#JOGAJUNTO

NBB

Vai subir a bola

18-11-2011 | 01:36
Por Liga Nacional de Basquete

No Rio de Janeiro, estreante Tijuca recebe o Pinheiros, neste sábado, na abertura da temporada do NBB. SporTV transmite, ao vivo, a partir das 10h

Divulgação/LNB

Divulgação/LNB

Foram mais de cinco meses de espera, mas o NBB está de volta. Depois de uma temporada 2010/2011 emocionante, que terminou com o bicampeonato do Brasília, um novo campeonato começa neste sábado. E quem dá o tapinha inicial na temporada 2011/2012 é Tijuca Tênis Clube e Pinheiros/SKY que se enfrentam, a partir das 10h, no Rio de Janeiro. O SporTV transmite, ao vivo, a partida.

O NBB é uma competição organizada pela Liga Nacional de Basquete em parceria com a Rede Globo e patrocínio Eletrobrás, Caixa, Penalty e Netshoes.

Pela primeira vez participando do NBB, o Tijuca Tênis Clube, que conquistou o acesso a elite do basquete nacional ao sagrar-se campeão da Super Copa Brasil, em 2010, se reforçou com jogadores experientes para esta temporada. O armador Manteguinha, o ala/armador Arnaldinho e o pivô Coloneze chegam para tentar levar a equipe carioca para os playoffs da competição.

“A equipe, apesar de disputar seu primeiro NBB, é formada por muitos jogadores experientes e até com passagens pela seleção, como o Arnaldinho e o Olívia”, lembrou o Coloneze.

Outro reforço para o NBB é o ala Lima, que defendeu Rio Claro no Campeonato Paulista antes de acertar com o time carioca. O jogador espera contar com o apoio da torcida na tentativa de surpreender o Pinheiros, um dos favoritos da competição.

“Acho que temos que jogar da melhor forma com apoio da torcida, espero que ela compareça em peso. Será estreia da quadra nova e todo mundo está motivado. É o primeiro NBB do clube e o grupo está disposto a buscar a melhor colocação possível e avançar para os playoffs”, ressaltou.

Embalado pelo título paulista conquistado recentemente, o Pinheiros entra no NBB 2011/2012 sonhando com o título. Para isso a equipe manteve a mesma equipe titular do último ano, com Figueroa, Shamell, Marquinhos, Olivinha e Morro, e reforçou o banco com as contratações do ala Renato, do armador Paulinho Boracini e do pivô Rafael Mineiro.

“Estamos tendo pouco tempo entre um campeonato e o outro. Fomos bem no Paulista, mas agora temos de colocar o pé no chão, deixar a euforia de lado e ter foco, voltar a ter outros objetivos”, declarou o técnico Cláudio Mortari.

Duelo entre irmãos

A partida entre Tijuca e Pinheiros também reserva um duelo curioso. Os irmãos Olívia e Olivinha estarão de lados opostos da quadra. O mais velho é Olívia, ala/pivô de 37 anos e 2,11m, que defende o clube carioca. O irmão caçula é Olivinha, de 28 e 2,03m e também ala/pivô, que joga pelo time paulista.

“Vai ser, no mínimo, estranho, já que estou acostumado a jogar do lado dele e dessa vez, o terei como adversário. Nos duelos que tive contra os times em que ele estava jogando, acabei perdendo a maioria, então vamos ver se dessa vez eu saio vitorioso”, brincou Olivinha.