#JOGAJUNTO

NBB CAIXA

Mudança de foco

04-11-2017 | 05:44
Por Liga Nacional de Basquete

Dois dias depois de ser campeão estadual, Paulistano usa derrota na abertura do NBB CAIXA como alerta para "temporada ainda mais equilibrada"

Com novo mascote, Paulistano foi recebido calorosamente por sua torcida pela primeira vez desde o título (João Pires/LNB)

O Paulistano/Corpore entrou em quadra na tarde deste sábado (04/11) sob calorosa recepção de sua torcida, que saldou a equipe pela primeira vez desde o inédito título do Campeonato Paulista 2017, conquistado há somente dois dias. No entanto, o clima de festa foi estragado pelo atual campeão Sendi/Bauru Basket, que venceu em pleno Ginásio Antonio Prado Jr, por 72 a 71.

Empolgação pelo título? Nada disso. O time da capital paulista não teve tempo de preparação pensando exclusivamente no Bauru, até porque a última vitória contra Franca foi há só dois dias. No entanto, para o técnico Gustavo De Conti, o pouco tempo de preparação para o duelo deste sábado não justifica os erros e maus aproveitamentos apresentados.

+Saiba mais: Bauru vence Paulistano com bola decisiva de Duda no fim

“É dificil analisar com tanta precisão a nossa atuação, pois não tivemos tempo de preparação. Nosso foco tático estava todo no playoff contra Franca, que é uma equipe totalmente diferente. Tivemos praticamente só uma conversa e já viemos para o jogo. Mas mentalmente estávamos muito mal. Não me lembro a última vez que tivemos 36% nos pontos tentados e 57% nos lances livres. Com certeza não é o que se espera da nossa equipe”, disse Gustavo De Conti.

Com cabelo descolorido depois da conquista do Campeonato Paulista, assim como Yago e Deryk, o ala Lucas Dias foi o cestinha da equipe diante do Bauru, com 17 pontos. Para ele, o título conquistado na última quinta-feira em pleno Pedrocão lotado não pode ser desculpa para o resultado negativo na abertura do NBB CAIXA.

“Não podemos usar o título como desculpa. Fomos campeões na quinta-feira e tivemos um dia de descanso até o jogo de hoje. Não podemos cometer os vacilos que cometemos assim, ainda mais na nossa casa. Eles (Bauru) souberam aproveitar e saíram com a vitória”, comentou Lucas Dias, que ainda pegou oito rebotes e totalizou 15 de eficiência.

Atual vice-campeão do NBB CAIXA, o Paulistano foi um dos grandes exemplos do tamanho do equilíbrio da edição passada. Depois de terminar a fase de classificação na quinta posição, o time da capital paulista eliminou o Solar Cearense no sufoco nas oitavas de final (3 a 2), despachou o Franca, terceiro colocado na primeira fase, sem o mando de quadra (3 a 2), e foi à final com uma varrida sobre o Universo/Vitória (3 a 0). Na decisão contra o próprio Bauru, chegou a abrir 2 a 0, mas levou a virada e ficou com o vice.

+Saiba mais: LNB homenageia atletas e dirigentes de Bauru e Paulistano antes do jogo

Para esta temporada, a equipe do técnico Gustavo De Conti foi reforçada com o armador Elinho Corazza, os alas/armadores Deryk Ramos e Kyle Fuller, e os alas/pivôs Du Sommer e David Nesbitt. Mesmo com elenco teoricamente mais forte em relação ao ano anterior, a dificuldade esperada neste NBB CAIXA é ainda maior.

“No último NBB foi assim, mas esse ano será ainda mais”, disse Gustavo De Conti (João Pires/LNB)

“Todos os jogos serão muito equilibrados. No último NBB foi assim, muito equilibrado, mas esse ano será ainda mais, porque o nível está ainda mais alto. Infelizmente será assim (risos). No Campeonato Paulista tivemos jogos duros, mas não eram todos. Nada comparado ao NBB, que com certeza será muito mais equilibrado e de alto nível”, concluiu Gustavo De Conti, atual vencedor do troféu Ary Vidal de Melhor Técnico do NBB CAIXA.

O próximo compromisso do CAP no NBB CAIXA será contra um adversário frequente nos últimos tempos: o Sesi Franca Basquete. O duelo será na sexta-feira (10/11), justamente no Ginásio Pedrocão, às 20h10, onde a equipe acabou de ser campeã paulista, na primeira transmissão ao vivo via Twitter do campeonato.

O NBB CAIXA é uma competição organizada pela Liga Nacional de Basquete (LNB), em parceria com a NBA, e conta com o patrocínio master da CAIXA, os patrocínios da SKY, INFRAERO, Avianca, Nike e Penalty e o apoio do Ministério do Esporte.