#JOGAJUNTO

NBB CAIXA

Elevaramo nível

06-06-2018 | 04:42
Por Liga Nacional de Basquete

Cauê Borges, Gabriel Jaú e Wesley são os concorrentes ao prêmio de Jogador Que Mais Evoluiu do NBB CAIXA 17/18

Os três candidatos ao troféu de Jogador Que Mais Evoluiu do NBB CAIXA 17/18 estão definidos. São eles Cauê Borges (Banrisul/Caxias do Sul), Gabriel Jaú (Sendi/Bauru Basket) e Wesley Castro (Minas Tênis Clube). O vencedor será conhecido na próxima quarta-feira (13/06), na Festa de Premiação da competição, em São Paulo (SP).

Presente em todas as edições da história da competição, Cauê Borges viveu uma temporada mágica junto ao Caxias. Parte da rotação do Sesi/Franca Basquete nos últimos dois anos, o ala/armador se tornou titular absoluto da equipe gaúcha e fez o melhor NBB CAIXA de sua vida.

Presente nas 35 partidas realizadas pelo Caxias na competição, Cauê foi líder do time em pontos, assistências e eficiência, e o segundo em rebotes. Em todo NBB CAIXA, o ala/armador terminou com segundo em minutos, terceiro cestinha e quarto mais eficiente, com médias de 33,2 minutos, 16,1 pontos, 4,9 rebotes, 3,4 assistências e 17,1 de eficiência.

Candidato em dois prêmios distintos (além de Jogador Que Mais Evoluiu, também de Destaque Jovem), Gabriel Jaú demonstrou todo seu potencial ainda mais nesta temporada. Fundamental nos playoffs que deu o título inédito do NBB CAIXA ao Bauru, o ala/pivô se tornou peça chave do elenco comandado por Demétrius nesta edição da competição.

A evolução de Jaú dentro do Bauru foi notável. Da edição passada do NBB CAIXA para essa, o ala/pivô foi de 9,4 minutos para 20,1 por partida. Com esta ascensão rápida, o jovem talento se inscreveu para o Draft da NBA, que será realizado no dia 21 de junho, e está participando de um camp da liga norte-americana em Treviso, na Itália.

Assim como outros dois concorrentes, Wesley atuou na LDB e cresceu de forma exponencial nesta temporada. Jogador indispensável no quinteto titular do Minas, o camisa 21 subiu de 14,6 minutos por jogo na edição passada para 24,7 nesta.

Terceiro jogador mais eficiente da LDB 2016, Wesley vem se confirmando como uma realidade do basquete brasileiro a cada jogo. O ala/pivô de 22 anos terminou este NBB CAIXA como principal cestinha do Minas, com média de 13,4 pontos, e líder em enterradas de toda competição, com média de 1,1 cravadas por jogo.

A premiação faz parte do calendário anual da eleição dos Melhores do Ano do NBB CAIXA, que também premiará, Melhor Defensor, Sexto Homem, Jogador Que Mais Evoluiu, Melhor Atleta Estrangeiro, Melhor Técnico (Troféu Ary Vidal), MVP (Jogador Mais Valioso) e Quinteto Ideal (Armador, Ala/armador, Ala, Ala/pivô e Pivô).

+ Confira os indicados ao prêmio de Melhor Armador
+ Confira os indicados aos prêmios de Melhor Ala
+ Confira os indicados aos prêmios de Melhor Pivô
+ Confira os indicados ao Troféu Ary Vidal de Melhor Técnico
+ Confira os indicados ao prêmio de Melhor Sexto Homem
+Confira os indicados ao prêmio de Melhor Defensor
+Confira os indicados ao prêmio de Melhor Estrangeiro
+Confira os indicados ao prêmio de Destaque Jovem

A eleição para essa e todas as outras categorias contou com a participação de técnicos, assistentes e capitães das 15 equipes que disputaram a atual edição do NBB CAIXA, além de imprensa especializada, personalidades do basquete brasileiro, comissários e árbitros. Os vencedores serão conhecidos na Festa dos Melhores do Ano, que acontecerá no dia 13/06, em São Paulo (SP).

O NBB CAIXA é uma competição organizada pela Liga Nacional de Basquete (LNB), em parceria com a NBA, e conta com o patrocínio master da CAIXA, os patrocínios da SKY, INFRAERO, Avianca, Nike, Penalty e Wewi e os apoios do Açúcar Guarani e do Ministério do Esporte.

Também foi votado para o prêmio de Jogador Que Mais Evoluiu do NBB CAIXA 2017/2018:

Alexandre Paranhos (Caxias), Arthur Pecos (Flamengo), Elinho (Paulistano), Fabrício (Botafogo), Felipe Vezaro (Joinville/AABJ), Felipe Ruivo (Pinheiros), Guga Cecatto (Botafogo), Gustavo Basílio (Vasco), Jimmy (Mogi), Yago (Paulistano).

Confira os vencedores do prêmio de Jogador Que Mais Evoluiu na história do NBB CAIXA*:

2016/2017 – Georginho (Paulistano)

2015/2016 – Deryk Ramos (Brasília)

2014/2015 – Davi Rossetto (Basquete Cearense)

2013/2014 – Paulão Prestes (Franca)

2012/2013 – Gui Deodato (Bauru)

2011/2012 – Gui Deodato (Bauru)

2010/2011 – Vitor Benite (Franca)

2009/2010 – Audrei Parisotto (Joinville)

*o prêmio não foi entregue na primeira temporada (2008/2009)