Feed RSS
21
julho / 2014

Janeth Arcain é uma das nomeadas para a 17ª turma do Hall of Fame de Basquete Feminino

Que Janeth Arcain foi uma jogadora que marcou uma geração, disso não há dúvidas. Mas só para garantir, a ex-atleta foi nomeada para a 17ª classe do Hall of Fame de Basquete Feminino, no Tennessee. Os nomes foram anunciados durante o All- Star Game da WNBA, neste sábado.

A brasileira teve importante presença no basquete internacional. Na liga norte-americana, fez parte do elenco do Houston Comets que foi campeão da WNBA por quatro temporadas consecutivas. Nessa época, os quatro primeiros anos do campeonato, a franquia texana teve um dos mais brilhantes elencos da história da liga. Com Cynthia Cooper, Sheryl Swoopes, Dawn Stanley e, claro, Janeth!

Janeth com o Houston Comets comemorando o segundo título da equipe na WNBA (Bill Baptist/NBAE/Getty Images)

Janeth com o Houston Comets comemorando o segundo título da equipe na WNBA (Bill Baptist/NBAE/Getty Images)

A última aparição do Houston Comets nos playoffs da WNBA foi em 2006. O time chegou à primeira fase dos playoffs da conferência Oeste, mas caiu para o Sacramento Monarchs por 2-0 na disputa de melhor de três.

Equipe brasileira campeã do Mundial de Basquete Feminino em 1994 (Arquivo/CBB)

Equipe brasileira campeã do Mundial de Basquete Feminino em 1994 (Arquivo/CBB)

O Hall of Fame fica nos Estados Unidos, onde Janeth atuou durante oito anos. Fora disso, na seleção brasileira, a jogadora teve importantes atuações na conquista do ouro no Mundial da Austrália em 1994 – completam-se 20 anos em 2014 -, na prata olímpica de 1996 e no bronze de 2000. Sua última atuação com o esquadrão nacional foi durante o Pan-Americano do Rio de Janeiro, em 2007.

Em clubes do Brasil Janeth atuou no Higienópolis (atual Catanduva), BCN, Jundiaí, Sorocaba, Santo André, Vasco da Gama e São Paulo/Guaru, Ourinhos, pelos quais coleciona uma vasta lista de títulos.

Junto a Janeth, Lisa Leslie, uma das maiores jogadoras de basquete do mundo também entrou no grupo que fica na memória da modalidade feminina. Os outros nomes que fazem parte do grupo são a jogadora Janet Harris ex-técnicos Kurt Budke, Brad Smith e Gail Goestenkor. A cerimônia será no dia 13 de junho de 2015.

Janeth no final do Pan-Americano de 2007, quando se aposentou das quadras como jogadora

Janeth no final do Pan-Americano de 2007, quando se aposentou das quadras como jogadora

Nenhum comentário para essa publicação: Ver comentários

Primeiro brasileiro campeão da NBA concede entrevista a dois programas de televisão neste final de semana; confira

O final de semana foi bastante agitado para Tiago Splitter. O primeiro brasileiro a levantar o troféu de campeão da NBA concedeu entrevistas para o programa Agora é Tarde, da Rede Bandeirantes e para o Globo Esporte, da Rede Globo neste fim de semana. É claro que o título inédito de Splitter foi o assunto principal das duas entrevistas.

Na sexta feira, 18 de julho, o pivô brasileiro foi o convidado do programa Agora é Tarde, apresentado por Rafinha Bastos na TV Bandeirantes. Além de falar sobre como foi o sentimento de vencer o título da NBA e ser o primeiro brasileiro a fazer isso, o atleta do San Antonio Spurs também comentou sobre seus dez anos no Basquete Espanhol e falou um pouco sobre a diferença do basquete europeu para o norte-americano.

No final do programa Splitter e Rafinha arriscaram uns chutes e até participaram de um duelo de arremessos.

Quer ver na íntegra a entrevista de Splitter no Agora é Tarde? É só dar play no vídeo abaixo:

No dia seguinte, foi a vez de Splitter aparecer no Globo Esporte. Em entrevista ao repórter Bruno Laurence, Splitter novamente contou sobre seus sentimentos após a conquista da NBA. Além disso, o pivô de 2,11 também falou um pouco sobre suas expectativas em relação à participação brasileira no Mundial da Espanha.

Confira a matéria do Splitter no Globo Esporte clicando no player abaixo:

Nenhum comentário para essa publicação: Ver comentários

Érika de Souza é selecionada como reserva da conferência Leste no All-Star da WNBA e confirma bom momento em quadra

Por Roberta Rodrigues

Stamp-Feminino-botton-LA boa representação do Brasil no basquete internacional segue muito bem e não para nos meninos. A pivô Érika de Souza, da seleção brasileira, que atua no Atlanta Dream, na WNBA, foi selecionada para ser uma das reservas do elenco do Leste no All-Star Game da liga norte-americana. Essa será sua terceira participação no duelo que envolve as duas conferências.

A escolha aconteceu através do voto de técnicos de toda a WNBA, que nomearam jogadoras as quais julgavam merecedoras da vaga no evento festivo que acontece todo ano – exceto em caso de Olimpíadas.

Os números de Érika justificam o fato de a jogadora ter sido lembrada pelos comandantes do campeonato. Com média de 14,8 pontos por partida, a pivô figura em 12º entre as cestinhas da temporada. Nos rebotes, está em terceiro lugar, com 9,5 bolas recolhidas por partida. Dessas duas, a única que não é a maior de sua carreira são as do segundo fundamento.

Érika de Souza é uma das melhores pivôs da WNBA e do mundo atualmente e foi presenteada com presença em seu terceiro All-Star Game da WNBA (Scott Cunningham/NBAE/Getty Images)

Érika de Souza é uma das melhores pivôs da WNBA e do mundo atualmente e foi presenteada com presença em seu terceiro All-Star Game da WNBA (Scott Cunningham/NBAE/Getty Images)

Além disso, seu jogo é essencial para o desenvolvimento do Atlanta Dream na temporada. A equipe está no primeiro lugar da conferência Leste e a brasileira é a segunda maior pontuadora do elenco, atrás apenas de Angel McCoughtry.

Érika é dominante no garrafão e cuida da sua posição como poucas. Entre as pivôs que exercem apenas a função de 5 na WNBA, está em terceiro lugar em pontuação, atrás apenas de Tina Charles (Chicago Sky) e Britney Grinner (Phoenix Mercury). Em rebotes, está em segundo lugar, perdendo a primeira colocação apenas para Courtney Paris (Tulsa Shock).

Em arremessos feitos, dentre as jogadoras de todas as posições da liga, é a quarta melhor, atrás novamente de Courtney Paris (Tulsa Shock), Erlana Larkins (Indiana Fever) e Jantel Lavender (Los Angeles Sparks).

Além de todos os aspectos técnicos que envolvem Érika de Souza, um outro diferencial da brasileira em quadra é a sua vibração. A cada cesta que entra, seja uma fácil embaixo da tabela ou uma de três pontos de alguma companheira, a jogadora comemora como se o jogo tivesse sido ganho.

Brazilian Night com presença de brasileiros na Phillips Arena, em Atlanta (Instagram)

Brazilian Night com presença de brasileiros na Phillips Arena, em Atlanta (Instagram)

A influência de Érika tem aumentado gradativamente. Além de levar mais uma jogadora brasileira para a WNBA, Nadia Colhado (também do Atlanta Dream), no jogo contra o Minnesota Lynx, do qual Damiris Dantas faz parte, a franquia realizou o Brazilian Night, com música e comida típicas do país.

A convocação de Érika para o All-Star Game foi mais do que merecida. Seria mais justo ainda se tivesse sido votada entre as titulares, mas ser lembrada pelos técnicos da WNBA para participar da festa já é mais do que motivo para alegria. Parabéns à brazuca que tem representado tão bem nosso país!

Nenhum comentário para essa publicação: Ver comentários

Torneio São Paulo de Basquete 3×3 começa no dia 26 de julho, na capital do Estado; Inscrições até o dia 24/07

Torneio SP 3x3

Nos próximos dois meses, acontecerá na cidade de São Paulo, o Torneio São Paulo de Basquete 3×3. Parceria entre a CBB (Confederação Brasileira de Basketball) e a Rede Globo, o torneio será divido em três etapas, sendo que as duas primeiras serão classificatórias e a última será a decisão do campeonato.

A primeira etapa classificatória acontecerá no dia 26 de julho, no Parque dos Trabalhadores, no bairro do Tatuapé, em São Paulo. Já a segunda, também classificatória, será realizada no dia 16 de agosto, no Parque Celso Daniel, em Santo André (SP). A terceira e última etapa do evento, será no dia 20 de setembro, no Centro Esportivo e de lazer Tietê, no bairro de Santana, novamente na capital. As três etapas serão realizadas entre 8 da manhã e 6 da tarde.

As regras para a disputa do torneio são bem simples. Cada equipe deverá inscrever quatro atletas e uma pessoa que ficará como responsável pelo time. O jogador que estiver registrado em uma equipe não poderá defender outro time durante o torneio. Já na questão de classificação, as quatro melhores equipes colocadas nas duas etapas classificatórias garantem vaga na fase final e devem manter os mesmos atletas até o término do torneio.

As inscrições para a primeira etapa deverão ser feitas até o dia 24 de julho. Outras informações sobre o campeonato 3×3 podem ser obtidas através do e-mail torneiosp3x3@gmail.com. As inscrições para o torneio são gratuitas.

“É importante dar sequência ao trabalho de desenvolvimento do Basquete 3×3 no país. Nos últimos três anos, a modalidade teve um grande crescimento não só no Brasil como em vários países. Em 2013, nos eventos realizados pelas federações estaduais e pela CBB, tivemos um maior número de praticantes”, diz Francisco Oliveira, Gerente de Eventos da CBB.

Com mais de 40 eventos de basquete 3×3 no último ano, o Brasil é o país que realizou mais eventos desta modalidade no mundo. Para se ter noção da força que o Brasil tem no Basquete 3×3, nos ranking da FIBA masculino para as categorias Sub-18 e para maiores de 18 o Brasil está colocado como um dos melhores do Mundo. No ranking 3×3 masculino para maiores de 18 anos, o Brasil está na segunda posição, atrás apenas da Polônia. Já no Sub-18, o Brasil está dentro do Top 10 do Mundo, com a 10ª colocação.

Nenhum comentário para essa publicação: Ver comentários
17
julho / 2014

Ala argentino Marcos Mata, nova contratação do Franca, já manda seu primeiro recado para a torcida

O Franca anunciou ontem, 16 de julho, sua principal contratação para a temporada 2014/2015. Trata-se do ala argentino Marcos Mata, de 27 anos, que estava defendendo as cores do Sevilla, no basquete espanhol.

Apesar de estar no time da capital do basquete por apenas um dia, o “hermano” fez questão de deixar um recado para sua nova torcida, através da página oficial do Franca no Youtube.

Quer saber qual foi o recado de Mata para a torcida francana? Clique no player abaixo.

Nenhum comentário para essa publicação: Ver comentários