#JOGAJUNTO

NBB CAIXA

É dele!

14-06-2016 | 11:26
Por Liga Nacional de Basquete

Treinador com mais títulos na história do NBB CAIXA, José Neto fatura Troféu Ary Vidal de Técnico do Ano pela 1ª vez; prêmio volta a ficar com campeão após 5 anos

Foram quatro temporadas e quatro títulos, mas agora, José Neto conquistou um prêmio inédito em sua trajetória no NBB CAIXA: o Troféu Ary Vidal de Técnico do Ano. Nesta terça-feira, na Festa dos Melhores do Ano, realizada em São Paulo (SP), o comandante tetracampeão pelo Flamengo foi nomeado o melhor treinador da temporada e comemorou o primeiro troféu individual de sua carreira.

Para ficar com o tão desejado troféu de melhor treinador da temporada, José Neto levou a melhor na disputa com o também finalista Demétrius Ferracciú, comandante do vice-campeão Paschoalotto/Bauru, e com Alberto Bial, que guiou o Solar Cearense a uma campanha histórica, marcada pela inédita classificação no G-4 e a inédita ida direta às quartas de final.

“Fico muito feliz em ser nomeado o melhor técnico da temporada. Esse troféu me motiva ainda mais em continuar pelo caminho que estamos fazendo. Não é nada fácil, a cada ano o campeonato fica mais forte, mas o resultado vem sendo muito satisfatório e feitos como esse marca muito a nossa vida”, comentou o técnico José.

Tetracampeão do NBB CAIXA, José Neto faturou o prêmio de melhor técnico da temporada 2015/2016 (João Pires/LNB)

Tetracampeão do NBB CAIXA, José Neto, do Flamengo, faturou o prêmio de melhor técnico da temporada 2015/2016 (João Pires/LNB)

Com a condecoração de José Neto, o Troféu Ary Vidal de Melhor Técnico voltou a ficar com o campeão da temporada depois de cinco temporadas. A última vez em que isso aconteceu foi em 2009/2010, quando Lula Ferreira, hoje membro da diretoria do Franca Basquete, conquistou o título com o UniCEUB/Cartão BRB/Brasília e foi eleito o treinador do ano.

Nascido em Itapetininga (SP), José Alves Neto iniciou sua carreira de treinador nas categorias de base do Paulistano (SP) em 1992. Nove anos depois, assumiu a equipe adulta, em que ficou até 2007. Depois, comandou a Ulbra (SP), Palmeiras (SP) e disputou seu primeiro NBB CAIXA pelo Joinville (SC), na temporada 2011/2012.

Em 2012/2013, foi contratado pelo Flamengo e por lá deu início a uma verdadeira dinastia. Em quatro temporadas, foram quatro títulos do NBB CAIXA, uma Liga das Américas e um Mundial de Clubes (maior conquista da história do basquete do clube), ambos em 2014. Além disso, comandou o clube da Gávea na turnê pela pré-temporada da NBA, algo inédito no basquete brasileiro.

 (João Pires/LNB)

José Neto fecha a temporada 2015/2016 do NBB CAIXA com o título e o prêmio de melhor técnico  (João Pires/LNB)

Paralelamente ao Flamengo, José Neto exerce a função de assistente técnico do argentino Rubén Magnano na Seleção Brasileira. Neste cargo, participou dos Jogos Olímpicos de Londres (2012), da Copa do Mundo da Espanha (2014) e do ouro dos Jogos Pan-Americanos de Toronto (2015). De quebra, comandou o Brasil no Sul-Americano da Venezuela (2014) e ficou com a medalha de bronze.

“O que me marca mais não é o prêmio e sim saber que para subir no palco e ser nomeado o melhor técnico da oitava edição do NBB CAIXA depois de passar por uma grande votação que envolveu os capitães, personalidades do basquete e também meus companheiros técnicos. Ver que outros técnicos admiram seu trabalho e mostram isso é fenomenal”, comentou o melhor técnico do NBB CAIXA.

“Eu que subi no palco para vencer esse prêmio, mas ele é da minha equipe e das pessoas que eu trabalho duro todos os dias para fazer o Flamengo conquistar tudo que vem ganhando. É muito satisfatório fechar a temporada com o prêmio de melhor de treinador, mas vencer o troféu de campeão é algo sem palavras”, concluiu Neto.

O NBB CAIXA é uma competição organizada pela Liga Nacional de Basquete (LNB), em parceria com a NBA, e conta com o patrocínio master da CAIXA, o patrocínio da SKY e o apoio do Ministério do Esporte, Avianca e Spalding.

Também foram votados para o Troféu Ary Vidal do NBB CAIXA 2015/2016:

Bruno Savignani (UniCEUB/Cartão BRB/Brasília), César Guidetti (EC Pinheiros), Danilo Padovani (Mogi das Cruzes/Helbor), Dedé Barbosa (Rio Claro Basquete), Gustavo de Conti (Paulistano/Corpore), Lula Ferreira (Franca Basquete) e Régis Marrelli (Universo/Vitória)

Confira todos os vencedores do Troféu Ary Vidal na história do NBB:

2015/2016 – José Neto (Flamengo)
2014/2015 – Dedé Barbosa (Limeira)
2013/2014 – Gustavo De Conti (Paulistano/Corpore)
2012/2013 – Lula Ferreira (Franca Basquete)
2011/2012 – Régis Marrelli (São José)
2010/2011 – Hélio Rubens (Franca Basquete)
2009/2010 – Lula Ferreira (Franca Basquete)
2008/2009 – Paulo Chupeta (Flamengo)