#JOGAJUNTO

NBB

#10Fatos – Bauru x Franca

06-02-2018 | 12:06
Por Liga Nacional de Basquete

Confronto direto, reencontros marcantes e destaques individuais; confira os 10 principais do clássico entre Bauru e Franca desta terça

Rivais tradicionais do interior paulista, Sendi/Bauru Basket e Sesi/Franca Basquete acumulam histórias em confrontos diretos. Adversários em playoffs do NBB CAIXA, finais de Campeonato Paulista e tantos outros jogos importantes, os times ficarão frente a frente mais uma vez nesta terça-feira (06/02), às 19h30 (de Brasília), no Ginásio Panela de Pressão, com transmissão ao vivo do SporTV 2. Com isso, reunimos os 10 principais fatos deste clássico imperdível, confira:

O NBB CAIXA é uma competição organizada pela Liga Nacional de Basquete (LNB), em parceria com a NBA, e conta com o patrocínio master da CAIXA, os patrocínios da SKY, INFRAERO, Avianca, Nike, Penalty e Wewi e os apoios do Açúcar Guarani e do Ministério do Esporte.

Antes de se aventurar na NBA, Leandrinho foi destaque do Bauru campeão brasileiro de 2002 (Divulgação)

15 anos depois…

Astro do Franca Basquete, Leandrinho Barbosa fará um reencontro especial com o Bauru, onde fez suas primeiras temporadas como atleta profissional, entre os anos de 2001 e 2003. Em seu primeiro ano, foi eleito Revelação do Campeonato Paulista, com apenas 19 anos. Em 2002, foi campeão nacional e conquistou seu primeiro título na categoria adulta. Depois disso, fez as malas e partiu para os Estados Unidos para dar início à sua trajetória de 14 temporadas na NBA.

Sobrando

Para o reencontro tanto com o Bauru, quanto com o Panela de Pressão, Leandrinho vive seu melhor momento desde que estreou pelo Franca. Tanto na vitória sobre o Banrisul/Caxias do Sul (82 a 74), quanto na diante do Joinville/AABJ (72 a 56), o camisa 19 foi o cestinha francano, com 16 e 21 pontos, respectivamente, entrando na Seleção da Semana #14 do NBB CAIXA.

Velhos conhecidos

Além do reencontro de Leandrinho com o Bauru, outros atletas enfrentarão o ex-time nesta terça. Como Léo Meindl e Jefferson William, campeões do NBB CAIXA na temporada passada pelo Dragão e hoje peças chave do elenco francano, e Isaac, que disputou o NBB CAIXA 15/16 e 16/17 pelo Franca, realizando as melhores temporadas individuais de sua carreira na competição.

Colados na tabela de classificação, Bauru e Franca farão confronto direto na briga para terminar a fase de classificação no G-4 (Newton Nogueira/Franca Basquete)

Confronto direto

Colados na tabela de classificação, as duas equipes farão um confronto direto pela briga pelo G-4. Quarto colocado neste momento, o Franca tem 14 vitórias e quatro derrotas na temporada. O Bauru vem logo atrás, na quinta posição, com 12 resultados positivos e seis negativos. Em caso de triunfo francano, a equipe de Helinho Garcia abrirá três jogos de vantagem para o rival direto. Já se os bauruenses levarem a melhor, os dois times ficarão separados por apenas uma vitória.

Duas vezes Dragão

Presentes desde a primeira edição, os dois times já se enfrentaram duas vezes pelos playoffs do NBB CAIXA. A mais antiga foi na temporada 12/13, em que o Bauru superou o rival nas quartas de final da competição, com vitória por 3 a 2 na série. O outro confronto decisivo também ocorreu pela fase quartas de final e foi favorável aos bauruenses. Em outra série de muita alternância, o Dragão venceu o rival Jogo 5, por 78 a 72, em pleno Panela e avançou novamente às semifinais.

Em mais uma temporada espetacular, Alex é líder em eficiência e terceiro principal passador do NBB CAIXA 17/18 (Victor Lira/Bauru Basket)

O cara

Capitão do Bauru, o Brabo faz mais uma temporada espetacular. Com 6,2 assistências de média, o ala tem sua melhor marca na carreira no quesito, estando abaixo apenas dos armadores Gegê (7,4 APJ) e Elinho (7,1 APJ) no ranking entre os passadores da temporada. O camisa 10 do Dragão ainda é o segundo cestinha (13,8 PPJ) e o principal reboteiro de seu time (5,4 RPJ), além de líder absoluto em eficiência do NBB CAIXA 17/18, com média de 18,5 por jogo.

Dominante

Líder no histórico geral de confrontos diretos, com 17 vitórias, contra 12 do rival, o Bauru possui um retrospecto absolutamente fantástico quando é o mandante. De seus 17 triunfos, 13 foram conquistados quando o Dragão atuou dentro de casa, num total de 15 partidas. As únicas vitórias francanas como visitante contra o rival ocorreu na fase de classificação do NBB CAIXA 12/13 (74 a 67) e nos playoffs do NBB CAIXA 14/15 (74 a 71).

História antiga

Hoje treinadores de duas das equipes mais tradicionais do basquete brasileiro, Helinho Garcia e Demétrius Ferracciú foram companheiros de time quando atuaram no Vasco. Ambos armadores, os dois fizeram parceira na equipe cruzmaltina que conquistou dois títulos brasileiros, nos anos de 2000 e 2001, e Liga Sul-Americana, em 2000.

Muito próximo de atingir 500 assistências no NBB CAIXA, Léo Meindl tem sua melhor média no fundamento em toda carreira na competição (Ricardo Bufolin/ECP)

500!

Característica que vem desenvolvendo mais e mais a cada ano, Leo Meindl está sendo um dos principais responsáveis pela armação francana nesta temporada. Com média de 4,6 assistências por jogo, o ala tem seus melhores números disparados na carreira no quesito. Para se ter ideia, sua melhor marca no NBB CAIXA foi na edição passada, pelo Bauru, em que teve média de 3,1 assistências por partida. Caso distribua pelo menos dois passes para cesta nesta terça, algo que realizou em 15 das 18 partidas desta temporada, Léo atingirá a marca de número 500 dentro da competição.

De tirar o fôlego

Na última vez que entraram em quadra para se enfrentar, Franca e Bauru fizeram um jogo marcante pelo primeiro turno desta temporada. Depois de estar perdendo por até 20 pontos, os francanos passaram a reagir a partir da metade final do segundo quarto e não perderam mais o ritmo. Apoiados pelo Ginásio Pedrocão fervendo, os comandados de Helinho Garcia viraram sobre o rival e conquistaram grande vitória, por 87 a 83.