#JOGAJUNTO

NBB CAIXA

Expandindo fronteiras!

28-08-2015 | 03:51
Por Liga Nacional de Basquete

Temporada 2015/2016 do NBB terá a participação de 16 times e inclusão de dois novos Estados: Rio Grande do Sul e Bahia

A temporada 2015/2016 do NBB terá a participação de 16 equipes. Na manhã desta sexta-feira (28/08) foram confirmados os clubes que disputarão a oitava edição do maior campeonato de basquete do país e os 16 times que haviam formalizado o pedido de inscrição tiveram suas participações confirmadas.

A grande novidade ficou por conta do Banrisul/Caxias do Sul Basquete (RS). Campeão da Liga Ouro 2014, a equipe gaúcha teve sua participação na elite do basquete nacional assegurada e o Estado voltará a ser representado no NBB depois de seis anos – a única equipe do Rio Grande do Sul a disputar a competição foi o Bira/Lajeado na temporada 2008/2009.

“A volta do Rio Grande do Sul ao NBB é muito importante. O Estado tem uma tradição imensa na modalidade e muitos atletas que hoje disputam o NBB são nascidos e criados por lá. Além disso, a entrada do Caxias valoriza ainda mais a Liga Ouro, já que pelo segundo ano seguido o campeão da Divisão de Acesso seguirá para a elite do basquete brasileiro”, disse o diretor técnico da LNB, Vítor Jacob

Campeão da Liga Ouro 2015, Caxias disputará a próxima temporada do NBB (Guilherme Peixinho/LNB)

Campeão da Liga Ouro 2015, Caxias disputará a próxima temporada do NBB (Guilherme Peixinho/LNB)

Outra mudança significativa no quadro de equipes do NBB fica por conta do Unitri/Uberlândia, que agora terá a cidade de Salvador como sua sede e passará a ser chamado de Universo/Salvador. Esta será a primeira vez que uma equipe do Estado da Bahia disputará a principal competição de basquete do país.

“Essa mudança tem um significado duplamente positivo para a Liga Nacional de Basquete. Primeiro porque se trata de um time sócio fundador da LNB e que conseguirá se manter na competição mesmo com a crise financeira no país. Em segundo lugar teremos a abertura de um novo mercado em Salvador, terceira maior capital do nosso país. Mesmo sem um time de basquete, Salvador é sempre uma cidade com uma imensa audiência em nossos eventos transmitidos na TV Globo e também em nosso site. Isso sem falar que agora teremos duas equipes no Nordeste”, comemorou o presidente da LNB, Cássio Roque.

+ Final do NBB voltará a ser disputada em uma melhor de cinco jogos

Quem também seguirá na elite da modalidade da bola laranja será a Liga Sorocabana. Com a ausência do Palmeiras, a equipe do interior paulista, rebaixada à Liga Ouro no último NBB, teve direito a uma vaga na temporada 2015/2016 e disputará o NBB pelo quinto ano consecutivo.

As demais 13 equipes são as mesmas que disputaram a última edição da competição: Solar Cearense (CE), Paschoalotto/Bauru (SP), UniCEUB/BRB/Brasília (DF), Flamengo (RJ), Franca Basquete (SP), Winner/Limeira (SP), Macaé Basquete (RJ), Minas Tênis Clube (MG), Mogi das Cruzes/Helbor (SP), Paulistano/Unimed (SP), Pinheiros (SP), Rio Claro Basquete (SP) e São José Basketball (SP).

Agora, com a entrada do Caxias e a mudança do time de Uberlândia para Salvador, o NBB terá sua próxima temporada com equipes de seis Estados diferentes mais o Distrito Federal. Outro fato inédito para a competição é a presença de duas equipes da Região Nordeste entre as 16 participantes, além, é claro, da volta da Região Sul ao campeonato – desde o NBB 2012/2013 o Sul não tinha um time na elite do basquete nacional.

NBB 2015/2016 contará com a participação de equipes de seis Estados diferentes mais o Distrito Federal (João Pires/LNB)

NBB 2015/2016 contará com a participação de equipes de seis Estados diferentes mais o Distrito Federal (João Pires/LNB)

A LNB (Liga Nacional de Basquete) fez um convite a Sport Club do Recife e Campo Mourão Basquete, segundo e terceiro colocados da última edição da Liga Ouro, para disputarem a temporada 2015/2016 do NBB. Mesmo com projetos estruturados – ambas disputaram as duas edições da Divisão de Acesso ao NBB e também a LDB (Liga de Desenvolvimento de Basquete) -, as duas agremiações optaram pela cautela, participando de forma mais estruturada e seguirão na Liga Ouro.

No início da próxima semana, o Departamento Técnico da LNB divulgará a tabela completa dos jogos da temporada 2015/2016. A competição terá início entre o fim do mês de outubro e o início de novembro de 2015 e se estenderá até junho de 2016.

A fórmula de disputa do campeonato segue a mesma. Os 12 melhores colocados na fase de classificação avançarão às Finais, que seguirá disputada a partir das oitavas de final, sempre em uma melhor de cinco jogos, inclusive a série Final. Para esta temporada, o formato das séries de playoff também sofreu uma alteração e os confrontos de mata-mata serão disputados no modelo 1-2-1-1, com os Jogos 2, 3 e 5 sendo realizados na casa da equipe de melhor campanha na fase de classificação.

A reclassificação das equipes a cada etapa dos playoffs também segue extinta e, assim como na últimas temporadas, o chaveamento dos playoffs até a Final já estará definido ao término da fase de classificação. O último colocado da etapa inicial estará automaticamente rebaixado à Liga Ouro, Divisão de Acesso ao NBB.

Confira todos os 16 participantes do NBB 2015/2016:

– Solar Cearense (CE)
– Paschoalotto/Bauru (SP)
– UniCEUB/BRB/Brasília (DF)
– Banrisul/Caxias do Sul Basquete (RS)
– Flamengo (RJ)
– Franca Basquete (SP)
– Liga Sorocabana de Basquete (SP)
– Winner/Limeira (SP)
– Macaé Basquete (RJ)
– Minas Tênis Clube (MG)
– Mogi das Cruzes/Helbor (SP)
– Paulistano/Unimed (SP)
– Pinheiros (SP)
– Rio Claro Basquete (SP)
– São José Basketball (SP)
– Universo/Salvador (BA)