#JOGAJUNTO

NBB

Novo gás

10-01-2012 | 12:30
Por Liga Nacional de Basquete

Recesso de final de ano traz nova energia para o atual campeão Brasília, que faz sua primeira partida em 2012 nesta quinta-feira, contra a Liga Sorocabana

Divulgação/LNB

A equipe do Uniceub/BRB/Brasília não terminou 2011 da forma que a torcida esperava. Com um aproveitamento de 50% nas primeiras dez partidas do NBB, os brasilienses, atuais bicampeões nacionais, ocupam a sétima colocação na tabela de classificação. Mas a parada para as festas de final de ano pode trazer um novo impulso para os comandados do técnico José Vidal.

O cansaço foi um dos principais inimigos da equipe neste início de temporada. Alex, Guilherme Giovannoni e Nezinho se apresentaram a Rubén Magnano e passaram um período de quase dois meses de preparação para a disputa do Pré-Olímpico de Mar Del Plata, em setembro. Em outubro, Brasília disputou a primeira fase da Liga Sul-Americana e Giovannoni, Nezinho e Arthur também representaram a Seleção nos jogos Pan-Americanos de Guadalajara.

“Caímos um pouco de rendimento pelo cansaço. Alguns jogadores tiveram compromissos com a Seleção, e acabaram tendo um desgaste a mais. Mas tivemos um período bom de descanso agora, foram praticamente dez dias”, disse o ala/pivô Guilherme Giovannoni.

A equipe ainda não entrou em quadra em 2012. Na primeira rodada do ano, no dia 7 de janeiro, a equipe enfrentaria o Vila Velha/Garoto/BMG, mas a forte chuva que caiu sobre a cidade de Vila Velha impediu a realização da partida, que foi remarcada para o dia 21. Na rodada do dia 9, os candangos estavam de folga.

Para Giovannoni, Alex, Nezinho e Cia., o ano começa nesta quinta-feira, quando a equipe enfrenta a Liga Sorocabana, no Ginásio da ASCEB. Jogar em casa, aliás, deve ser uma das principais armas dos brasilienses para a sequência da competição. Das 18 partidas restantes da fase de classificação, 11 delas serão com mando dos atuais bicampeões.

“Passamos por um momento difícil em 2011. Tivemos uma sequência de três derrotas seguidas, coisa que eu não me lembro de ter acontecido desde que eu cheguei aqui. Mas o campeonato é longo e temos uma sequência de jogos em casa e é importante irmos bem para melhorar na classificação”,comentou Giovannoni.

O otimismo do camisa 12 é justificado. Na atual temporada, a equipe está invicta como mandante, com três vitórias em três partidas. Na fase de classificação da temporada 2009/2010, foram 12 vitórias como mandante em 14 jogos disputados.

“Nos últimos anos, sempre fomos muito bem em casa. Estamos acostumados com a quadra, onde treinamos todos os dias, temos o apoio de nossa torcida e tudo isso influencia bastante”, finalizou Giovannoni.