#JOGAJUNTO

NBB CAIXA

Destino certo!

22-09-2016 | 12:56
Por Liga Nacional de Basquete

Mogi controla Regatas de Lima (PER), vence pela segunda vez consecutiva na Liga Sul-Americana e se classifica para próxima fase do torneio

O Mogi das Cruzes/Helbor está classificado para a próxima fase da Liga Sul-Americana 2016. Na noite desta quarta-feira, em Comodoro da Rivadavia (ARG), a equipe do técnico Guerrinha conquistou sua segunda vitória em duas partidas no Grupo A e confirmou sua vaga na segunda fase do torneio ao bater o Regatas de Lima (PER), por 95 a 69.

Pelo 1º lugar: Com as vitórias de Mogi e Gimnasia (ARG) nesta quarta-feira, ambos garantiram a classificação à segunda fase com uma rodada de antecedência. Agora, mogianos e argentinos decidirão o primeiro lugar do Grupo A nesta quinta-feira, às 21h30, com transmissão ao vivo do canal SporTV 3.

+Clique aqui e confira as estatísticas completas da partida entre Mogi e Regatas de Lima (PER)

Os caras: Os grandes nomes do resultado positivo do Mogi foram o ala Shamell, o ala/pivô Tyrone e o pivô Caio Torres. O camisa 24 registrou 22 pontos e foi o cestinha da partida, além dar cinco assistências e pegar cinco rebotes. Enquanto isso, Ty fez 20 pontos, e o pivô dominou a área pintada e deixou a quadra com 19 pontos e nove rebotes.

Sempre ele: Um dos mais importantes do triunfo na primeira rodada, contra o Defensor Sporting, Guilherme Filipin mais uma vez foi efetivo e totalizou 11 pontos no duelo. O experiente jogador segue com participação efetiva na equipe mogiana, mesmo vindo do banco.

Dominante: Sempre à frente no placar, o Mogi até controlou a equipe peruana e manteve uma confortável vantagem no placar, até que abriu 11 pontos no final do terceiro período (69 a 58). Mas, na sequência, os comandados do técnico Guerrinha venceram a parcial final por 26 a 11 e fechou o confronto com 26 tentos de frente: 95 a 69.

Fala aí: “Na Liga Sul-Americana não existe partida fácil e eles tiveram um excelente aproveitamento, mas a nossa equipe hoje jogou melhor no ataque, mais coletivamente e teve melhor qualidade. Na hora que melhoramos a defesa conseguimos abrir a diferença. O time pôde revezar, pensando não só em amanhã, mas também na semana que vem nos playoffs do Paulista. Foi um resultado muito bom, não só a vitória em si, mas pudemos trabalhar várias coisas”, analisou o técnico Guerrinha.