#JOGAJUNTO

NBB

Que fase!

08-06-2012 | 01:29
Por Liga Nacional de Basquete

Após ser convocado para a Seleção Brasileira e receber dois prêmios de destaque no NBB, o ala Gui comemora o bom momento e foca na sequência de sua carreira

Crédito Luiz Pires/LNB

Na festa de premiação do NBB, realizada na terça-feira, o ala do Bauru Basket , Gui Deodato, conquistou dois prêmios, como Revelação do campeonato e Jogador que Mais Evoluiu na competição. O jogador, que completou 21 anos recentemente, garante que está passando pelo melhor momento de sua carreira. O NBB é um campeonato organizado pela Liga Nacional de Basquete (LNB) em parceria com aRede Globo e patrocínio Eletrobras, Caixa, Penalty e Netshoes.

Além dos prêmios no NBB, Gui também conquistou o trofeu de Revelação do Campeonato Paulista, no final do ano passado, foi o vencedor do Torneio de Enterradas no Jogo das Estrelas e foi convocado para a Seleção Brasileira, que disputará o Sul-americano, na Argentina.

“Essa temporada foi fantástica! Tudo isso é fruto de muito trabalho desde a base, com muito treinamento, cobrança e confiança do Guerrinha e do Hudson. Vencer o Torneio de Enterradas foi muito bacana e abriu muitas portas para mim. A convocação para a Seleção foi a realização de um sonho e vencer esses dois prêmios me deixam muito feliz”, comentou Gui.

O ala do Bauru relembra que a temporada começou a deslanchar depois da disputa da Liga de Desenvolvimento de Basquete (LDB), no final do ano passado, quando ele liderou sua equipe ao vice-campeonato.

“A LDB foi importantíssima para essa minha evolução. Depois da competição cheguei com mais confiança para a equipe principal, ganhei mais tempo de quadra e fui me firmando cada vez mais. Com certeza, isso me deu mais personalidade e pude contribuir mais ainda com o time no NBB e nas competições internacionais que disputamos nesta temporada”, disse o jogador.

No retorno à equipe principal, Gui passou a ser titular da equipe em diversas partidas e seus números evoluíram bastante. Nesta temporada, o jogador fez 34 jogos, seis a mais que na temporada anterior, aumentou sua média de pontos de 1,6 para 6,6; em rebotes, o jogador evoluiu de 0,9 para 1,6, e também obteve melhoras no quesito assistências (1,2) e bolas recuperadas (1,0).

Gui foi selecionado entre os 12 jogadores que disputarão o Sul-Americano (Inovafoto)