#JOGAJUNTO

LNB / NBB

Arbitragemvirtual

07-05-2020 | 01:22
Por Liga Nacional de Basquete

Flávia Almeida, Coordenadora de Arbitragem da LNB, vem aplicando quizes, vídeos motivacionais e dicas variadas com os árbitros do NBB durante quarentena

Mesmo em meio ao cancelamento da temporada 2019/2020 do NBB, que foi decretado na noite desta segunda-feira (04/05), os árbitros que atuam na competição seguem ativos e monitorados de perto pela Liga Nacional de Basquete. A Coordenação de Arbitragem da entidade, liderada pela profissional Flávia Almeida, vem aplicando, desde o início da quarentena, um trabalho que envolve quizes e vídeos de regras, conteúdos motivacionais e também dicas de exercícios físicos e outras atividades voltadas para o lado mental.

“Nosso maior desafio era manter a proximidade com os árbitros durante todo esse caos mundial, até porque não tínhamos noção de quanto tempo isso iria durar. As atividades foram desenhadas nas reuniões realizadas com Breno e Larissa, da equipe de arbitragem da LNB, sempre tentando abranger não apenas questões sobre o próprio basquetebol, mas também o cuidado com a questão emocional deles (dicas de cuidados semanais e vídeos com lições para o dia a dia)”, declarou Flávia Almeida.

O desenvolvimento do projeto começou logo no início da quarentena, em reuniões da equipe de arbitragem da LNB, que é formada pelos profissionais Breno Noccioli, Larissa Bettim e Flávia Almeida. Já o envio dos materiais é feito a cada dois dias, por meio de conversas por Whatsapp, o que facilita o processo de comunicação.

“Sabemos que a paralisação generalizada dos jogos e essa inatividade dos árbitros, impacta no desempenho deles, já que o jogo também é uma forma de treino prático. Também é do nosso conhecimento que cada um deles tem uma rotina diária de treinos físicos, de acordo com a localidade e as normas de restrição de movimento”, disse a Coordenadora de Arbitragem.

“Essas atividades rápidas e frequentes foram idealizadas para somar e, de certa forma, diminuir as consequências desta pandemia: o cérebro, assim como um músculo, precisa ser exercitado para manter-se sempre em forma”, completou.

Em paralelo a essas atividades remotas da LNB, a Confederação Brasileira de Basketball (CBB), através do ex-árbitro Vander Lobosco Jr. (Coordenador de Arbitragem), também está promovendo palestras virtuais que são disponibilizadas para os oficiais de arbitragem e Coordenadores de Arbitragem de todo o Brasil – além dos Coordenadores de Arbitragem de outras Confederações como Argentina, Colômbia, Equador, Porto Rico, México – e que possuem o mesmo objetivo das atividades que estamos desenvolvemos.

“O objetivo final a ser alcançado depois desta paralisação mundial é tornar a arbitragem brasileira mais uniformizada e com atuações de maior qualidade e excelência (mesmo que neste momento seja apenas através de pilares como Valores Éticos e Morais, Preparação Teórica e Preparação Psicológica). Eu e o Vander temos nos reunido quase que diariamente e estamos otimistas com os frutos que essas atividades poderão fornecer”, finalizou Flávia Almeida.

Durante o período de paralisação do esporte, os clubes do NBB aprovaram uma forma de auxiliar financeiramente os árbitros que atuaram na atual temporada. Diferente de outros profissionais que possuem um vínculo empregatício com as organizações esportivas, o quadro de arbitragem presta serviço para a entidade, sendo remunerados a cada partida atuada. Por isso, a LNB decidiu por amparar a equipe de arbitragem nesse momento de dificuldade que o mundo atravessa.

O NBB é uma competição organizada pela Liga Nacional de Basquete (LNB), com chancela da Confederação Brasileira de Basketball (CBB) e em parceria com a NBA, e conta com os patrocínios oficiais da Budweiser, Unisal, Nike, Penalty, Plastubos e VivaGol e o apoio da Pátria Amada Brasil – Governo Federal.