#JOGAJUNTO

NBB CAIXA

Torcendo por Brasília

19-11-2015 | 11:48
Por Liga Nacional de Basquete

Mogi vence o Franca, mas não avança para a final da Liga Sul-Americana; o título de Brasília ainda pode dar aos mogianos uma vaga na Liga das Américas

O Mogi das Cruzes/Helbor conseguiu o resultado que precisava, nesta quinta-feira, diante do Franca Basquete na última rodada da segunda fase da Liga Sul-Americana. No entanto, a vitória por 83 a 64 não foi suficiente para que a equipe alcançasse à classificação para a final do torneio, diante do outro time brasileiro, o UniCEUB/ Cartão BRB/Brasília. O San Martín de Corrientes (ARG) superou os donos da casa, o Guaros Lara (VEN), na partida de fundo, terminou a etapa invicto com três vitórias e ficou com a vaga na decisão.

Agora, o time de Mogi aguarda ansiosamente pelo resultado da final entre Brasília e San Martín. Uma vitória da equipe brasileira garante os mogianos na Liga das Américas 2016, já que com a saída da Winner/Limeira, o Brasil automaticamente ganhou uma vaga na competição continental. Como o campeão também avança para o torneio das Américas, um triunfo brasiliense carregaria as duas equipes do NBB adiante. No caso de uma derrota brasileira, a equipe da Capital Federal fica com a vaga.

Momento-chave: Os francanos até começaram a partida impondo o jogo, chegaram a abrir 7 a 0 nos primeiros minutos e venceram o primeiro quarto por 23 a 21. Porém, na volta para o segundo quarto, o Mogi das Cruzes entrou no jogo e acelerou o ritmo para virar o placar e colocar oito pontos de vantagem antes do intervalo (41 a 33).

União faz a força: Cinco atletas do Mogi das Cruzes marcaram mais de 10 pontos na partida. O pivô ex-Franca, Lucas Mariano, foi o cestinha com 16 pontos, seguidos por Tyrone (15), Shamell (14), Larry Taylor (11) e Gerson (11).

Números comprovam: A forte defesa da equipe do técnico Danilo Padovani forçou o adversário a cometer 17 erros na partida. O Mogi das Cruzes ainda recuperou 12 bolas.

Fizeram falta: Sem contar com o pivô Thiago Mathias, que se lesionou logo no primeiro jogo, o Franca teve mais duas baixas diante do Mogi das Cruzes. No primeiro tempo, o armador Nezinho sentiu a coxa e não retornou no segundo tempo; e o ala Isaac sofreu uma entorse no tornozelo no último quarto e também desfalcou a equipe francana.

Põe na conta: O Mogi das Cruzes finalizou sua participação na Liga Sul-Americana com duas vitórias e uma derrota na etapa realizada em Barquisimetro, na Venezuela. Os francanos, por outro lado, perderam as três partidas que disputaram na segunda fase da competição.

E agora: As duas equipes viram a “chavinha” na semana que vem quando focam suas energias na disputa do NBB. O Franca Basquete vai à Capital Federal enfrentar o finalista da Liga Sul-Americana, o UniCEUB/Cartão BRB/Brasília, no dia 25. Já o Mogi das Cruzes/Helbor volta às quadras no dia 27, em casa, diante do Rio Claro Basquete.