aconteceu na 1ª edição. O Flamengo venceu os dois primeiros jogos contra o Joinville, o 1º em Santa Catarina e o 2º no Rio - playoffs eram em outro formato, 1-2-1-1, com jogo1 na casa do time de pior campanha - e fechou a o confronto triunfando novamente em seus domínios, 3-0.

No NBB3 as duas semifinais começaram com 2-0. O Franca fez 2-0 contra o Flamengo e fechou 3-0. Já o Brasília abriu a série contra o Pinheiros com 2-0 e venceu por 3-1.

No NBB5 foi a vez do Uberlândia abrir dois e fechar 3-0 na semi contra o Bauru.

No NBB6 a Liga Nacional de Basquete passou a adotar um novo formato nos playoffs e no 1º ano de configuração 2-2-1, com os dois primeiros jogos na casa do time de melhor campanha, ninguém abriu 2-0 nas semis.

Portanto, para chegar a sua 1ª final de NBB Limeira terá que fazer história e se tornar a 1ª equipe a vencer uma semifinal de NBB depois de começar a série com um 0-2.

NBB - Minas x Limeira - 3078

De quebra o time do interior de São Paulo também pode ser o 1º a vencer uma série de NBB - em qualquer etapa dos playoffs - depois de começar a série com 0-2 em seus domínios. Como dissemos acima, o formato 2-2-1 foi instituído apenas na 6ª edição da competição, por isso uma única vez uma série do campeonato começou com um time sendo derrotado nos jogos 1 e 2 em casa. Nas 4as do NBB6 o São José venceu as duas primeiras partidas da série contra o Brasília no Distrito Federal e selou a classificação para a semifinal no jogo 3, no caldeirão do Lineu de Moura.

E você torcedor, acredita que Limeira pode recontar a história da série?

Imagens: LNB

Nenhum comentário para essa publicação: Ver comentários

Veja os números das partidas entre Bauru e Mogi no NBB7. Os dois times abrem a série semifinal do campeonato neste domingo!

Neste domingo, 10 de maio, Bauru e Mogi abrem sua série semifinal do NBB7!

O jogo, que acontece na Panela de Pressão, em Bauru, terá início às 19h30 e será transmitido ao vivo pelo SporTV!

Antes do começo da série, veremos o que as duas equipes fizeram nos dois confrontos diretos na temporada regular do NBB7!

Bauru e Mogi se enfrentaram duas vezes na fase de classificação do NBB7 e os bauruenses venceram os dois duelos com grande tranquilidade, 99-80 em Mogi e 97-75 na Cidade Sem Limites.

Larry, do Bauru, e Elinho, do Mogi

Médias nos Dois Confrontos Diretos

Pontos

Bauru 98,00  – Mogi 77,50

Total Rebotes

Bauru 37,00 – Mogi 33,00

Rebotes Defensivos

Bauru 27,00 – Mogi 22,00

Rebotes Ofensivos

Mogi 11,00 – Bauru 10,00

Assistências

Bauru 23,50 – Mogi 13,00

Recuperações de Bola

Mogi 9,00 – Bauru 8,50

Tocos

Bauru 1,50 – Mogi 1,00

Desperdícios de Bola

Mogi 13,00  – Bauru 13,50

Relação Assistências/Desperdícios

Bauru dá 1,74 assistências pra cada desperdício – Mogi dá 1,00 assistências pra cada desperdício

Aproveitamento Bolas de 2 Pontos

Bauru 61,54% – Mogi 47,83%

Aproveitamento Bolas de 3 Pontos

Bauru 47,37% – Mogi 32,56%

Aproveitamento Lances Livres

Bauru 72,73% – Mogi 71,43%

Tentativas Bolas de 2 Pontos

Mogi 46,00 – Bauru 26,00

Tentativas Bolas de 3 Pontos

Bauru 38,00 – Mogi 21,50

Tentativas Lances Livres

Mogi 17,50 – Bauru 16,50

Conversões Bolas de 2 Pontos

Mogi 22,00 – Bauru 16,00

Conversões Bolas de 3 Pontos

Bauru 18,00 – Mogi 7,00

Conversões Lances Livres

Mogi 12,50 – Bauru 12,00

Relação Arremessos 2 e 3 Pontos

Mogi dá 2,14 chutes de 2 pontos pra cada triplo tentado – Bauru dá 0,68 chutes de 2 pontos pra cada triplo tentado  

Relação Conversões 2 e 3 Pontos

Mogi faz 3,14 cestas de 2 pontos pra cada triplo convertido – Bauru faz 0,89 cestas de 2 pontos pra cada triplo convertido

Imagem: LNB

Nenhum comentário para essa publicação: Ver comentários

Veja os números das partidas entre Limeira e Flamengo no NBB7. Os dois times abrem as semifinais do campeonato neste sábado!

Neste sábado, 9 de maio, Limeira e Flamengo abrem as semifinais do NBB7!

O jogo, que acontece no interior de São Paulo, terá início às 16 horas e será transmitido ao vivo pelo SporTV!

Antes do começo da série, veremos o que as duas equipes fizeram nos dois confrontos diretos na temporada regular do NBB7!

Limeira e Flamengo se enfrentaram duas vezes na fase de classificação do NBB7 com um triunfo para cada lado. No Vô Lucato deu Limeira, 78-73, já no Tijuca a vitória foi rubro-negra, 86-70.

Ramon, do Limeira, e Marcelinho, do Flamengo

Médias nos Dois Confrontos Diretos

Pontos

Flamengo 79,50  – Limeira 74,00

Total Rebotes

Limeira 34,00 – Flamengo 34,00

Rebotes Defensivos

Flamengo 24,00 – Limeira 22,50

Rebotes Ofensivos

Limeira 11,50 – Flamengo 10,00

Assistências

Flamengo 17,50 – Limeira 13,50

Recuperações de Bola

Flamengo 10,00  – Limeira 8,50

Tocos

Limeira 2,50 – Flamengo 2,50

Desperdícios de Bola

Flamengo 11,00  – Limeira 13,00

Relação Assistências/Desperdícios

Flamengo dá 1,59 assistências pra cada desperdício – Limeira dá 1,04 assistências pra cada desperdício

Aproveitamento Bolas de 2 Pontos

Flamengo 50,00% – Limeira 48,00%

Aproveitamento Bolas de 3 Pontos

Flamengo 47,73% – Limeira 35,42%

Aproveitamento Lances Livres

Limeira 86,20% – Flamengo 66,67%

Tentativas Bolas de 2 Pontos

Flamengo 40,00 – Limeira 37,50

Tentativas Bolas de 3 Pontos

Limeira 24,00 – Flamengo 22,00

Tentativas Lances Livres

Limeira 14,50 – Flamengo 12,00

Conversões Bolas de 2 Pontos

Flamengo 20,00 – Limeira 18,00

Conversões Bolas de 3 Pontos

Flamengo 10,50 – Limeira 8,50

Conversões Lances Livres

Limeira 12,50 – Flamengo 8,00

Relação Arremessos 2 e 3 Pontos

Flamengo dá 1,82 chutes de 2 pontos pra cada triplo tentado – Limeira dá 1,56 chutes de 2 pontos pra cada triplo tentado  

Relação Conversões 2 e 3 Pontos

Limeira faz 2,12 cestas de 2 pontos pra cada triplo convertido – Flamengo faz 1,91 cestas de 2 pontos pra cada triplo convertido

Imagem: LNB

Nenhum comentário para essa publicação: Ver comentários

Saiba o que Flamengo e São José fizeram na série 4as de Final do NBB7 e nas partidas no Rio, onde tudo se decide hoje, no jogo 5!

Hoje é dia de decisão para Flamengo e São José no NBB7!

Laws, do São José, e Laprovittola, do Flamengo

As duas equipes se enfrentam nesta terça (5 de maio), no ginásio do Tijuca, no Rio de Janeiro. O jogo começa às 21 horas e terá transmissão ao vivo do SporTV!

E é Jogo 5! Quem vencer se garante nas semifinais do NBB7 e quem perder dá adeus ao campeonato.

A série começou com larga vitória rubro-negra em casa, 85-62, mas na sequência o time joseense deu o troco jogando novamente no Rio de Janeiro, 82-76. Longe dos seus domínios o Flamengo retomou a dianteira no duelo com mais um triunfo por boa margem, 86-68, mas na 4ª partida o São José se recuperou, venceu no caldeirão do Lineu de Moura por 81-76, voltou a empatar o confronto e forçou o Jogo 5.

Abaixo, as médias de Flamengo e São José nas 4as de Final do NBB7 e, na sequência, os números da série apenas nas partidas no Rio de Janeiro, onde tudo se decide hoje!

Na série

Vitórias

Flamengo 2 X 2 São José

Pontos

Flamengo 80,75 – São José 73,25

Total Rebotes

São José 35,00 – Flamengo 34,25

Rebotes Defensivos

São José 26,00 – Flamengo 25,25

Rebotes Ofensivos

Flamengo 9,00 – São José 9,00

Assistências

São José 18,25 – Flamengo 15,75

Recuperações de Bola

Flamengo 10,75 – São José 5,75

Tocos

São José 2,00 – Flamengo 1,50

Desperdícios de Bola

Flamengo 8,00 – São José 13,00

Relação Assistências/Desperdícios

Flamengo dá 1,97 assistências pra cada desperdício – São José dá 1,40 assistências pra cada desperdício

Aproveitamento Bolas de 2 Pontos

São José 57,60% – Flamengo 53,21%

Aproveitamento Bolas de 3 Pontos

Flamengo 32,08% – São José 27,27%

Aproveitamento Lances Livres

Flamengo 78,57% – São José 70,91%

Tentativas Bolas de 2 Pontos

São José 39,50 – Flamengo 39,00

Tentativas Bolas de 3 Pontos

Flamengo 26,50 – São José 22,00

Tentativas Lances Livres

Flamengo 17,50 – São José 13,75

Conversões Bolas de 2 Pontos

São José 22,75 – Flamengo 20,75

Conversões Bolas de 3 Pontos

Flamengo 8,50 – São José 6,00

Conversões Lances Livres

Flamengo 13,75 – São José 9,75

Relação Arremessos 2 e 3 Pontos

São José 1,80 chutes de 2 pontos pra cada triplo tentado – Flamengo 1,47 chutes de 2 pontos pra cada triplo tentado

Relação Conversões 2 e 3 Pontos

São José 3,79 cestas de 2 pontos pra cada triplo convertido – Flamengo 2,44 cestas de 2 pontos pra cada triplo convertido

Nos jogos da série no Rio, onde acontecerá a decisão

_DSC0028

Vitórias

Flamengo 1 X 1 São José

Pontos

Flamengo 80,50 – São José 72,00

Total Rebotes

Flamengo 36,50 – São José 34,50

Rebotes Defensivos

Flamengo 28,00 – São José 26,50

Rebotes Ofensivos

Flamengo 8,50 – São José 8,00

Assistências

São José 17,50 – Flamengo 14,50

Recuperações de Bola

Flamengo 9,00 – São José 4,00

Tocos

Flamengo 1,50 – São José 0,50

Desperdícios de Bola

Flamengo 7,50 – São José 11,50

Relação Assistências/Desperdícios

Flamengo dá 1,93 assistências pra cada desperdício – São José dá 1,52 assistências pra cada desperdício

Aproveitamento Bolas de 2 Pontos

Flamengo 54,80% – São José 51,81%

Aproveitamento Bolas de 3 Pontos

São José 30,23% – Flamengo 28,07%

Aproveitamento Lances Livres

São José 76,00% – Flamengo 75,00%

Tentativas Bolas de 2 Pontos

São José 41,50 – Flamengo 36,50

Tentativas Bolas de 3 Pontos

Flamengo 28,50 – São José 21,50

Tentativas Lances Livres

Flamengo 22,00 – São José 12,50

Conversões Bolas de 2 Pontos

São José 21,50 – Flamengo 20,00

Conversões Bolas de 3 Pontos

Flamengo 8,00 – São José 6,50

Conversões Lances Livres

Flamengo 16,50 – São José 9,50

Relação Arremessos 2 e 3 Pontos

São José 1,93 chutes de 2 pontos pra cada triplo tentado – Flamengo 1,28 chutes de 2 pontos pra cada triplo tentado

Relação Conversões 2 e 3 Pontos

São José 3,31 cestas de 2 pontos pra cada triplo convertido – Flamengo 2,50 cestas de 2 pontos pra cada triplo convertido

Imagens: LNB
Nenhum comentário para essa publicação: Ver comentários

Saiba o que Bauru e Franca fizeram na série 4as de Final do NBB7 e nas partidas na Panela de Pressão, onde tudo se decide hoje, no jogo 5!

Hoje é dia de decisão para Bauru e Franca no NBB7!

Leozão, do Franca

As duas equipes se enfrentam nesta terça (5 de maio), no ginásio Panela de Pressão, em Bauru. O jogo começa às 19 horas e terá transmissão ao vivo em nosso site!

E é Jogo 5! Quem vencer se garante nas semifinais do NBB7 e quem perder dá adeus ao campeonato.

A série começou com larga vitória bauruense em casa, 82-55, mas na sequência o time francano deu o troco jogando novamente na Panela de Pressão, 74-71. Longe dos seus domínios o Bauru retomou a dianteira no duelo com o triunfo por 75-67, mas na 4ª partida o Franca se recuperou, venceu no Pedrocão por 78-67, voltou a empatar o confronto e forçou o Jogo 5.

Abaixo, as médias de Bauru e Franca nas 4as de Final do NBB7 e, na sequência, os números da série apenas nas partidas na Panela de Pressão, onde tudo se decide hoje!

Na série

Vitórias

Bauru 2 X 2 Franca

Pontos

Bauru 73,75 – Franca 68,50

Total Rebotes

Bauru 36,75 – Franca 32,75

Rebotes Defensivos

Bauru 29,00 – Franca 24,00

Rebotes Ofensivos

Franca 8,75 – Bauru 7,75

Assistências

Franca 14,75 – Bauru 14,00

Recuperações de Bola

Franca 9,75 – Bauru 5,75

Tocos

Bauru 1,50 – Franca 1,50

Desperdícios de Bola

Franca 12,00 – Bauru 13,25

Relação Assistências/Desperdícios

Franca dá 1,23 assistências pra cada desperdício – Bauru dá 1,06 assistências pra cada desperdício

Aproveitamento Bolas de 2 Pontos

Bauru 53,57% – Franca 46,90%

Aproveitamento Bolas de 3 Pontos

Bauru 34,95% – Franca 33,66%

Aproveitamento Lances Livres

Bauru 75,28% – Franca 66,67%

Tentativas Bolas de 2 Pontos

Franca 36,25 – Bauru 28,00

Tentativas Bolas de 3 Pontos

Bauru 25,75 – Franca 25,25

Tentativas Lances Livres

Bauru 22,25 – Franca 13,50

Conversões Bolas de 2 Pontos

Franca 17,00 – Bauru 15,00

Conversões Bolas de 3 Pontos

Bauru 9,00 – Franca 8,50

Conversões Lances Livres

Bauru 16,75 – Franca 9,00

Relação Arremessos 2 e 3 Pontos

Franca 1,44 chutes de 2 pontos pra cada triplo tentado – Bauru 1,09 chutes de 2 pontos pra cada triplo tentado

Relação Conversões 2 e 3 Pontos

Franca 2,00 cestas de 2 pontos pra cada triplo convertido – Bauru 1,67 cestas de 2 pontos pra cada triplo convertido

Nos jogos da série em Bauru, onde acontecerá a decisão

Gui Deodato, do Bauru, e Léo Meindl, do Franca

 

Vitórias

Bauru 1 X 1 Franca

Pontos

Bauru 76,50 – Franca 64,50

Total Rebotes

Bauru 38,50 – Franca 32,50

Rebotes Defensivos

Bauru 31,00 – Franca 23,00

Rebotes Ofensivos

Franca 9,50 – Bauru 7,50

Assistências

Bauru 16,00 – Franca 14,50

Recuperações de Bola

Franca 9,00 – Bauru 5,00

Tocos

Bauru 2,00 – Franca 1,50

Desperdícios de Bola

Franca 11,50 – Bauru 14,00

Relação Assistências/Desperdícios

Franca dá 1,26 assistências pra cada desperdício – Bauru dá 1,14 assistências pra cada desperdício

Aproveitamento Bolas de 2 Pontos

Bauru 55,17% – Franca 44,44%

Aproveitamento Bolas de 3 Pontos

Bauru 38,46% – Franca 26,09%

Aproveitamento Lances Livres

Bauru 78,38% – Franca 72,41%

Tentativas Bolas de 2 Pontos

Franca 40,50 – Bauru 29,00

Tentativas Bolas de 3 Pontos

Bauru 26,00 – Franca 23,00

Tentativas Lances Livres

Bauru 18,50 – Franca 14,50

Conversões Bolas de 2 Pontos

Franca 18,00 – Bauru 16,00

Conversões Bolas de 3 Pontos

Bauru 10,00 – Franca 6,00

Conversões Lances Livres

Bauru 14,50 – Franca 10,50

Relação Arremessos 2 e 3 Pontos

Franca 1,76 chutes de 2 pontos pra cada triplo tentado – Bauru 1,12 chutes de 2 pontos pra cada triplo tentado

Relação Conversões 2 e 3 Pontos

Franca 3,00 cestas de 2 pontos pra cada triplo convertido – Bauru 1,60 cestas de 2 pontos pra cada triplo convertido

Imagens: LNB
Nenhum comentário para essa publicação: Ver comentários

Mandantes possuem o alto aproveitamento de 20 vitórias em 25 Jogos 5 da história dos playoffs do NBB; confira tudo sobre os Jogos 5 do NBB

Os playoffs da sétima edição do NBB continuam pegando fogo e nesta primeira semana do mês de maio teremos simplesmente três séries quartas de final sendo decididas na quinta e decisiva partida!

Da fase quartas de final, apenas o Limeira conseguiu avançar para a semifinal sem precisar do Jogo 5, agora os confrontos Bauru x Franca, Flamengo x São José e Mogi x Macaé serão decididos na quinta partida.

Nesta segunda-feira (04/05), às 20 horas, Mogi e Macaé se enfrentam com transmissão ao vivo na web. Já na terça-feira (05/05), Bauru e Franca duelam no Jogo 5, às 19 horas, também ao vivo na web, e Flamengo e São José decidem a última vaga na fase semifinal, às 21 horas, ao vivo no SporTV!

Com tanta decisão nos próximos dias, o Território LNB resolveu dissecar todos os números e curiosidades dos Jogos 5 na história dos playoffs do NBB.

FotorCreated

Tirando as Finais da quarta, da quinta e da sexta edição do NBB, que foram disputadas em partida única, o NBB tem um total de 66 séries de playoffs em sua história e 28 delas precisou de um Jogo 5 para ser definida (42,4%).

A sétima edição do NBB entrou para a história do campeonato, já que pela primeira vez não tivemos nenhuma varrida em séries oitavas de final. Já nesta fase de quartas, após dois anos o NBB  terá três séries decididas apenas no último jogo.

A fase de quartas de final é a etapa dos playoffs do NBB em que mais séries foram decididas apenas no jogo de vida ou morte. Das sete edições do NBB, 13 séries quartas de final precisaram do quinto jogo.

Oitavas de final: Oito séries em cinco jogos
*Quartas de final: 13 séries em cinco jogos
Semifinal: Cinco séries em cinco jogos
Final: Duas séries em cinco jogos

* Três destes duelos da quartas de final serão disputados nesta semana

Sem contar ainda com os três Jogos 5 das quartas de final do NBB 7, em 20 dos 25 jogos de vida ou morte da história dos playoffs do NBB foi o mandante que conquistou o resultado positivo e consequentemente a vaga para a fase seguinte (80% de aproveitamento).

Os únicos times que conseguiram a proeza de vencer um Jogo 5 como visitante na história do NBB foram: Brasília (NBB4), São José (NBB5), Paulistano (NBB5), Franca (NBB6) e Mogi (NBB6).

Continuando no assunto da superioridade dos mandantes em Jogos 5 na história dos playoffs do NBB, os times que autuam em casa no jogo de vida ou morte possuem média de 80,0 pontos por partida. Já as equipes visitantes possuem médias de apenas 73,7 pontos por jogo.

Duelando com o Flamengo por uma vaga na semifinal do NBB7, o São José está empatado com o Brasília como as duas equipes que mais disputaram Jogo 5 na história do NBB, com um total de sete jogos de vida ou morte. Confira a lista:

7 Jogos 5: São José e Brasília
6 Jogos 5: Franca
5 Jogos 5: Pinheiros e Flamengo
4 Jogos 5: Joinville, Limeira e Uberlândia
3 Jogos 5: Paulistano
2 Jogos 5: Bauru, Mogi, Minas e Palmeiras
1 Jogo 5: Macaé e Basquete Cearense

Comemoração São José (7)

Além de ser um dos líderes em Jogos 5 na história dos playoffs do NBB, o São José possui também o recorde de pontos tanto como mandante quanto visitante em jogos de vida ou morte.

O melhor desempenho ofensivo de um mandante na história dos Jogos 5 do NBB aconteceu durante a semifinal do NBB4, quando o São José venceu o Flamengo por 106 a 90. Além da maior atuação da história dos Jogo 5, os 106 tentos anotados pela equipe joseense representam a única marca acima dos 100 pontos na história nesse tipo de duelo.

Já a melhor partida de um visitante na história dos Jogos 5 do NBB também é do São José. Na quinta temporada do NBB, durante a fase quartas de final, a equipe joseense venceu o Brasília, no Distrito Federal, pelo placar de 98 a 81.

O primeiro Jogo 5 da história do NBB possui alguns recordes negativos. O duelo foi entre Brasília e Franca, na primeira edição do NBB, e foi o jogo o que marcou a pior atuação ofensiva de um mandante (Brasília – 64), e também de um visitante na história dos Jogos 5 (Franca – 59), e consequentemente o jogo com o menor número de pontos somados entre as duas equipes: 123 – Brasília 64 a 59 Franca.

E pra variar, os Jogos 5 do NBB costumam ser bastante equilibrados. Dos 25 jogos de vida ou morte, 13 terminaram com diferença no placar abaixo de dez pontos e 12 terminaram com vantagem maior que dez pontos. A média de diferença de pontos em Jogos 5 nos playoffs do NBB é de 9,5 pontos por jogo.

O confronto decisivo mais parelho da história dos Jogos 5 do NBB foi Basquete Cearense e Paulistano, nas oitavas de final do NBB 5. Realizado em Fortaleza (CE), o quinto e decisivo jogo da série foi vencida pela equipe do Estado de São Paulo por apenas um pontos de diferença: 69 a 68.

Já a vantagem mais larga em Jogo 5 também aconteceu na fase oitavas de final da quinta edição do NBB5, na série entre Pinheiros e Limeira. Depois de ser derrotado nos dois primeiros jogos da série e conseguir o empate heroico, o Pinheiros aplicou a maior vitória na história dos Jogos 5 do NBB, um total de 20 pontos de diferença: 97 a 77.

Elinho, do Paulistano, e Jimmy, do Basquete Cearense

Nenhum comentário para essa publicação: Ver comentários

Conheça os pontos de disparidade que podem decidir a equilibrada série de 4as de Final do NBB7 entre Mogi e Macaé

Mogi e Macaé fazem uma equilibradíssima série 4as de Final do NBB7. Tanto que o confronto só será decidido hoje, no Jogo 5!

Tanto mogianos como macaenses venceram e perderam em seus domínios e o mando de quadra pode não ser o fator decisivo da 5ª partida já que as duas equipes mostraram que sabem jogar dentro e fora de casa.

Em uma série ditada pelo equilíbrio, alguns fatores de disparidade podem fazer a diferença para um lado ou para o outro no 5º duelo do confronto.

Um deles é o rebote ofensivo.

Wagner, do Mogi

Nos 4 primeiros jogos da série o Mogi ficou com 55 sobras na quadra de ataque enquanto o Macaé conseguiu pegar apenas 32 rebotes na tábua ofensiva. Na média isso dá 13,75 contra 8, o que representa que a equipe mogiana teve quase 6 oportunidades a mais para pontuar em decorrência de rebotes ofensivos. Só nas duas partidas no Alto Tietê, onde acontece o Jogo 5, foram 27 rebotes ofensivos para o Mogi contra apenas 15 do Macaé, o que dá médias respectivas de 13,50 e 7,50 por jogo e exatas seis chances a mais de pontuar para o Mogi.

Ao longo da série tivemos 145 rebotes na tábua macaense e dessas 145 bolas, 55 ficaram com o Mogi (37,93%) e 90 com o Macaé (62,07%). Fazendo o raciocínio inverso,  foram 124 rebotes na tábua mogiana dos quais 32 ficaram com o Macaé (25,81%) e 92 terminaram com o time de São Paulo (74,19%).

Fazendo apenas o recorte dos jogos no ginásio Professor Hugo Ramos, onde acontece a decisão, os números são bem parecidos. Tivemos 70 rebotes na tábua macaense e dessas 70 bolas, 27 ficaram com o Mogi (38,57%) e 43 terminaram com o Macaé (61,43%). Fazendo o raciocínio inverso,  foram 56 rebotes na tábua mogiana dos quais 15 ficaram com o Macaé (26,79%) e 41 terminaram com a equipe de São Paulo (73,21%).

Outro ponto de disparidade até aqui na série se refere à distribuição e aproveitamento dos arremessos.

O Macaé chuta mais, converte mais e tem melhor aproveitamentos nos triplos e nos lances livres, já o Mogi domina nas bolas de 2 pontos, assim como apresenta uma melhor distribuição entre chutes atrás e à frente da linha de 6m75.

Em toda a série o Mogi chutou 176 bolas de 2 pontos (44 por jogo) e 90 triplos (22,50 por jogo), convertendo 94 bolas de 2 (23,50 por jogo) e 30 triplos (7,50 por jogo), o que lhe rendeu aproveitamentos de 53,41% nos 2 pontos e 33,33% nos triplos, além de uma relação de 1,96 chutes de 2 pontos pra cada triplo tentado e 3,13 cestas de 2 pontos pra cada triplo convertido. Já o Macaé chutou 115 bolas de 2 pontos (28,75 por jogo) e 109 triplos (27,25 por jogo), convertendo 59 bolas de 2 (14,75 por jogo) e 40 triplos (10,00 por jogo), o que lhe deu aproveitamentos de 51,30% nos 2 pontos e 36,70% nos triplos, além de uma relação de 1,06 chutes de 2 pontos pra cada triplo tentado e 1,48 cestas de 2 pontos pra cada triplo convertido.

Só nas partidas no Alto Tietê o Mogi chutou 91 bolas de 2 pontos (45,50 por jogo) e 42 triplos (21,00 por jogo), convertendo 47 bolas de 2 (23,50 por jogo) e 16 triplos (8,00 por jogo), o que lhe rendeu aproveitamentos de 51,65% nos 2 pontos e 38,10% nos triplos, além de uma relação de 2,17 chutes de 2 pontos pra cada triplo tentado e 2,94 cestas de 2 pontos pra cada triplo convertido. Já o Macaé chutou 63 bolas de 2 pontos (31,50 por jogo) e 47 triplos (23,50 por jogo), convertendo 32 bolas de 2 (16,00 por jogo) e 21 triplos (10,50 por jogo), o que lhe deu aproveitamentos de 50,79% nos 2 pontos e 44,68% nos triplos, além de uma relação de 1,34 chutes de 2 pontos pra cada triplo tentado e 1,52 cestas de 2 pontos pra cada triplo convertido.

Nos lances livres o domínio é do Macaé que bateu mais, converteu mais e teve melhor aproveitamento tanto em toda a série, assim como no recorte apenas nas partidas em Mogi das Cruzes. Em toda a série os macaenses bateram 83 lances livres (20,75 por jogo) e converteram 74 (18,50 por jogo), o que dá um aproveitamento de 89,16%. Já os mogianos foram à linha fatal 69 vezes em toda a série (17,25 por jogo) e converteram 50 (12,50 por jogo), aproveitamento de 72,46%.

Só nas partidas no Alto Tietê o Macaé bateu 39 lances livres (19,50 por jogo) e converteu 34 (17,00 por jogo), o que dá um aproveitamento de 87,18%. Já o Mogi foi à linha fatal 36 vezes (18,00 por jogo) nesses dois duelos em casa na série e converteu 26 (13,00 por jogo), aproveitamento de 72,22%.

Eddy, do Macaé

Mais um fator de desequilíbrio até aqui na série é o número de erros/violações. Nas 4 primeiras partidas o Macaé desperdiçou 74 bolas (18,50 por jogo) contra 58 do Mogi (14,50 por jogo), o que representa que, em função dos erros e violações, o time do Rio de Janeiro teve 4 oportunidades a menos de pontuar em cada partida da série. Somente nos duelos no ginásio Professor Hugo Ramos os números são ainda piores, 43 desperdícios de bola dos macaenses (21,50 por jogo) contra 33 dos mogianos (16,50 por jogo), o que quer dizer que, em função dos erros e violações, a equipe do Rio de Janeiro teve 5 oportunidades a menos de pontuar em cada partida da série em Mogi das Cruzes.

Embora a comparação fria dos números favoreça o Mogi na questão dos desperdícios de bola, vale lembrar que a performance dos dois times não é satisfatória no que tange aos erros e violações e nenhuma das duas equipes conseguiu finalizar um confronto da série com menos de 10 desperdícios; Mogi (18-15-14-11) e Macaé (26-17-19-12).

Em uma série tão equilibrada, Mogi e Macaé precisam buscar os pontos de desequilíbrio do confronto até aqui. E a partir das 20 horas veremos quem leva a melhor na 5ª e decisiva partida, não perca! Acesse nosso Tempo Real e não perca nenhum lance desse jogão!

Hoje é dia de decisão para Mogi das Cruzes Basquete (Oficial) e Associação Macaé de Basquete!Às 20 horas tem #Jogo5 da série #4as de Final do #NBB7 ao vivo em nosso site! http://lnb.com.br/tempo-real/ Vale vaga na semifinal, é vencer ou voltar pra casa! #NBBnaWEB #PlayoffsNBB #FinaisNBB #decisão #winorgohome #vencerouvoltarpracasa

Posted by NBB on Segunda, 4 de maio de 2015

 

Imagens: LNB

Nenhum comentário para essa publicação: Ver comentários

Saiba o que Mogi e Macaé fizeram na série 4as de Final do NBB7 e nas partidas no Alto Tietê, onde tudo se decide hoje, no jogo 5!

Hoje é dia de decisão para Mogi e Macaé no NBB7!

Márcio, do Macaé, e Shamell, do Mogi

As duas equipes se enfrentam nesta segunda (4 de maio), no ginásio Professor Hugo Ramos, em Mogi das Cruzes. O jogo começa às 20 horas e terá transmissão ao vivo em nosso site!

E é Jogo 5! Quem vencer se garante nas semifinais do NBB7 e quem perder dá adeus ao campeonato.

A série começou com vitória mogiana em casa, 84-72, mas na sequência o time macaense deu o troco jogando novamente em São Paulo, 89-84, e virou o confronto no 1º duelo no litoral norte do Rio de Janeiro, 78-69. Na 4ª partida o Mogi se recuperou, venceu fora por 91-73 e forçou o Jogo 5.

Abaixo, as médias de Mogi e Macaé nas 4as de Final do NBB7 e, na sequência, os números da série apenas nas partidas no Alto Tietê, onde tudo se decide hoje!

Na série

Vitórias

Mogi 2 X 2 Macaé

Pontos

Mogi 82,00 – Macaé 78,00

Total Rebotes

Mogi 36,75 – Macaé 30,50

Rebotes Defensivos

Mogi 23,00 – Macaé 22,50

Rebotes Ofensivos

Mogi 13,75 – Macaé 8,00

Assistências

Macaé 15,50 – Mogi 12,75

Recuperações de Bola

Mogi 11,50 – Macaé 9,50

Tocos

Mogi 2,00 – Macaé 0,75

Desperdícios de Bola

Mogi 14,50 – Macaé 18,50

Relação Assistências/Desperdícios

Mogi dá 0,88 assistências pra cada desperdício – Macaé dá 0,84 assistências pra cada desperdício

Aproveitamento Bolas de 2 Pontos

Mogi 53,41% – Macaé 51,30%

Aproveitamento Bolas de 3 Pontos

Macaé 36,70% – Mogi 33,33%

Aproveitamento Lances Livres

Macaé 89,16% – Mogi 72,46%

Tentativas Bolas de 2 Pontos

Mogi 44,00 – Macaé 28,75

Tentativas Bolas de 3 Pontos

Macaé 27,25 – Mogi 22,50

Tentativas Lances Livres

Macaé 20,75 – Mogi 17,25

Conversões Bolas de 2 Pontos

Mogi 23,50 – Macaé 14,75

Conversões Bolas de 3 Pontos

Macaé 10,00 – Mogi 7,50

Conversões Lances Livres

Macaé 18,50 – Mogi 12,50

Relação Arremessos 2 e 3 Pontos

Mogi 1,96 chutes de 2 pontos pra cada triplo tentado – Macaé 1,06 chutes de 2 pontos pra cada triplo tentado

Relação Conversões 2 e 3 Pontos

Mogi 3,13 cestas de 2 pontos pra cada triplo convertido – Macaé 1,48 cestas de 2 pontos pra cada triplo convertido

Nos jogos da série em Mogi das Cruzes, onde acontecerá a decisão

Shamell, do Mogi

Vitórias

Mogi 1 X 1 Macaé

Pontos

Mogi 84,00 – Macaé 80,50

Total Rebotes

Mogi 34,00 – Macaé 29,00

Rebotes Defensivos

Macaé 21,50 – Mogi 20,50

Rebotes Ofensivos

Mogi 13,50 – Macaé 7,50

Assistências

Macaé 15,50 – Mogi 14,00

Recuperações de Bola

Mogi 12,50 – Macaé 12,00

Tocos

Mogi 2,50 – Macaé 0,50

Desperdícios de Bola

Mogi 16,50 – Macaé 21,50

Relação Assistências/Desperdícios

Mogi dá 0,85 assistências pra cada desperdício – Macaé dá 0,72 assistências pra cada desperdício

Aproveitamento Bolas de 2 Pontos

Mogi 51,65% – Macaé 50,79%

Aproveitamento Bolas de 3 Pontos

Macaé 44,68% – Mogi 38,10%

Aproveitamento Lances Livres

Macaé 87,18% – Mogi 72,22%

Tentativas Bolas de 2 Pontos

Mogi 45,50 – Macaé 31,50

Tentativas Bolas de 3 Pontos

Macaé 23,50 – Mogi 21,00

Tentativas Lances Livres

Macaé 19,50 – Mogi 18,00

Conversões Bolas de 2 Pontos

Mogi 23,50 – Macaé 16,00

Conversões Bolas de 3 Pontos

Macaé 10,50 – Mogi 8,00

Conversões Lances Livres

Macaé 17,00 – Mogi 13,00

Relação Arremessos 2 e 3 Pontos

Mogi 2,17 chutes de 2 pontos pra cada triplo tentado – Macaé 1,34 chutes de 2 pontos pra cada triplo tentado

Relação Conversões 2 e 3 Pontos

Mogi 2,94 cestas de 2 pontos pra cada triplo convertido – Macaé 1,52 cestas de 2 pontos pra cada triplo convertido

Imagens: LNB
Nenhum comentário para essa publicação: Ver comentários