#JOGAJUNTO

NBB

RELATÓRIO FINAL:COVID-19

10-06-2021 | 04:14
Por Liga Nacional de Basquete

Com quase 12 mil testes realizados e 109 casos positivos, Protocolo de Covid-19 tem seu balanço final na temporada 2020/2021 divulgado

A temporada 2020/2021 do NBB foi realizada sob um rígido protocolo de prevenção à Covid-19, que teve seu balanço final consolidado após o término da competição. Ao todo, foram realizados 11.758 testes, sendo 4.646 no primeiro turno, 5.889 no segundo turno e 1.223 nos Playoffs.

Em sete meses, 109 casos positivos foram detectados em toda a competição: 61 no primeiro turno, 43 no segundo turno e cinco nos Playoffs. Dos 109 casos positivos registrados, foram 72 atletas, 25 membros de staff dos clubes e 12 árbitros.

Ao todo, 11.758 testes foram realizados e somente 109 foram positivos, o que representa 0,93% dos casos testados (Fotojump/LNB)

Outros números mostram a evolução da eficácia do protocolo ao longo do NBB. A média geral de casos positivos no NBB foi de 0,41 por partida em toda a competição. Este número apresentou um progresso de 0,5 por partida no primeiro turno, 0,34 no segundo e 0,18 nos Playoffs.

Já o percentual de casos positivos por teste realizado no NBB foi de 0,93% no total. Assim como o número apresentado anteriormente, essa média também foi evoluindo ao longo do campeonato: 1,31% no primeiro turno, 0,73% no segundo turno e 0,4% na mata-mata.

Acrílico e face shied para os mesários é uma das medidas do Protocolo de Covid-19 do NBB (Gilvan de Souza/LNB)

Dos 16 clubes que participaram da 13ª temporada do NBB, dois deles conseguiram se manter até o final da competição com zero casos positivos de Covid: KTO/Caxias do Sul e Viptech/Campo Mourão. Além deles, Zopone/ Gocil Bauru e Unifacisa apresentaram nesse período de disputa apenas um caso.

A criação do Protocolo de Prevenção à Covid-19 do NBB 2020/2021 contou com a participação dos médicos Cláudio Cardone (Flamengo), José Fernando El Murr (São Paulo), Diogo Vilar (Unifacisa) e Diego Gadelha (Unifacisa), sob coordenação do Diretor Técnico-Operacional da LNB, Paulo Bassul, que buscou inúmeras referências de outras ligas ao redor do mundo para embasar ainda mais as medidas apresentadas ao Conselho de Administração da LNB, que por sua vez o aprovou de forma unânime.

Protocolo de Covid-19 do NBB inclui higienização das bolas (Gilvan de Souza/LNB)

Para colaborar e enriquecer o desenvolvimento do protocolo, a LNB contratou o médico infectologista Max Igor Banks Ferreira Lopes, do Hospital das Clínicas da USP, para dar todo o suporte necessário durante o período de elaboração e, por fim, chancelar o mesmo. Durante o processo, o profissional tirou todas as dúvidas da LNB e dos clubes sobre os mais variados segmentos.

O NBB é uma competição organizada pela Liga Nacional de Basquete (LNB), com chancela da Confederação Brasileira de Basketball (CBB) e em parceria com a NBA e o CBC, e conta com os patrocínios oficiais da Budweiser, Nike, Penalty, Plastubos, EY, BetMotion, KitchenAid, Moss, IMG Arena e Genius Sports.