#JOGAJUNTO

NBB CAIXA

Evolução,nota 10

14-06-2018 | 01:01
Por Liga Nacional de Basquete

Após temporada incrível pelo Minas, Wesley é eleito o Jogador Que Mais Evoluiu no NBB CAIXA 17/18

Com um aumento de produtividade espetacular, Wesley é o Jogador Que Mais Evoluiu no NBB CAIXA 17/18 em relação a temporada passada. Titular absoluto do Minas Tênis Clube, o ala/pivô de 22 anos de idade foi imprescindível para o elenco comandado por Flávio Espiga, fez uma competição em altíssimo nível e foi coroado com o troféu nesta quarta-feira (13/06), na festa de premiação do campeonato, realizada em São Paulo (SP).

“Eu devo muito ao Minas. Eles me deram a chance, me apoiaram e o Espiga, que chegou com uma ideia de jogo diferente, me disse desde o início da temporada que eu ganharia este prêmio, na Copa Avianca. Ele me disse isso, mas também falou que eu precisava treinar, me empenhar muito e não me acomodar, e foi isso que eu fiz. Treinei muito, me esforcei, e espero que esse seja o primeiro de muitos e que ano que vem tenham mais prêmios”, analisou o o camisa 21 minastenista.

Campeão da LDB 2015 pelo EC Pinheiros, Wesley foi grande destaque do São Bernardo na edição seguinte da competição, com médias muito boas de 15,1 pontos, 7,5 rebotes e 18,7 de eficiência por partida.

Com a grande LDB, Wesley assinou contrato com o time adulto do Minas para disputar a temporada 2016/2017. Com média de 14,6 minutos, 5,1 pontos e 2,9 ao longo das 27 partidas que fez, o ala/pivô não pôde ajudar muito a equipe minastenista, que terminou o NBB CAIXA na 13ª posição, fora dos playoffs.

Pelo bom desempenho demonstrado, Wesley renovou contrato com o time e seguiu em Belo Horizonte (MG). Desta vez como titular e peça fundamental do elenco minastenista, o camisa 21 foi o cestinha, com 13,4 PPJ, terceiro principal reboteiro, com 3,9 RPJ, e terceiro jogador mais eficiente da equipe, com 11,9 EPJ

Com grande temporada pelo Minas, Wesley foi eleito o Jogador Que Mais Evoluiu no NBB CAIXA 17/18 (Luiz Pires/LNB)

A evolução de uma temporada para a outra de Wesley é notável. Com dez minutos a mais de quadra em relação ao NBB CAIXA 16/17 (14,6 MPJ para 24,7), o ala/pivô dobrou sua eficiência (6,3 para 11,9 por partida) e quase triplicou sua pontuação (5,1 para 13,4 PPJ).

“A próxima temporada é de afirmação. Eu preciso de médias boas para me afirmar cada vez mais no NBB CAIXA e crescer cada vez mais. O pivô precisa ser muito versátil hoje em dia. Eu já estou treinando e na próxima temporada já vou vir com algo novo, com características diferentes do que eu tive na última temporada. Conseguir jogar mais aberto, conseguir jogar mais internamente no garrafão, emagrecer mais um pouco, ganhar mais força, para ser ainda mais versátil”, completou Wesley, que renovou contrato por mais uma temporada com o Minas.

Com a conquista, Wesley se juntou aos outros vencedores do prêmio de Jogador Que Mais Evoluiu: Audrei Parisotto (09/10), Vitor Benite (10/11), Gui Deodato (11/12 e 12/13), Paulão Prestes (13/14), Davi Rossetto (14/15), Deryk (15/16) e Georginho (16/17).

O NBB CAIXA é uma competição organizada pela Liga Nacional de Basquete (LNB), em parceria com a NBA, e conta com o patrocínio master da CAIXA, os patrocínios da SKY, INFRAERO, Avianca, Nike, Penalty e Wewi e os apoios do Açúcar Guarani e do Ministério do Esporte.