#JOGAJUNTO

LDB / NBB

Quinteto idealCBC #02

06-01-2021 | 03:31
Por Liga Nacional de Basquete

Trio de armadores, ala promissor e pivô de peso: confira o Quinteto CBC do mês de dezembro

O Quinteto CBC está de volta! No mês de dezembro, muitas jovens promessas do basquete brasileiro se destacaram nas quadras do NBB. Listamos os cinco melhores do último mês; são eles: os armadores Yago Mateus (Flamengo), Gabi Campos (Pinheiros) e Matheusinho (Pato Basquete), o ala Gui Santos (Minas Tênis Clube) e o ala/pivô Paulo Scheuer (Pato Basquete).

 

View this post on Instagram

 

A post shared by NBB (@nbb)

Nesta lista, os nomes elegíveis são de jogadores de até 22 anos (nascidos a partir de 1999), idade máxima para participar da próxima edição da Liga de Desenvolvimento de Basquete – LDB.

Vale lembrar que as escolhas são feitas pelos editores do portal da LNB e não necessariamente refletem a opinião da entidade. Confira a Seleção e deixe seu pitaco nas nossas redes sociais.

O NBB é uma competição organizada pela Liga Nacional de Basquete (LNB), com chancela da Confederação Brasileira de Basketball (CBB) e em parceria com a NBA e o CBC, e conta com os patrocínios oficiais da Budweiser, Unisal, Nike, Penalty, Plastubos, EY, VivaGol, IMG Arena e Genius Sports.

#1 – Yago Mateus (Flamengo)

Pelo segundo mês seguinte, Yago aparece no Quinteto Ideal CBC (Marcos Limonti/Divulgação)

Pela segunda vez seguida na lista do Quinteto Ideal CBC, o armador Yago Mateus vem mostrando o porque de ser um dos jovens mais promissores que apareceram no basquete brasileiro nos últimos anos.

Durante o último mês, sob o comando de Gustavo De Conti no Flamengo, o armador anotou médias de 10,8 pontos e 4,8 assistências. Os números ficam ainda maiores se observarmos que Yago tem feito parte da segunda unidade do time rubro-negro. Tá jogando muito o monstrinho!

#2 – Gabi Campos (Pinheiros)

Gabi Campos se tornou uma das peças fundamentais do Pinheiros nessa temporada do NBB (João Pires/LNB)

O mês de dezembro foi especial para o armador Gabi Campos, do Pinheiros. Entre os cinco melhores jovens do último mês, o jogador pinheirense se firmou de vez como um dos principais pontuadores da equipe mais jovem da história do NBB.

Em nove jogos, suas médias foram de 14, 6 pontos e 4,3 assistências, se firmando como uma peça motriz do jogo do Pinheiros no campeonato. Além disso, o armador também anotou a maior marca de um jogador nascido em 2000 na história do NBB, com 27 pontos, dois rebotes, cinco assistências e 24 de eficiência no duelo contra o Cerrado Basquete.

 

View this post on Instagram

 

A post shared by NBB (@nbb)

#3 – Matheusinho (Pato Basquete)

Matheusinho tem se desenvolvido bastante nesta temporada com a camisa do Pato Basquete (Marcos Limonti/Divulgação)

O armador Matheusinho tem sido uma das sensações do Pato Basquete na temporada 2020/2021. Em dezembro, o jogador continuou em uma crescente, com uma partida de 25 pontos, oito rebotes e quatro assistências frente ao Brasília Basquete.

Além disso, em sete jogos no último mês, o armador anotou médias de 11 pontos, 4,6 rebotes e 4,4 assistências. As médias de Matheusinho em dezembro mostram a versatilidade do jogador, que vem desde a LDB, e, agora no Pato, tem se desenvolvido cada vez mais.

#4 – Gui Santos (Minas Tênis Clube)

Gui Santos ganhou mais espaço no time principal do Minas nessa temporada (Gilvan de Souza/LNB)

Mais um que aparece na lista pela segunda vez é o ala Gui Santos, do Minas Tênis Clube. Em franca evolução, o jogador de 18 anos tem entrado mais vezes no time adulto, se tornando uma das peças importantes da rotação da equipe comandada pelo técnico Léo Costa.

A evolução do garoto é tão visível que, no último mês, na vitória frente ao Cerrado Basquete, Gui Santos anotou sua melhor marca na carreira, com 19 pontos e 12 rebotes, além de três assistências e incríveis 30 de eficiência.

#5 – Paulo Scheuer (Pato Basquete)

Paulo Scheuer evoluiu nesta temporada sob o comando de Dedé Barbosa (Wilian Oliveira/CAP)

Encerrando o Quinteto Ideal CBC de dezembro, temos o ala/pivô Paulo Scheuer, do Pato Basquete, que sob o comando de Dedé Barbosa evoluiu muito na elite do basquete brasileiro.

Prova disso são as atuações do jovem jogador de 21 anos, que anotou médias de 8,1 pontos e 4,8 rebotes em sete jogos no último mês. Além disso, vale destacar a grande atuação do jogador no duelo contra o Pinheiros, em que anotou um duplo-duplo de 10 pontos e 12 rebotes.