#JOGAJUNTO

NBB CAIXA

Vitória e recorde

17-12-2011 | 01:06
Por Liga Nacional de Basquete

Flamengo vence Vila Velha, por 103 a 41, e supera o próprio recorde no NBB como a vitória com a maior vantagem da história da competição

Divulgação/LNB

O Flamengo superou, neste sábado, o Vila Velha/Garoto/BMG, por 103 a 41, e continua firme na disputa pela liderança do NBB. Mas, além da conquista de mais um triunfo, os cariocas conseguiram também bater o recorde como a vitória com a maior diferença no NBB, superando a própria marca conseguida na temporada 2010/2011, quando venceu o Vitória Basquete/CECRE, por 112 a 58 (54 pontos de vantagem), no dia 21 de novembro de 2010.

O ala norte-americano do Flamengo, David Jackson, foi o cestinha do jogo com 18 pontos, seguido pelo armador Hélio, com 14, e o ala/armador Duda, com 13. O NBB é campeonato organizado pela Liga Nacional de Basquete (LNB) em parceria com a Rede Globo e patrocínio Eletrobras, Caixa, Penalty e Netshoes.

Estreando na sua própria casa no NBB, no Ginásio da Gávea, o Flamengo entrou completamente motivado. Tanto que logo no primeiro quarto partiu para cima do adversário. Com um alto aproveitamento no ataque e uma defesa consistente, os cariocas abriram 30 a 8 na etapa inicial. A postura da equipe rubro-negra intimidou os capixabas, que não conseguiram reagir. Dessa forma, o time da casa continuou pressionando e abriu mais ainda no placar (60 a 13).

Sem resistência do adversário, o Flamengo manteve o mesmo ritmo da primeira metade do jogo e continuou ampliando sua vantagem, encerrando o terceiro quarto na frente por 80 a 24. No último quarto, o técnico do Flamengo, Gonzalo García, optou em usar os jogadores suplentes e, nem por isso, os cariocas deram trégua ao adversário. O clube carioca encerrou a partida vencendo por 62 pontos de vantagem (103 a 41), o novo recorde do NBB.

“Encerramos o ano da melhor maneira possível. O Flamengo veio numa crescente e cada vez melhor na competição, mostrando um basquete muito consistente e com vontade de vencer. Foi um ano muito especial para mim”, disse Marcelinho