#JOGAJUNTO

Liga Ouro

EmoçãoAté o fim

Basquete Blumenau BLU 61
x
64 Contagem Towers Basquete CON
17
1ºQ
X
17
17
2ºQ
X
7
8
3ºQ
X
21
19
4ºQ
X
19

Ginásio do Galegão

13 de abril de 2017
Por Liga Nacional de Basquete

Em jogo decidido no estouro do cronômetro, Contagem Towers volta a ganhar em Blumenau e continua caça à liderança

DOCUMENTOS:
61
MANTEVE
4º Colocado (*)
X
64
MANTEVE
1º Colocado (*)
61
PTS
64
4
A3C
3
16
A2C
21
17
LLC
13
38
RT
39
13
ASS
15

Pts: Pontos RT: Rebotes ASS: Assistências A3C: Arremessos de três certos A2C: Arremessos de dois certos LLC: Lances livres certos
(*) Colocação refere-se a rodada em que esta partida foi realizada

Contagem Towers e Blumenau voltaram a ficar a frente a frente pela Liga Ouro em solo catarinense. A exemplo do que já tinha acontecido no primeiro duelo, o time mineiro levou a melhor e saiu de quadra com a vitória por 64 a 61. Os mandantes ainda tiveram a chance de forçar a prorrogação com um arremesso de três de Deonta Stocks no estouro do cronômetro, mas a bola acabou não entrando.

Põe na conta: O Contagem Towers tem campanha de oito vitórias em dez jogos e continua na vice-liderança da Liga Ouro, à caça do Botafogo. Já o Blumenau soma três vitórias e seis derrotas, ocupando a quinta colocação.

Boa estreia: Novidade do Contagem Towers na Liga Ouro, Rafael Oliveira saiu do banco e atuou por 30 minutos em sua primeira partida pelo time mineiro na competição. Acabou sendo o cestinha da partida com 18 pontos e ficou perto de um duplo-duplo ao somar oito rebotes.

Ajuda importante: Além de Rafael Oliveira, quem também se destacou bastante na vitória do Contagem Towers foi Wesley Sena. O pivô, qe já tinha sido dominante na partida anterior em Blumenau, desta vez somou 17 pontos e nove rebotes.

Esforço coletivo: O Blumenau teve quatro jogadores com dois dígitos em pontuação. O principal deles foi o pivô Diego Dias, que fez 12 pontos e ainda pegou dez rebotes. O ala-pivô Lazzaris também teve 12 pontos e apanhou nove rebotes. O armador Deonta Stocks somou 11 pontos, cinco rebotes, quatro roubos de bola e duas assistências. E teve ainda o ala Luiz Semmke, dono de dez pontos.

Defesa forte: Depois de um primeiro equilibrado e que terminou empatado em 17 pontos, o Blumenau conseguiu assumir o controle do jogo em seguida graças à boa defesa que conseguiu encaixar. Afinal de contas, o ataque do Contagem Towers produziu apenas sete pontos em todo o segundo período, cometendo sete desperdícios de posse de bola e acertando três dos nove arremessos. Assim, a equipe catarinense levou uma vantagem de dois dígitos para o intervalo: 34 a 24.

O troco: A coisa se inverteu na volta para o segundo tempo. No terceiro quarto, foi a defesa do Contagem Towers que se mostrou dominante, limitando o adversário a oito pontos e a apenas dois arremessos certos em 16 tentativas, o que dá um aproveitamento de 12,5%. Esse desempenho foi determinante para o time mineiro virar e entrar no último quarto vencendo por 45 a 42.

Eletrizante: O jogo entrou na reta final bastante equilibrado, com os dois times bem próximos no marcador. Restando 11 segundos, Stocks acertou dois lances livres e cortou a diferença do Contagem Towers para um ponto. Só que o time mineiro conseguiu escapar da falta em seguida e pontuou com uma enterrada de Wesley Sena a dois segundos do fim, deixando o time mineiro novamente três pontos à frente: 64 a 61. Sem tempo para pedir, a equipe local ainda tentou uma bola de três com Stocks para forçar a prorrogação, mas não conseguiu.

E agora? Os dois times terão o Brusque como próximo adversário, ambos na condição de mandante. O jogo do Blumenau será na terça-feira (18). O do Contagem Towers acontecerá no dia 21 (sexta).

Nr. Jogador JO Min Pts RD+RO RT AS 3P% 2P% LL% BR TO FC FR ET +/- EF
#19 Diego D. 1 30.1 12/23 (52) 6+4 10 0 0/0 (0) 4/9 (44) 4/5 (80) 0 0 0.00 4.00 3 -1 13
#14 Lazzaris 1 31.8 12/24 (50) 4+5 9 2 1/4 (25) 2/3 (67) 5/6 (83) 2 1 3.00 4.00 4 -7 17
#1 Stocks 1 26.0 11/38 (29) 5+0 5 2 0/4 (0) 4/11 (36) 3/4 (75) 4 0 3.00 4.00 2 -2 8
#9 L. Semmke 1 38.4 10/30 (33) 1+1 2 4 2/6 (33) 2/6 (33) 0/0 (0) 1 0 4.00 2.00 4 -4 5
#26 Lucas M. 1 15.6 8/20 (40) 0+0 0 1 1/3 (33) 2/5 (40) 1/1 (100) 1 0 2.00 1.00 1 0 4
#7 Gabriel 1 20.5 4/20 (20) 2+1 3 2 0/4 (0) 1/2 (50) 2/4 (50) 0 0 3.00 4.00 0 3 2
#3 Gaines 1 29.0 2/18 (11) 4+0 4 2 0/2 (0) 1/6 (17) 0/0 (0) 0 0 2.00 0.00 1 -2 0
#23 Rômulo 1 8.6 2/4 (50) 1+0 1 0 0/0 (0) 0/1 (0) 2/2 (100) 0 0 0.00 3.00 0 -2 2
#16 Andrézão 1 0.0 0/0 (0) 0+0 0 0 0/0 (0) 0/0 (0) 0/0 (0) 0 0 0.00 0.00 0 0 0
#8 G. Borges 1 0.0 0/0 (0) 0+0 0 0 0/0 (0) 0/0 (0) 0/0 (0) 0 0 0.00 0.00 0 0 0
#6 Portilho 1 0.0 0/0 (0) 0+0 0 0 0/0 (0) 0/0 (0) 0/0 (0) 0 0 0.00 0.00 0 0 0
#34 Vinícius 1 0.0 0/0 (0) 0+0 0 0 0/0 (0) 0/0 (0) 0/0 (0) 0 0 0.00 0.00 0 0 0
Equipe 1 0.0 61/177 (34) 23+15 38 13 4/23 (17) 16/43 (37) 17/22 (77) 8 1 17.00 22.00 16 0 54
Nr. Jogador JO Min Pts RD+RO RT AS 3P% 2P% LL% BR TO FC FR ET +/- EF
#13 Rafael 1 30.1 18/26 (69) 7+1 8 2 0/1 (0) 8/10 (80) 2/3 (67) 0 0 3.00 2.00 2 11 22
#11 Sena 1 31.5 17/32 (53) 6+3 9 2 1/2 (50) 7/13 (54) 0/0 (0) 0 0 3.00 0.00 4 1 17
#15 Tatu 1 25.7 8/9 (89) 2+1 3 2 1/1 (100) 1/1 (100) 3/4 (75) 0 1 1.00 4.00 3 -3 10
#6 Duval 1 26.0 7/21 (33) 1+0 1 4 1/3 (33) 2/6 (33) 0/0 (0) 0 0 5.00 2.00 3 10 3
#10 Perez 1 32.4 6/26 (23) 1+0 1 2 0/3 (0) 1/6 (17) 4/5 (80) 2 0 5.00 4.00 5 -4 -3
#33 R. Biro 1 34.3 4/8 (50) 9+0 9 1 0/0 (0) 1/3 (33) 2/2 (100) 2 1 2.00 1.00 4 5 11
#54 Alírio 1 7.5 2/9 (22) 2+2 4 1 0/1 (0) 1/3 (33) 0/0 (0) 1 0 1.00 2.00 0 -5 5
#3 Victor 1 5.5 2/3 (67) 1+0 1 0 0/0 (0) 0/0 (0) 2/3 (67) 0 0 1.00 1.00 1 -2 1
#5 Henrique 1 1.0 0/0 (0) 0+0 0 0 0/0 (0) 0/0 (0) 0/0 (0) 0 0 0.00 0.00 0 1 0
#8 Fernando 1 0.0 0/0 (0) 0+0 0 0 0/0 (0) 0/0 (0) 0/0 (0) 0 0 0.00 0.00 0 0 0
#17 Gedson 1 6.1 0/0 (0) 2+0 2 1 0/0 (0) 0/0 (0) 0/0 (0) 0 0 1.00 0.00 0 1 3
#21 Tom 1 0.0 0/0 (0) 0+0 0 0 0/0 (0) 0/0 (0) 0/0 (0) 0 0 0.00 0.00 0 0 0
Equipe 1 0.0 64/134 (48) 32+7 39 15 3/11 (27) 21/42 (50) 13/17 (76) 5 2 22.00 16.00 23 0 69