#JOGAJUNTO

NBB

Querendo o título

18-11-2011 | 01:34
Por Liga Nacional de Basquete

Reforçado e cheio de estrelas, Flamengo abre participação no NBB 2011/2012 em duelo contra o Paulistano, neste sábado, às 12h. SporTV transmite ao vivo

Divulgação/LNB

Divulgação/LNB

O Flamengo estreia nesta sábado, às 12h, na temporada 2011/2012 do NBB, contra o Paulistano/Unimed, no Ginásio do Tijuca, com um elenco reforçado e querendo recuperar o título de campeão. Vencedor do campeonato na temporada 2008/2009, o time rubro-negro somou um vice e um quarto lugar nas duas últimas edições. Para voltar ao topo, investiram pesado na contratação de reforços.

O NBB é uma competição organizada pela Liga Nacional de Basquete (LNB), em parceria com a Rede Globo e patrocínio Eletrobras, Caixa, Penalty e Netshoes.

A principal contratação foi o ala/armador Leandrinho que, com o locaute da NBA, assinou contrato com o time carioca até o final do impasse na liga norte-americana. Ele estava longe das quadras brasileiras desde 2003, quando foi para os Estados Unidos defender o Phoenix Suns e, posteriormente, o Toronto Raptors.

“Estou vivendo um momento muito feliz na minha vida, podendo jogar novamente no meu país e em um time tão forte e com uma torcida tão maravilhosa quanto o Flamengo. Desde que fui para os EUA, o basquete brasileiro evoluiu muito. Hoje, temos uma liga forte, com equipes de alto nível e vai ser uma ótima experiência. O Flamengo buscou reforços e montou uma equipe muito boa, que tem chances de brigar pelo título. Espero poder ajudar”, disse Leandrinho.

A torcida rubro-negra que comparecer ao ginásio também poderá ver de perto os outros reforços da equipe para a temporada. O ala/pivô Kammerichs, bronze com a Argentina em Pequim 2008, é o primeiro medalhista olímpico a atuar no NBB.O pivô Caio Torres, membro da Seleção Brasileira que conquistou a vaga para Londres 2012 no Pré-Olímpico de Mar Del Plata. E o ala/armador norte-americano David Jackson, eleito MVP da Liga Argentina na temporada 2008/2009.

A frente do grupo recheado de estrelas está o argentino Gonzalo Garcia, que inicia sua segunda temporada na equipe do Flamengo.

“Espero que possamos dar sequência naquilo que estamos trabalhando. A equipe ainda sofre com alguns altos e baixos, mas é algo natural pelo início da temporada. Com o trabalho e com o tempo a equipe vai melhorando”, disse o treinador.

Gonzalo terá um desfalque importante para a estreia contra o Paulistanoe também para o jogo seguinte, contra o Pinheiros, na segunda-feira. O técnico não poderá contar com o ala Marcelinho, que cumpre suspensão por duas partidas.

O treinador não confirmou quem será o substituto de Marcelinho e ainda estuda a possibilidade de iniciar a partida com um armador de ofício ao lado de Leandrinho e David Jackson, ou então promover a entrada de um ala.

Do outro lado, com a missão de tentar estragar a festa carioca na estreia estará o Paulistano, do técnico Gustavo De Conti. O Paulistano não poderá contar com o armador norte-americano Jeffrey Addai, que ainda corre para conseguir o visto de trabalho para jogar na equipe paulista.

“Temos um time jovem, mas ao mesmo conseguimos nos reforçar bem para essa temporada. O NBB é um campeonato de um nível muito alto e sabemos que enfrentar o Flamengo, ainda mais no Rio de Janeiro, não é uma missão fácil”, comentou o técnico Gustavinho.

O ala/pivô Felipe, o mais experiente do grupo, com 32 anos, é um dos pilares da equipe para o NBB e se mostrou confiante para o jogo contra o Flamengo.

“O clima é muito positivo para essa estreia. Vamos entrar apoiados na união do grupo e na força da juventude do nosso elenco”, declarou.

Campeão Mineiro em quadra

Fechando a rodada deste sábado, o Unitri/Universo, Campeão Mineiro de 2011, encara o Araraquara, no ginásio do UTC, às 18h. Os paulistas passaram por uma reformulação da equipe e apostam na experiência do ala/armador Luisinho e do pivô Davisson, dois dos remanescentes da última temporada, para tentar surpreender no triângulo mineiro.

Os mineiros mantiveram a base do último NBB e anunciaram as contratações do pivô Leonardo Waskiewics, do ala Luis Gruber e do armador Henrique Coelho para tentar subir na tabela este ano.

“Temos o histórico da competição anterior e a nossa meta é melhorar, mesmo sabendo que este será um campeonato difícil, com muitas equipes que se reforçaram com nomes fortes. Mas, essa competição motiva a todos que disputam e vamos correr atrás dos nossos objetivos”, disse o técnico Chuí.