#JOGAJUNTO

NBB CAIXA

Seleção dasoitavas

09-04-2019 | 07:17
Por Liga Nacional de Basquete

Com mescla de experiência e juventude, Seleção das Oitavas de Final é definida; veja os integrantes

Depois de dez jogos disputados, as oitavas de final do NBB CAIXA 2018/2019 chegaram ao fim. Junto com isso, a Seleção das Oitavas de Final foi definida e conta com a presença dos personagens que mais se destacaram na primeira fase dos playoffs.

Vale lembrar que as escolhas são feitas pelos editores do portal da LNB e não necessariamente refletem a opinião da entidade. Confira a Seleção e deixe seu pitaco nas nossas redes sociais.

O NBB CAIXA é uma competição organizada pela Liga Nacional de Basquete (LNB), em parceria com a NBA, e conta com o patrocínio máster da CAIXA, os patrocínios da Budweiser, INFRAERO, Avianca, Nike e Penalty e os apoios de UNISAL, Açúcar Guarani, Ministério do Esporte e Governo Federal.

#1 Jamaal (Botafogo)

Para começar o quinteto nada mais nada menos que Jamaal Smith. O armador norte-americano foi importantíssimo na classificação do Botafogo para as quartas de final, ao vencer a série contra o São José Basketball por 2 a 0.

No primeiro confronto, o jogador do Glorioso foi o cestinha da partida com 20 pontos, além de três assistências e 20 de eficiência. Ele ainda foi o responsável por acertar o arremesso de 3 pontos que colocou o Botafogo na ponta do placar (83 a 81), restando menos de um minuto para o fim do jogo.

 

Visualizar esta foto no Instagram.

 

Herói para uns, vilão para outros 👀🔥 #PlayoffsNBB #DeOlhoNoTítulo . @dat_dude_jrock @botafogo

Uma publicação compartilhada por NBB CAIXA (@nbb) em

 Já no Jogo 2, Jamaal contribuiu com mais 15 pontos – oito deles no último quarto. Acostumado a crescer nos momentos de decisão, o armador deu seu show para os torcedores do Botafogo com lindos dribles e bolas de longa distância, fundamentais para outro triunfo do time carioca.

 

Visualizar esta foto no Instagram.

 

🔥NOBODY CAN STOP JAMAAL🔥 . #NBBnoFOXSports #PlayoffsNBB

Uma publicação compartilhada por NBB CAIXA (@nbb) em

Com médias de 17,5 pontos, 2,5 rebotes, 2,5 assistências e 16 de eficiência na série, Jamaal foi o grande destaque do Botafogo na classificação para as quartas de final do NBB CAIXA. A vaga na Seleção das Oitavas até que foi justa, né?

#2 Humberto (Corinthians)

Quem aparece na sequência é o ala Humberto. Depois de sair atrás na série contra o Universo/Brasília, o jogador do Corinthians foi fundamental nos dois jogos em casa, que confirmaram a virada do Timão (2 a 1) e a vaga nas quartas.

Com atuação um pouco apagada na primeira partida, Humberto cresceu de desempenho nos dois confrontos no Ginásio Wlamir Marques. No Jogo 2, o ala de 23 anos deixou a quadra com 12 pontos, quatro rebotes e 12 de eficiência.

Mas a grande atuação foi no terceiro e decisivo duelo, em que anotou 14 pontos, além de cinco rebotes, três assistências e 22 de eficiência, na vitória por 83 a 74, na prorrogação, que garantiu o Corinthians nas quartas de final contra o Flamengo.

 

Visualizar esta foto no Instagram.

 

WOW! 🤯 Passe de costas e cravada? TEMOS! #PlayoffsNBB #NBBnoFOXSports

Uma publicação compartilhada por NBB CAIXA (@nbb) em

As boas medias de 10,6 pontos, 4,6 rebotes e 13,0 de eficiência na série credenciaram Humberto a ganhar um lugar na Seleção dos melhores das oitavas de finais.

#3 Guilherme Giovannoni (Corinthians) – Dono da Bola

Se tem alguém que merece destaque pelos desempenhos na primeira fase dos playoffs, esse alguém é o ala/pivô Guilherme Giovannoni. Atuando contra a equipe em que foi tricampeão do NBB CAIXA, o jogador do Corinthians chamou a responsabilidade e foi para lá de decisivo para a classificação inédita da equipe para as quartas de final.

Cestinha das oitavas de final, com 19,3 pontos de média nas três partidas contra o Brasília, Giovannoni mostrou que, mesmo perto dos 39 anos, continua com muito poder de decisão. Além da pontuação, conseguiu se destacar em outros fundamentos: 6,3 rebotes, 3,0 assistências e 20,0 de eficiência.

O grande momento do experiente ala/pivô foi no duelo mais importante da série, o Jogo 3. Depois do empate no tempo normal, o jogador foi perfeito na prorrogação, com oito pontos anotados em oito tentados, e ajudou o Corinthians a avançar de fase na competição.

As grandes médias somadas ao poder de decisão não só o garantiram entre os melhores das oitavas de final como também o renderam o prêmio de Dono da Bola. O que podemos esperar dele nas quartas de final contra o Flamengo?

#4 Felipe Ribeiro (Basquete Cearense)

Na maior surpresa dos playoffs até aqui, o Basquete Cearense eliminou o atual campeão Paulistano sem perder nenhum jogo. E não poderia faltar um jogador do Carcará na Seleção das Oitavas: o ala/pivô Felipe Ribeiro fez dois grandes jogos e garantiu um lugar entre os melhores da fase.

No primeiro duelo, o jogador de 39 anos teve atuação bem consistente: 14 pontos, nove rebotes e 20 de eficiência na vitória da sua equipe por 75 a 68.

 

Visualizar esta foto no Instagram.

 

Pela 2ª vez consecutiva, o @basquetecearense está nas quartas de final dos #PlayoffsNBB 💥🏀

Uma publicação compartilhada por NBB CAIXA (@nbb) em

 Vindo de grande partida, Felipe Ribeiro foi ainda mais importante no Jogo 2. Zerado nos três primeiros quartos, o ala/pivô do Basquete Cearense anotou 17 pontos (3/3 nas bolas de longa distância) nos últimos dez minutos e confirmou o Carcará nas quartas de final do NBB CAIXA.

#5 Lucas Mariano (Sendi/Bauru Basket)

O Bauru precisou de três partidas para eliminar o Life Fitness/Minas (2 a 1). O principal destaque do Dragão na série veio do garrafão: o pivô Lucas Mariano.

Com médias de 15,6 pontos, 6,0 rebotes e 18,6 de eficiência na série, Lucão teve papel mais efetivo nos últimos dois jogos, ambos vencidos pelo Bauru.

A melhor atuação aconteceu no terceiro e último jogo, em que contribuiu com 23 pontos, quatro rebotes, três tocos e 27 de eficiência.

Sexto Homem: Paulo (Basquete Cearense)

Vindo do banco de reservas, o ala Paulo conseguiu ajudar bastante o Basquete Cearense nos duelos contra o Paulistano.

A melhor atuação ocorreu no Jogo 2, em que contribuiu com 15 pontos, oito rebotes e 19 de eficiência na vitória que garantiu o Carcará nas quartas de final.

Com médias de 10,5 pontos, 5,0 rebotes e 14,0 de eficiência, o jogador foi escolhido o melhor Sexto Homem da Seleção das Oitavas de Final.

Confira a Seleção das Oitavas de Final:

– Jamaal (Botafogo)

– Humberto (Corinthians)

– Guilherme Giovannoni (Corinthians)

– Felipe Ribeiro (Basquete Cearense)

– Lucas Mariano (Sendi/Bauru Basket)

– Sexto Homem: Paulo (Basquete Cearense)