O São José/Unimed começou bem o confronto semifinal diante do líder do NBB, o Flamengo. Com a força da torcida joseense, o time paulista venceu o carioca, nesta terça-feira, por 80 a 72, e abriu 1 a 0 na série. As equipes voltam a se enfrentar na sexta-feira (dia 17), às 21h, na HSBC Arena, no Rio de Janeiro.

O ala/pivô do São José, Jefferson William, foi o grande nome do jogo ao anotar 27 pontos na partida. Além dele, o armador Fúlvio também foi destaque com um duplo-duplo de 17 pontos e 13 assistências, sendo que uma delas que já valeu para que ele completasse seu 1000º passe decisivo da carreira no NBB.

“Aqui em São José, a gente consegue impor o nosso ritmo de jogo e foi isso o que aconteceu hoje. Foi uma vitória importante para jogarmos toda a responsabilidade para o Flamengo nos próximos dois jogos no Rio”, afirmou Fúlvio. “Ainda não tem nada ganho e precisamos manter o foco na série”, completou.

Com a força da torcida que lotou o Ginásio Lineu de Moura, o São José começou a partida na liderança (8 a 6). O Flamengo, sem se intimidar com a pressão, atacou com tranquilidade e após cinco pontos seguidos do armador Kojo, silenciou as arquibancadas por alguns segundos (11 a 8). Os cariocas chegaram a abrir seis pontos de vantagem no placar (16 a 10), mas os joseenses reagiram no final do primeiro período e baixaram a diferença para somente três (20 a 17).

O segundo quarto demorou para engrenar. O jogo ficou mais pegado na defesa e a tensão tomou conta das equipes. Nos primeiros cinco minutos do período, somente nove pontos foram marcados, sendo que sete foram de São José, que empatou a partida em 23 a 23. A reação levantou a torcida da casa e colocou os joseenses de volta à liderança (34 a 30). Porém, um arremesso incrível do meio da quadra do ala do Flamengo, Duda, no estouro do cronômetro, deixou o time rubro-negro colado no marcador de novo (34 a 33).

O São José voltou inspirado para o terceiro quarto e com uma sequência de sete pontos consecutivos voltou a abrir boa vantagem no placar (41 a 33). A resposta do Flamengo veio aos poucos. Com boa defesa e explorando a posse de bola no ataque, os cariocas encostaram e passaram a frente do placar com uma bandeja do pivô Caio Torres (51 a 50). O rubro-negro levou a liderança do jogo para o último quarto (55 a 52).

Lá e cá, o último período foi emocionante. Os donos da casa, novamente, tiveram um melhor início e recuperaram a liderança após duas bolas de 3 pontos seguidas, uma de Jefferson William e outra de Dedé, e uma cesta seguida de falta do pivô Murilo (68 a 60). Ao som de “o caldeirão é nosso”, os joseenses rumavam à vitória do primeiro jogo da série semifinal.

No entanto, como um grande confronto de playoffs, abrir vantagem não significa nada e o Flamengo pressionou o time paulista até o último segundo. A diferença chegou a cair para três pontos nos momentos finais (74 a 71), mas o São José teve tranquilidade para fechar a disputa.

“Foi um jogo parelho, que infelizmente, deixamos abrir um pouco no final e não conseguimos buscar. Agora, vamos voltar para o Rio e fazer a nossa parte lá”, comentou o ala Marquinhos, cestinha do Flamengo no jogo, com 17 pontos.

 

Confira o calendário completo desse confronto das semifinais do NBB 2012/2013*:

(1º) Flamengo 0 x 1 São José/Unimed (7º)
14/05 (terça-feira) São José 80 x 72 Flamengo
17/05 (sexta-feira) – Arena HSBC, no Rio de Janeiro (RJ), às 21 horas
19/05 (domingo) – Arena HSBC, no Rio de Janeiro (RJ), às 20 horas
23/05 (quinta-feira)** – Ginásio Lineu de Moura, em São José dos Campos (SP), às 19 horas
25/05 (sábado)** – Arena HSBC, no Rio de Janeiro (RJ), às 21h45

*Todos os jogos terão transmissão ao vivo do SporTV