#JOGAJUNTO

NBB

Retorno dos mineiros

10-12-2011 | 03:38
Por Liga Nacional de Basquete

Uberlândia cresce no terceiro quarto e consegue manter vitória importante diante do Bauru, fora de casa, por 86 a 84

Após perder para a Liga Sorocabana, na quinta-feira, o Unitri/Universo voltou a vencer no NBB. Neste sábado, o time de Uberlândia superou o Itabom/Bauru, por 86 a 84, e quebrou a invencibilidade dos paulistas jogando em seu próprio ginásio. Essa foi a sexta vitória dos mineiros em oito jogos no NBB, campeonato organizado pela Liga Nacional de Basquete (LNB) em parceria com a Rede Globo e patrocínio Eletrobras, Caixa, Penalty e Netshoes.

O ala/pivô Luis Gruber foi o cestinha do Uberlândia na partida, com 21 pontos, seguido pelos alas norte-americanos Robby Collum e Robert Day, que anotaram 18 e 17 pontos respectivamente. O grande destaque individual do jogo, no entanto, foi o pivô do Bauru, Jeff Agba, que marcou um duplo-duplo de 32 pontos e 12 rebotes. O armador Larry Taylor também anotou dois dígitos em dois fundamentos, 16 pontos e 10 rebotes.

O time visitante iniciou o jogo com a mão muito quente. Os norte-americanos Robby Collum e Robert Day, mais o ala/pivô Luís Gruber acertaram cinco arremessos de fora, que puseram o Uberlândia com uma boa vantagem no primeiro quarto, 20 a 11. Pelo lado do Bauru, o pivô Jeff Agba comandava o ataque do time da casa, que aos poucos, foi tirando a vantagem. Após uma ponte aérea de Larry Taylor para Nate Thomas e uma cesta seguida de falta do ala Daniel Gaúcho, os paulistas encostaram no placar (26 a 25).

Na volta para o segundo quarto, o Bauru não conseguiu encaixar o ataque e o Uberlândia aproveitou o momento para abrir no placar. Com uma sequência de 10 a 0, os mineiros abriram 36 a 25 no marcador. Bauru até chegou a reagir no período, mas os visitantes mantiveram o bom ritmo no ataque e foram para o intervalo vencendo por 50 a 38, após uma bola de 3, no último segundo, de Gruber.

Os paulistas ainda tiveram dificuldade na parte ofensiva e durante todo o terceiro quarto, eles tentaram tirar a vantagem, que chegou a ser de 13 pontos (67 a 54). Somente no último período que o Bauru conseguiu encaixar o jogo. Liderados por Agba, o time da casa foi alcançando o adversário no placar. Com menos de três minutos para o final, o ala Daniel Gaúcho fez uma bandeja que deixou seu time apenas um ponto atrás (78 a 77).

A decisão ficou, assim, para os segundos finais. Com 11 segundos no relógio, o armador do Uberlândia, Valtinho, acertou o último dos dois lances livres que teve e pos seu time na liderança por 86 a 84. O técnico do Bauru, Guerrinha alegou que pediu tempo para a mesa de controle, mas esse pedido não foi passado para o trio de arbitragem, que deixou o jogo correr. Os jogadores do Bauru recolocaram a bola em jogo e Douglas Nunes errou o arremesso final. Rapidamente, o treinador bauruense foi reclamar com a mesa.

?O tempo foi pedido, mas a mesa não nos comunicou. Conversamos com o comissário da partida que nos informou que o tempo foi realmente pedido?, afirmou o árbitro do jogo, Cristiano Maranho.

O trio de arbitragem decidiu que o jogo voltaria com os 11 segundos no cronômetro e posse de bola para o Bauru. Após o tempo de Guerrinha, o Bauru tentou seu último lanca, mas novamente, Douglas Nunes errou o arremesso de 3 e a vitória ficou, de vez, com o Uberlândia.

?Foi uma partida muito difícil, nos conseguimos controlar o jogo a maioria do tempo e no final conseguimos segurar o resultado nessa diferença de dois pontos?, comemorou o armador do Uberlândia, Valtinho.

?Nós lutamos, brigamos, mas Uberlândia jogou melhor. Esse campeonato vai ser assim. Em alguns momentos você não vai poder errar e, hoje, Uberlândia foi melhor e venceu a partida?, avaliou o técnico do Bauru, Guerrinha.

Na próxima rodada do NBB, na quinta-feira, o Bauru enfrenta o Winner/Limeira, fora de casa, enquanto o Uberlândia vai a São Paulo jogar contra o São José/Unimed/Vinac.

<strong>Fischer 300</strong>

Um dos grandes atrativos dessa partida entre Bauru e Uberlândia foi a conquista da marca de 300 arremessos de 3 pontos convertidos no NBB do ala da equipe paulista, Fischer. Após duas tentativas erradas no primeiro quarto, o jogador conseguiu acertar seu 300º arremesso com menos de cinco minutos da segunda etapa.

?Fico muito feliz com esse feito. É muito difícil você conseguir dar uma continuidade numa equipe só e eu consegui fazer tudo isso aqui em Bauru. Só seria melhor sair com a marca dos 300 e também com a vitória?, afirmou Fischer.

<strong>Confira os resultados da oitava rodada do NBB:

10/12 (Sábado)</strong>
Vila Velha/Garoto/BMG 78 x 81 Paulistano/Unimed
Itabom/Bauru 84 x 86 Unitri/Universo
Minas 83 x 72 Araraquara
Uniceub/BRB/Brasília 82 x 76 Winner/Limeira
Cia. Do Terno/Romaço/Joinville 74 x 72 Tijuca
São José/Unimed/Vinac 98 x 101 Flamengo
Liga Sorocabana 70 x 80 Vivo/Franca