O Uniceub/BRB/Brasília não se intimidou com a derrota no primeiro jogo da série quartas de final e venceu, nesta quarta-feira, o São José/Unimed, em casa, por 100 a 79. Com a vitória, os atuais tricampeões do NBB empataram em 1 a 1 o confronto, que volta a ser disputado nesta sexta-feira (dia 03), às 21h, no Ginásio Nilson Nelson, em Brasília (DF).

O armador do Brasília, Nezinho,  foi o cestinha da partida, com 25 pontos, seguido pelo pivô Paulão Prestes, que anotou 16 pontos e ainda pegou 14 rebotes, um duplo-duplo. Pelo time paulista, o ala Dedé foi o destaque, com 18 pontos.

“O jogo foi muito nervoso. Não conseguimos fazer uma boa defesa no primeiro confronto, mas hoje, voltamos a jogar do nosso jeito. Sexta vai ser mais uma batalha. Eles estão mordidos, nós também. Vamos agora em busca de mais uma vitória”, afirmou o ala do Brasília, Alex, autor de 14 pontos no jogo.

Aproveitando bem os contra-ataques, o Brasília começou melhor o Jogo 2 da série. Os donos da casa abriram oito pontos de vantagem nos primeiros minutos da etapa inicial, após duas cestas de 3 seguidas do armador Nezinho (16 a 8). Sem conseguir reagir no primeiro quarto, o São José permitiu que os brasilienses ampliassem a diferença no final do período, quando o ala/pivô Guilherme Giovannoni acertou um arremesso de fora no estouro do cronômetro (25 a 12).

O Brasília manteve o ritmo acelerado no segundo quarto e, enquanto isso, o São José teve dificuldades no ataque. O time paulista acertou apenas quatro arremessos de quadra de 17 tentados no período. Com uma bola de Arthur, da zona morta, no último segundo da primeira metade da partida, os brasilienses abriram a maior vantagem do jogo, até então, 23 pontos (53 a 30).

Na volta do intervalo, as bolas de fora continuaram caindo pelo lado do Brasília, que não permitiu qualquer reação rápida do adversário. O São José até evoluiu no setor ofensivo, mas a troca de cestas só interessava aos tricampeões, que foram levando o terceiro quarto sem muito esforço (77 a 55).

Os joseenses deram sinal de uma possível recuperação no início do último quarto, quando eles marcaram uma sequência de 7 a 0 (77 a 62). Porém, o armador Fúlvio anotou sua quinta falta pessoal e, em seguida, o banco do time de São José dos Campos cometeu duas faltas técnicas, que mataram o bom momento paulista. Assim, o Brasília precisou somente administrar o resultado nos minutos finais para empatar a série em 1 a 1.

“Começamos mal o jogo novamente. Em São José, deu para correr atrás, mas aqui não. A série está 1 a 1 e temos uma partida decisiva na sexta”, comentou o pivô do São José, Murilo.

 

Confira todas as partidas da série:

Uniceub/BRB/Brasília (2º) 1 x 1 São José/Unimed (7º)
29/04 – São José 90 x 76 Brasília
01/05 – Brasília 100 x 79 São José
03/05 – Ginásio Nilson Nelson, em Brasília (DF), às 21 horas (transmissão ao vivo do SporTV)
06/05 – Ginásio Lineu de Moura, em São José dos Campos (SP), às 20 horas
09/05* – Ginásio Nilson Nelson, em Brasília (DF), às 20 horas

*Se necessário