#JOGAJUNTO

NBB

NBB 20/21:Os melhoresdo Ano

12-05-2021 | 05:46
Por Liga Nacional de Basquete

Festa dos Melhores do Ano do NBB 2020/2021, apresentada por Budweiser, é confirmada; primeiros indicados concorrem ao prêmio de Estrangeiro do Ano

A Festa dos Melhores do Ano do NBB 2020/2021, oferecida por Budweiser, está confirmada. O evento premiará os principais destaques coletivos e individuais da temporada e acontecerá na segunda semana de junho, com data e horário ainda indefinidos.

Iniciando a divulgação das premiações, trouxemos os indicados ao posto de Estrangeiro do Ano do NBB 2020/2021, que terá David Jackson e Shaq Johnson, do Minas Tênis Clube, e Holloway, do Fortaleza Basquete Cearense, concorrendo pela categoria.

David Jackson, Shaq Johnson e Holloway são os indicados ao prêmio de Estrangeiro do Ano do NBB 2020/2021 (Arte/LNB)

Criado na temporada 2013/2014, o prêmio de Estrangeiro do NBB já foi entregue sete vezes, sendo que somente uma vez o vencedor foi um atleta não norte-americano – Franco Balbi, no NBB 2018/2019. Os outros vencedores foram David Jackson, que faturou o troféu em três oportunidades (2013/2014, 2014/2015 e 2019/2020), Shamell (2015/2016), Holloway (2016/2017) e Tyrone (2017/2018).

O prêmio de Estrangeiro do Ano faz parte do calendário anual da eleição dos Melhores do Ano do NBB, que contará com prêmios divididos nas seguintes categorias: Quinteto Ideal do NBB (Armador, Alas e Pivôs), Troféu Ary Vidal – Técnico do Ano, Maior Evolução, Destaque Jovem, Defensor do Ano (apresentado por Plastubos), Sexto Homem do Ano, Estrangeiro do Ano e o King of the Season (apresentado por Budweiser).

A votação para essa e todas as outras categorias contou com a participação de técnicos, assistentes e capitães das 16 equipes que disputaram a atual edição do NBB, além de imprensa especializada, personalidades do basquete brasileiro, comissários e árbitros. Os vencedores serão conhecidos na Festa dos Melhores do Ano, que acontecerá na segunda semana de junho – data e horário ainda serão definidos.

Os indicados:

David Jackson (Minas Tênis Clube)

David Jackson vai em busca da defesa do prêmio conquistado na temporada passada (João Pires/LNB)

Defendendo o posto alcançado na temporada passada, David Jackson figurou mais uma vez como um melhores estrangeiros da liga nesta temporada, mantendo, como de praxe, o alto nível de jogo apresentado ao longo das nove temporadas em que atua no NBB. Para isso, o ala entregou e agregou muito ao sistema montado pelo técnico Léo Costa com a sua chegada no Minas, se tornando, assim, uma peça chave do elenco minastenista logo em sua primeira temporada na equipe.

Os números do jogador de 38 anos de idade não deixam nada a desejar, com direito a médias de 13,9 pontos, 3,4 rebotes, 3,3 assistências e 16,1 de eficiência anotadas ao longo de 28 jogos disputados com a equipe minastenista. Por lá, o ala também é o líder em pontos e em eficiência da equipe, além de ser o terceiro em média de assistências por jogo, atrás apenas de Davi (3,6) e Parodi (4,7).

+ Ranking geral de estatísticas do NBB 2020/2021

Shaq Johnson (Minas Tênis Clube)

Shaq Johnson, em sua primeira temporada no NBB, já concorre ao prêmio de Estrangeiro do Ano (Orlando Bento/LNB)

O ala Shaq Johnson é mais um nome do Minas Tênis clube concorrendo ao prêmio de Estrangeiro do Ano. Está é a primeira temporada do ala/norte-americano no basquete brasileiro, que escolheu Belo Horizonte como destino final. A adaptação foi rápida ao novo país, tanto que o jogador logo se tornou uma peça crucial para o sucesso do Minas até aqui nesta temporada do NBB.

A maior prova disso são os números alcançadas ao longo dos 31 jogos que o ala disputou no campeonato, com 13,2 pontos, 3,7 rebotes, 3,3 assistências e 14,1 de eficiência anotados em média por jogo. Além disso, Shaq é o 2º em pontos, o 5º em rebotes, 0 4º em assistências e o 3º em eficiência entre os jogadores do Minas, o que mostra o tamanho e a importância do atleta para que a máquina minastenista continue a funcionar bem.

Holloway (Fortaleza Basquete Cearense)

Com a camisa do Fortaleza, Holloway voltou a ter uma temporada de encher os olhos do fã de basquete (João Pires/LNB)

A temporada 2020/2021 foi especial para Holloway. Após uma passagem apagada no São Paulo, em que pouco jogou devido a uma lesão, o jogador retomou o bom nível ao vestir a camisa do Fortaleza Basquete Cearense neste NBB, abraçando um projeto novo e ousado da equipe tricolor.

O casamento deu mais que certo e Holloway figurou como um dos principais jogadores da competição, anotando médias de 20,3 pontos, 6,1 rebotes, 2,8 assistências e 18,7 de eficiência. Além disto, o ala também aparece no ranking de lideranças estatísticas gerais da temporada, sendo o 2º no ranking de cestinhas, 3º em arremessos de 2 pontos convertidos, 4º em bolas recuperadas e o 5º em eficiência.

Ranking geral de estatísticas do NBB 2020/2021

Vale destacar também o peso do jogador para a evolução de uma temporada para outra do Fortaleza Basquete Cearense. Ainda na edição 2019/2020 do NBB, interrompida devido à pandemia causada pela Covid-19, a equipe encerrou a temporada na 15ª colocação, com campanha de apenas cinco vitórias em 26 jogos (19,2% de aproveitamento). Já nesta temporada, o Fortaleza teve um salto e encerrou a temporada regular na 10ª colocação, com 14 vitórias em 30 jogos (46,7% de aproveitamento). Muito disso se deve, também, aos ótimos números de norte-americano na temporada, liderando de ponta a ponta a equipe em estatísticas ofensivas, que é disparado o seu ponto mais forte.

Também foram votados para Estrangeiro do Ano NBB 2020/2021:

Além dos três finalistas, outros 12 nomes também foram votados. São eles: Franco Balbi (Flamengo), Corderro Bennett (São Paulo FC), Nate Barnes (Unifacisa), Anton Cook (Campo Mourão), Chuzito (Flamengo), Kyle Fuller (Corinthians), Luke Martinez (Flamengo), Nano Parodi (Minas), Shamell (São Paulo FC), Erik Thomas (Paulistano), Isaac Thornton (Pato Basquete) e Sammy Yeager (Brasília).

Os vencedores do prêmio de Estrangeiro do Ano do NBB*:

2019/2020 – David Jackson (Minas)

2018/2019 – Franco Balbi (Flamengo)

2017/2018 – Tyrone (Mogi)

2016/2017 – Holloway (Pinheiros)

2015/2016 – Shamell (Mogi)

2014/2015 – David Jackson (Limeira)

2013/2014 – David Jackson (Limeira)

*o prêmio passou a ser entregue na temporada 2013/2014

O NBB é uma competição organizada pela Liga Nacional de Basquete (LNB), com chancela da Confederação Brasileira de Basketball (CBB) e em parceria com a NBA e o CBC, e conta com os patrocínios oficiais da Budweiser, Nike, Penalty, Plastubos, EY, BetMotion, KitchenAid, Moss, IMG Arena e Genius Sports.